Fundação Renova

15 – Promoção da Inovação

Objetivo do programa

Fomentar e financiar a produção de conhecimento relacionado à recuperação das áreas impactadas pelo rompimento, por meio da criação e fortalecimento de linhas de pesquisa de tecnologias aplicadas, com internalização das tecnologias geradas para o processo de recuperação.

Progresso do programa

Chamada de Agroecologia e Produção Orgânica (FAPES)
• No dia 14/05, houve a formalização contratual da parceria entre a Fundação Renova e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo – FAPES, para realização da Chamada de Agroecologia e Produção Orgânica.

Não houve fatos relevantes no último mês.

Não houve entregas relevantes no último mês.

Não houve entregas relevantes no último mês.

Não houve entregas relevantes no último mês.

Edital Senai de Inovação
O lançamento do novo Edital de Inovação para a Indústria em parceria com o Senai, previsto para 2019, não foi realizado. Causa: Mudança de diretrizes da gerência socioeconômica. Contramedida: Realizar avaliação da satisfação dos resultados do Edital de Inovação do Senai junto à coordenação dos programas até abril de 2020 para definir continuidade dos projetos em 2020.
Chamada FAPEMIG/FAPES/RENOVA (09/2018)
A contratação de projetos selecionados pelo edital elaborado com FAPES e FAPEMIG (UNIVERSAL) atrasou e não pôde ser concluída em 2019, como previsto. Causa: Atraso nos processos de contratação devido à exigência da revisão da minuta de parceria já existente. Contramedida: Negociar a minuta do convênio em paralelo com o processo de aprovação interna a fim de garantir a contratação em 2020.
Chamada de Agroecologia e Produção Orgânica (FAPEMIG)
O lançamento do edital sobre agroecologia e produção orgânica com a FAPEMIG atrasou e não pôde ser realizado em 2019, como previsto. Causa: Falha de comunicação no processo de revisão da minuta do convênio. Contramedida: Negociar a minuta da chamada em paralelo com a minuta do convênio, com o objetivo de reduzir o atraso e garantir a contratação em 2020.
Chamada de Agroecologia e Produção Orgânica (FAPES)
O lançamento do edital sobre agroecologia e produção orgânica com a FAPES atrasou e não pôde ser realizado em 2019, ao contrário do inicialmente previsto. Causa: Falha de comunicação no processo de revisão da minuta do convênio. Contramedida: Negociar a minuta da chamada em paralelo com a minuta do convênio com objetivo de reduzir o atraso e garantir a contratação para 2020.
Projeto Hub de Inovação em Mariana
O lançamento do hub de inovação em Mariana não ocorreu em 2019, ao contrário do inicialmente previsto. Causa: Ausência do espaço físico adequado. Contramedida: Locar espaço para realização das atividades do hub enquanto aguarda-se a reforma da casa do empreendedor, onde serão alocadas as atividades posteriormente.

Não houve entregas relevantes no último mês.

Chamada de Agroecologia e Produção Orgânica (FAPEMIG)
• No dia 21/10, houve o retorno das instituições parceiras acerca das análises cabíveis da minuta do Convênio de Agroecologia e Produção Orgânica. Esta entrega refere-se ao Marco “Lançamento da Chamada Pública - Agroecologia e Produção Orgânica (FAPEMIG)”.
Chamada de Agroecologia e Produção Orgânica (FAPES)
• No dia 30/10, houve o retorno das instituições parceiras acerca das análises cabíveis da minuta do Convênio de Agroecologia e Produção Orgânica. Esta entrega refere-se ao Marco “Lançamento da Chamada Pública - Agroecologia e Produção Orgânica (FAPES)”.

Não houve entregas relevantes no último mês.

Projeto Skyvideo:
• Em 20/08/2019, foi realizada a adaptação do drone atual para que este seja capaz de ter a sonda multiparamétrica, responsável pelas análises físico-químicas, acoplada à sua estrutura.
Uso do Rejeito:
• No dia 22/08/2018, os bolsistas do projeto de pesquisa de caracterização do solo com rejeitos e análise da viabilidade técnica para produção de blocos ecológicos finalizaram a segunda coleta de amostras para testes de resistência e absorção de água dos blocos ecológicos.

