Fundação Renova

Mutirões promovem melhorias no atendimento às comunidades impactadas do Espírito Santo

Publicado em: 08/03/2017

Cadastro de Impactados

Cerca de 430 pessoas foram atendidas nos distritos de Colatina e Baixo Guandu

Uma equipe de profissionais dos programas de Diálogo, Cadastro Integrado e Indenização da Fundação Renova promoveu uma série de mutirões com comunidades de Colatina e Baixo Guandu (ES). O objetivo da ação foi esclarecer, individualmente, as dúvidas referentes ao Cadastro Integrado.

De acordo com Eric Rafael, que atua no programa de Diálogo Social da Fundação no Espírito Santo, a ideia dos mutirões surgiu de uma demanda identificada pela equipe nos territórios. “Nas reuniões de diálogo, identificamos a necessidade de elaborar um atendimento personalizado para o cadastramento, já que as dúvidas pessoais eram muito específicas e difíceis de esclarecer em grupo”, explica.

Entre as vantagens desta abordagem mais próxima, Eric Rafael destaca a identificação das pessoas que ainda não deram início ao cadastramento, possibilitando o direcionamento ao programa.

Equipe da Fundação Renova tira dúvidas de moradores sobre o cadastro de impactados.

Equipe da Fundação Renova tira dúvidas de moradores sobre o cadastro de impactados. | Foto: Divulgação

MUTIRÕES JÁ REALIZADOS

Moradores de Itapina e Maria Ortiz, no distrito de Colatina, e de Mascarenhas, em Baixo Guandu, já participaram dos mutirões. Ao todo, 430 pessoas foram atendidas.

A previsão é que, nos próximos meses, Regência, Povoação, Degredo e Entre Rios, distritos de Linhares, e Barra do Riacho, distrito de Aracruz, também recebam os mutirões. “A ideia é expandir para todas as regiões do Rio Doce, tornando o processo mais ágil, transparente e eficiente”, afirma Eric Rafael.

Deixe seu comentário