Fundação Renova

Programa de Documentação das Referências Culturais de Degredo promove oficinas de audiovisual para moradores da comunidade, em Linhares (ES)

Publicado em: 08/09/2021

Cultura

Objetivo das oficinas é capacitar jovens e adultos para estimular a preservação da cultura local

 

De 24 a 27 de agosto foi realizado o 1º ciclo das Oficinas de Audiovisual para os moradores de Degredo, comunidade que fica em Linhares (ES).  A iniciativa é uma das ações do Programa de Documentação das Referências Culturais de Degredo, que faz parte do Plano Básico Ambiental Quilombola (PBAQ).

As atividades das oficinas foram voltadas para a capacitação de jovens e adultos com o objetivo de estimular o interesse pela perpetuação e o registro da cultura local. Durante as aulas, os moradores aprenderam algumas técnicas para a elaboração de roteiros, criação e edição de filmes e vídeos, além de orientações para a captação de sons e imagens do ambiente.  A previsão é que em setembro um novo ciclo de oficinas seja realizado e, ao final, os participantes criarão um documentário sobre manifestações culturais de Degredo escolhidas por eles.

 

Plano Básico Ambiental Quilombola (PBAQ)

O Plano Básico Ambiental Quilombola (PBAQ) é um documento criado para nortear as ações de reparação e compensação referentes aos impactos causados aos moradores de Degredo, em Linhares (ES), pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG).

Ele é coordenado pela equipe do Programa de Proteção e Recuperação da Qualidade de Vida de Outros Povos e Comunidades Tradicionais da Fundação Renova, e foi estruturado em 20 programas socioeconômicos e socioambientais, divididos em cinco eixos, que se desdobram em ações desenvolvidas na comunidade. O objetivo geral do PBAQ é fomentar ações, articular apoio e facilitar a retomada de práticas culturais da comunidade de Degredo, bem como promover o intercâmbio das celebrações e manifestações com outras comunidades remanescentes de quilombo e com a própria municipalidade de Linhares.

Este conteúdo foi útil para você?

Deixe seu comentário