Edital SENAI de Inovação:
• O Instituto SENAI concluiu a construção dos módulos da etapa de desenvolvimento de protótipo da Estação de Tratamento Natural, em parceria com Lia Marinha. Esta entrega refere-se ao Marco “Projeto para Estação de Tratamento Natural (ETN) - Edital Senai de Inovação encerrado”.

Chamada FAPEMIG/FAPES/RENOVA (09/2018):
• Homologado o resultado final da Chamada FAPEMIG/FAPES/RENOVA. O valor total do investimento será de R$ 5,6 milhões. As propostas de pesquisa selecionadas são:
Eixo Educação e Cultura
- SABERES: implantação de uma rede de conhecimento e cooperação entre pesquisas, pesquisadores, alunos e moradores da bacia do rio Doce;
- Possibilidades e limites da educação escolar no processo de reconstrução das áreas campesinas atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão;
- Cartografias histórico-sensoriais de Bento Rodrigues, Paracatu de Baixo e Gesteira;
- FACE Lab: oficinas de Gestão de Projetos, Empreendedorismo e Inovação para o desenvolvimento de lideranças jovens e competências para o futuro.
Eixo Memória Histórica, Cultural e Artística
- Utilização sustentável do rejeito de barragem de minério de ferro para fabricação artesanal de tijolos de adobe aplicados à construção de moradias;
- Aplicabilidade do rejeito de mineração para a produção de materiais construtivos: efeito da incorporação de material lignocelulósico e baba de cupim sintética nas propriedades do adobe;
- Uso sustentável do rejeito sedimentado da bacia do rio Doce no desenvolvimento de componentes para construção civil.
Eixo Monitoramento de Ecossistemas
- Biogeoquímica, ecogenômica, e ecotoxicologia em áreas com influência da foz do rio Doce.
Eixo Uso da Água
- Sistema de monitoramento da turbidez da água do Gualaxo do Norte por meio de Sensoriamento Remoto;
- Impactos sociais e econômicos resultantes da alteração da qualidade de água captada do rio Doce para usos diversos devido ao rompimento da barragem de Fundão (MG).
Eixo Uso Sustentável da Terra
- Ciência e tecnologia para recuperação ambiental da bacia do rio Doce: métodos, estratégias e indicadores de restauração de ecossistemas florestais;
- Desenvolvimento de matriz sustentável de produção para a cadeia de leite e derivados nas regiões do Alto Rio Doce e Governador Valadares;
- Avaliação e testes de associação simbiótica entre espécies nativas com fungos e bactérias FBN nas áreas de nascentes, Áreas de Preservação Permanente (APPs) e áreas de recarga hídrica ao longo da bacia do rio Doce;
▪ Componentes do biocrust e suas interações em solos impactados pelo rompimento da barragem de Fundão: métodos e estratégias para a aceleração da restauração florestal.
Eixo Manejo de Rejeitos
- Tecnologias sociais inovadoras para recuperação de áreas degradadas pela mineração: rompimento da barragem de Fundão em Mariana (MG).

Edital Senai de Inovação — Chamada 2017/2018:
• Conclusão do Projeto “Já Entendi”, de capacitação gerencial para mulheres.
Chamada FAPEMIG/FAPES/RENOVA (09/2018):
• Selecionados os 15 projetos que farão parte da chamada.

Não houve entregas relevantes no último mês.

Não há fatos relevantes a serem relatados em relação ao último mês.

Concluído o projeto de formação de Técnicos em Recuperação Agroflorestal, em parceria com o Instituto Terra.
Finalizado o processo de incubação da “Já Entendi”, startup apoiada pelo Edital de Inovação na Indústria, parceria entre a Fundação Renova e o Senai. Empresa desenvolveu metodologia para EaD de comunidades de base. Teste metodológico e técnico foi aplicado junto aos grupos: Bordadeiras de Barra Longa; Cooperativa de Gesteira; Pimenta Biquinho (Bento).

Recebimento das propostas dos projetos da Chamada Pública de Pesquisas FAPEMIG X FAPES X Renova (PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO PARA RECUPERAÇÃO DAS ÁREAS IMPACTADAS PELO ROMPIMENTO DA BARRAGEM DE FUNDÃO – MARIANA – MG). Ao todo, foram recebidas 34 propostas para o estado de Minas Gerais e 6 propostas para o estado do Espírito Santo.

