Fundação Renova

Reuniões ajudam a localizar famílias que solicitaram cadastro à Fundação Renova

Publicado em: 25/05/2017

Cadastro de Impactados

Desde o cadastro, muitas haviam mudado de endereço e telefone e não puderam ser localizadas

Desde a realização da primeira etapa do cadastramento das famílias impactadas, que foi até 30 de outubro de 2016, muita coisa mudou. Algumas pessoas não residem mais nos endereços cadastrados ou alteraram os números de seus telefones. Por causa disso, a Fundação Renova teve o desafio de localizar, aproximadamente, 2 mil pessoas e dar sequência ao Programa de Cadastro.

Em parceria com as prefeituras dos municípios impactados, a equipe da Renova realizou reuniões com as secretarias de Saúde e Assistência Social, nos meses de abril e maio, em busca de informações sobre essas pessoas que solicitaram cadastro à Fundação. Até agora, 85% delas foram localizadas.

“Nós temos um compromisso com o Comitê Interfederativo (CIF) de encontrar essas famílias até o final de maio. Com o apoio das prefeituras, essa tarefa tem sido mais eficiente”, afirma Cyntia Boechat, analista da frente Socioeconômica.

Reuniões entre Fundação Renova e secretarias municipais contribuem para a localização de famílias cadastradas.

INFORMAÇÕES

“Através dos bancos de dados do programa Saúde da Família e demais programas sociais, além das informações fornecidas pelos profissionais das secretarias, que lidam diretamente com os moradores das cidades, estamos conseguindo localizar todas essas pessoas. O apoio desses órgãos está sendo fundamental para o nosso trabalho”, ressalta Cyntia.

Assim que são localizadas, as famílias passam pelos processos de mobilização, indexação, realização do cadastro socioeconômico, levantamento de danos e entrega dos formulários de cadastros preenchidos, para serem atualizados.

Este conteúdo foi útil para você?

Deixe seu comentário