Workshop para esclarecimentos de dúvidas da Chamada Pública FAPEMIG X FAPES X Renova, ocorrido em 13/12 em Vitória e 18/12 em Belo Horizonte.
Formatura da turma de 2018 dos alunos do Instituto Terra — formação de Agentes em Restauração Ecossistêmica.

Lançamento das chamadas de pesquisa do Edital FAPES/ FAPEMIG.

Evento inaugural do hub de inovação em Mariana.

Não houve fatos relevantes para reporte ao CIF e população no mês de outubro.

Não houve fatos relevantes para reporte ao CIF e população no mês de Agosto.

Não houve fatos relevantes para reportar ao CIF e à população no mês de agosto.

Celebração do Convênio entre Fundação Renova e instituições responsáveis pela condução do Edital Senai de Inovação.

Foi celebrado o Convênio entre a Fundação Renova e a Universidade Vale do Rio Doce (Univale). O objetivo dessa parceria é garantir a implementação de um projeto de pesquisa para a utilização dos rejeitos de mineração e dos materiais retirados do rio Doce e das suas margens.

A Fundação Renova e a Fapemig celebraram, em 25 de maio, convênio para o desenvolvimento de pesquisas. A ação é resultado do Acordo de Cooperação Técnica celebrado em maio do ano anterior, em que foi definido que deveriam ser feitas chamadas públicas de financiamento a pesquisa. Após este acordo foram definidas, dentro dos Programas da Fundação Renova, as linhas temáticas, que foram revisadas em abril e enviadas para aprovação da Fapes/Fapemig. A Renova aguarda, atualmente, retorno das instituições acerca das alterações das linhas temáticas. Após essa resposta, será planejado o lançamento das chamadas públicas.

O Conselho Curador da Fundação Renova aprovou edital com a Fapemig/Fapes para financiamento de projetos de pesquisa que tenham como objetivo encontrar soluções tecnológicas para a recuperação das áreas impactadas pelo rompimento da barragem. A ideia é fomentar iniciativas que contribuam para a solução dos desafios e gargalos e que atendam às demandas desse processo.

Também começou nesse período o Projeto NERE, conduzido em parceria com o Instituto Terra. A iniciativa é voltada para a formação de novos profissionais especializados em recuperação florestal.

A Fundação Renova divulgou os nomes dos quatro projetos selecionados no Edital de Inovação para a Indústria, aberto com o objetivo de encontrar soluções criativas que ajudem a lidar com as consequências do rompimento da barragem de Fundão. As iniciativas foram propostas pelas instituições SkyVideo; Já Entendi; LiaMarinha e Phygitall. Dois projetos vão receber R$ 400 mil cada e outros dois, R$ 150 mil, a partir dos eixos temáticos: Terra e Água, Pessoas e Comunidades, além de Reconstrução e Infraestrutura.

Formalizado convênio com o Instituto Terra para a concessão de até 10 (dez) bolsas de estudo para estudantes provenientes da bacia do rio Doce. Eles serão envolvidos no curso “Formação de Agentes em Restauração Ecossistêmica” realizado pelo Núcleo de Estudos em Restauração Ecossistêmica (NERE). Nessa qualificação serão formados profissionais diferenciados a partir de atividades práticas e ampliação da consciência socioambiental para o trabalho.

Foi realizada a última entrega da contratação de serviço do IEBT - Gestão e Inovação para Resultados, para elaboração do estudo de viabilidade técnica, econômica e comercial para a criação de Processo de Certificação de Programa de Rotulagem Ambiental. Iniciativa é voltada para quaisquer produtos que tenham como insumos resíduos e rejeitos derivados do processo de mineração. O resultado do estudo foi encaminhado à Câmara Técnica de Economia e Inovação e ao CIF.

Em fevereiro, foi definido entre a Fundação Renova e as Fundações de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais e do Espírito Santo o instrumento jurídico que pautará o convênio respectivo à 1ª Chamada para financiamento de projetos de pesquisa que objetivem o desenvolvimento de soluções tecnológicas para os desafio levantados pelas áreas técnicas da Fundação Renova. A expectativa é que o lançamento da 1ª Chamada aconteça em abril de 2018.

Aconteceu a 2ª entrega do serviço de elaboração do estudo de viabilidade técnica, econômica e comercial de criação de Processo de Certificação através de Programa de Rotulagem Ambiental, por parte do IEBT – Gestão e Inovação para Resultados. A demanda prevê a elaboração de um estudo de viabilidade do processo de certificação de produtos com insumos derivados da mineração. A entrega final está prevista para ocorrer no fim do mês de março.

A Fundação Renova, por intermédio do Programa de Tecnologias Socioeconômicas, além de compor a organização da sessão temática “Financials cases for water security investments”, também foi convidada para ingressar o time de painelistas, como parte da programação do 8º Fórum Mundial da Água. O objetivo da sessão é identificar e apresentar cases públicos e privados de financiamento à segurança hídrica com capacidade de replicação em outras regiões.

No dia 29 de janeiro, foram encerradas as inscrições para o Edital SENAI de Inovação. Ao todo, foram recebidas 76 inscrições de diferentes localidades do país, que estão sob análise do SENAI para verificação da conformidade e elegibilidade conforme proposta do edital. A Chamada de Sustentabilidade e Reconstrução é direcionada às empresas que tenham interesse em desenvolver tecnologias que contribuam com o processo de recuperação dos impactos causados pelo rompimento da barragem de Fundão. A Fundação Renova apoiará o desenvolvimento de até quatro empresas, que serão selecionadas até o fim de fevereiro.

Também continuam as tratativas relacionadas à operacionalização da Chamada de Fomento e Financiamento à Pesquisa Científica e Tecnológica, proveniente do Acordo de Cooperação Técnica entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (FAPES) e Fundação Renova.

O programa promoveu a participação do laboratório móvel do SENAI-MG, o Lab Truck, durante o Empreende Mariana, em Minas Gerais. O evento foi organizado pela Renova para estimular o desenvolvimento de ambiente de negócios, empreendedorismo e inovação no município. Aconteceram cursos de tecnologia para a população (impressão 3D e gambiologia).

A Fundação Renova foi selecionada para participar do 8º Fórum Mundial da Água como membro da coordenação de uma sessão temática sobre finanças. O objetivo é identificar e apresentar cases públicos e privados de financiamento voltado à segurança hídrica com capacidade de replicação em outras regiões. Fizeram parte da coordenação, além da Renova, a Conferência Nacional da Indústria (CNI), Deltares (Holanda), French Agency for Development (França) e o Banco Mundial.

No dia 10 de dezembro, ocorreu o lançamento do Edital SENAI de Inovação para a Indústria, resultado da parceria entre Fundação Renova e Sebrae. A Chamada Sustentabilidade e Reconstrução é direcionada às empresas que tenham interesse em desenvolver tecnologias que contribuam com o processo de recuperação dos impactos causados pelo rompimento da barragem de Fundão. A Fundação Renova apoiará o desenvolvimento de até quatro empresas.

A Renova realizou a contratação do serviço de consultoria para elaboração de estudo de viabilidade técnica, econômica e comercial de criação de Processo de Certificação, através de Programa de Rotulagem Ambiental, para produtos que tenham como insumos resíduos e rejeitos derivados do processo de mineração. O Instituto para o Desenvolvimento de Empresas de Base Tecnológica, consultoria contratada, deverá entregar a versão final do estudo em março de 2018.

Continuam as tratativas relacionadas à operacionalização da chamada de fomento e financiamento à pesquisa científica e tecnológica pelas Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs), proveniente do Acordo de Cooperação Técnica entre FAPEMIG, FAPES e Fundação Renova.

Em novembro, foram realizadas reuniões institucionais que deram continuidade às discussões sobre à operacionalização chamada de fomento e financiamento à pesquisa científica e tecnológica pelas Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs), proveniente do Acordo de Cooperação Técnica entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (FAPES) e Fundação Renova. Foram definidas as minutas dos instrumentos jurídicos necessários (Chamada e Convênio de Cooperação Técnica e Financeira).
O programa também formalizou parceria com o SENAI Nacional para participar do Edital de Inovação para a Indústria. O objetivo do edital é financiar o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços inovadores da indústria nacional. Os projetos selecionados devem promover o aumento da competitividade e da produtividade industrial, por meio da inovação tecnológica e da promoção de soluções inovadoras para a recuperação e compensação ambiental, social e de infraestrutura na região. O edital tem previsão de lançamento para a data 10 de dezembro de 2017.

A Renova realizou uma reunião com o Centro de Tecnologia e Inovação do SENAI-MG para identificar e avaliar possíveis iniciativas da instituição, semelhantes ao Laboratório Aberto, que possam ser desenvolvidas em Mariana (MG). A intenção é construir um espaço que estimule o desenvolvimento de um ecossistema de empreendedorismo e inovação no município.

O programa se reuniu com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Sedese), na Cidade Administrativa, para apresentar suas principais iniciativas e verificar a possibilidade de desenvolver ações conjuntas.

Continuidade da construção do primeiro edital de fomento e financiamento à pesquisa científica e tecnológica, proveniente do Acordo de Cooperação Técnica entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (FAPES) e Fundação Renova.

O Programa de Tecnologias Socioeconômicas e o Programa de Diversificação e Desenvolvimento Regional têm direcionado esforços e atuado em conjunto para realização do Empreende Renova, de caráter multissetorial. O projeto contribuirá com a programação a partir da contratação de um Lab Truck, que realizará oficinas tecnológicas com os participantes. Esta ação faz parte do Laboratório Aberto Senai-MG, que oferece infraestrutura tecnológica para prototipagem em ambiente colaborativo.

No mês que antecede o lançamento do 1º Edital de fomento e financiamento à pesquisa científica e tecnológica, proveniente do Acordo de Cooperação Técnica entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (FAPES) e a Fundação Renova, com intermediação do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI), a reunião do Comitê Gestor teve como principal pauta a discussão e o encaminhamento de itens relevantes que direcionam e compõem um edital de pesquisa. A Fundação Renova apresentou às instituições de pesquisa envolvidas as linhas temáticas que serão consideradas e que foram levantadas junto às áreas técnicas da Fundação Renova. Posto isto, considera-se que o documento do edital entra na fase final de construção para o lançamento da 1ª Chamada Conjunta.

A partir da crescente articulação e interface entre programas, o Programa de Tecnologias Socioeconômicas e o Programa de Diversificação e Desenvolvimento Regional têm direcionado esforços e atuado em conjunto para a realização de um evento de caráter multissetorial, promovido pela Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Mariana (ACIAM) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). A atuação da Renova no evento será dividida em dois eixos principais: estímulo ao desenvolvimento de ambiente de negócios e (estímulo ao empreendedorismo e inovação, sendo este último de competência do programa em questão.

Foi elaborado e encaminhado à Câmara Técnica de Economia e Inovação (CTEI) o termo de referência para a elaboração de estudo de viabilidade para certificação de produtos que levam entre seus componentes rejeitos da mineração, conforme a deliberação nº 100 do Comitê Interfederativo (CIF).

O Comitê Gestor da parceria entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (FAPES) e Fundação Renova realizou a 3ª reunião de acompanhamento de ações relativas à construção do edital de pesquisa. Na ocasião, foram discutidas as estratégias de aplicação dos recursos previstos para aporte ao edital. Em paralelo, estuda-se a formalização jurídica do termo entre as partes, assim como a definição das linhas de pesquisa, conforme necessidade técnica das áreas da Fundação Renova.

A equipe de Inovação submeteu inscrição para participar do 8º Fórum Mundial da Água, promovido pela organização internacional World Water Council (WWC). O evento internacional ocorrerá em março de 2018, em Brasília (DF). A equipe concorre à coordenação de dois painéis: Financing the ecosystem services dynamics e Financial cases for water security investments.

Em reunião com o Professor Álvaro Pereira Jr, da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), a equipe conheceu o projeto “Empreenda em Ação”, que proporciona ao aluno da disciplina de inovação a oportunidade de construir algum projeto inovador, que será avaliado por uma banca externa. O objetivo é fortalecer a cultura empreendedora. O professor também apresentou um trabalho paralelo de reestruturação da incubadora da universidade. A Fundação Renova foi convidada para integrar o comitê que irá construir o novo modelo da incubadora. A articulação é de interesse do programa, uma vez que se faz necessário o desenvolvimento de projetos de empreendedorismo para promoção da cultura da inovação no município de Mariana (MG) e região.

A partir do acordo de cooperação técnica firmado entre Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) e Fundação Renova, com a intermediação do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI), foi constituído um Comitê Gestor, formado por um representante de cada uma das entidades participantes. O comitê realizou a segunda reunião da parceria, que atualmente ocorre uma vez por mês, para dar seguimento às definições do primeiro edital, que tem previsão para outubro/17.

Foi realizada a primeira reunião do Comitê Gestor da parceria entre Fundação Renova e as fundações de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais e do Espírito Santo (Fapemig e Fapes), que definiu o fluxo de aprovação dos temas para os respectivos editais, com a participação direta das Câmaras Técnicas e do Comitê Interfederativo (CIF).

A partir do convênio firmado entre Fundação Renova e as fundações de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais e do Espírito Santo (FAPEMIG e FAPES), no início do mês de maio, o programa de Inovação e Desenvolvimento de Tecnologias Socioeconômicas direciona esforços para a elaboração da definição, estratégia e objetivos de longo prazo.

Paralelamente, a equipe de Economia e Inovação esteve presente, no dia 30 de maio, no lançamento da primeira edição do programa Sinapse da Inovação do Estado do Espírito Santo, organizada pela FAPES e pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), em parceria com a Fundação Certi, cuja intenção é fortalecer a cultura do empreendedorismo inovador e apoiar o surgimento de novos negócios. Os objetivos são promover projetos inovadores ao longo do território impactado e articular parcerias com diferentes instituições e órgãos, que contribuam com o desenvolvimento de técnicos sociais de alto impacto.

Assinatura da minuta relacionada ao convênio para a cooperação técnica entre a Fundação Renova e as fundações de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais e do Espírito Santo (Fapemig e Fapes). A parceria visa à implementação de ações de produção de conhecimento associado à recuperação das áreas e cidades impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG). Serão apoiados editais para captar projetos de tecnologia que viabilizem o aproveitamento econômico do rejeito, dentre outras iniciativas que ajudem a encontrar soluções práticas para os desafios enfrentados pela Fundação Renova.

Foi assinado o convênio entre a Fundação Renova e as Fundações de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais e do Espírito Santo (Fapemig e Fapes) para a cooperação técnica. A parceria visa a implementação de ações de produção de conhecimento associado à recuperação das áreas e cidades impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG).

Foram encaminhadas ao Comitê Interfederativo (CIF) as minutas do termo de acordo de cooperação técnica, que visam à implementação de ações de produção de conhecimento associado à recuperação dos prejuízos econômicos, sociais e ambientais decorrentes do rompimento da barragem de Fundão. O termo foi firmado entre a Fundação Renova, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Espírito Santo (Fapes), com a mediação do Instituto de Desenvolvimento Integrado do Estado de Minas Gerais (Indi).

Mantido o contato com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) para a construção de minuta de entendimento para cooperação em pesquisa junto à instituição e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Espírito Santo (Fapes). Mapeamento interno junto aos programas da Fundação Renova de oportunidades e demandas para pesquisas em inovação.

Contatos com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) para a construção de minuta de entendimento para cooperação em pesquisa junto à instituição e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Espírito Santo (Fapes). Mapeamento interno junto aos programas da Fundação Renova de oportunidades e demandas para pesquisas em inovação.

Foram firmados contratos com instituições atuantes no amparo e fomento à pesquisa nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. São elas: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Espírito Santo (Fapes) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig).

Continuação da fase de definição do programa, que deve ser concluída em março de 2017, por meio do contato com instituições que já têm expertise no amparo e fomento à pesquisa em Minas Gerais e no Espírito Santo, que já se posicionaram favoráveis em participar do trabalho junto à Fundação Renova. São elas: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapes), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Continuação da fase de definição do programa, que deve ser concluída em março de 2017, além de realização da primeira reunião da Câmara Técnica sobre o tema.


Compartilhar:

Fotos e vídeos do programa

Tenha acesso a fotos e vídeos sobre este programa da Fundação Renova.

Notícias sobre o programa

Acesse aqui todas as notícias relacionadas a este programa da Fundação Renova.

Deixe seu comentário