Fundação Renova

Prazo de adesão ao Sistema Indenizatório Simplificado é prorrogado para 30 de junho

Publicado em: 29/04/2022

Sistema Indenizatório Simplificado

Definido pela Justiça, nova data-limite de ingresso no fluxo vale para atingidos de 45 municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo

O prazo de adesão ao Sistema Indenizatório Simplificado foi prorrogado pela Justiça para o dia 30 de junho. A sentença foi proferida no dia 28 de abril, pela 12ª Vara Federal, e a nova data-limite de ingresso no fluxo de pagamento de indenização é válida para moradores de 45 municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Em Minas Gerais, podem ingressar no Sistema Indenizatório Simplificado moradores de  Aimorés, Alpercata, Barra Longa, Belo Oriente, Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Conselheiro Pena, Córrego Novo, Dionísio, Fernandes Tourinho, Galileia, Governador Valadares, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Itueta, Mariana, Marliéria, Naque, Periquito, Pingo-d’Água, Ponte Nova, Raul Soares, Resplendor – inclusive a comunidade Ribeirinha de Vila Crenaque e exceto o Povo Indígena -, Rio Casca, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Sem-Peixe, Sobrália, Timóteo e Tumiritinga. 

No Espírito Santo, o acesso ao fluxo é liberado a moradores de São Mateus, Linhares, Aracruz, Conceição da Barra, Baixo Guandu, Colatina, Marilândia, Fundão e Serra.

Em agosto de 2020, por decisão judicial, a Fundação Renova implementou o Sistema Indenizatório Simplificado que permitiu a inclusão de milhares de atingidos no processo indenizatório que pertencem a categorias, muitas vezes, informais e também categorias formais. Os valores das indenizações definidos pela Justiça, com quitação única e definitiva, variam de R$ 17 mil a R$ 567 mil, de acordo com a categoria do dano. 

Adesão

Para ingressar no sistema, é necessária a confirmação de idade maior de 16 anos na data do rompimento da barragem e atender a um dos critérios abaixo:

  • Possuir registro, solicitação, protocolo, entrevista, cadastro ou manifestação perante a Fundação Renova até 30 de abril de 2020;
  • Ter ajuizado ação indenizatória na jurisdição brasileira até 30 de abril de 2020;
  • Ter ajuizado ação indenizatória em jurisdição estrangeira até 30 de abril de 2020;
  • Ter, de qualquer forma, manifestado expressamente perante órgãos e instituições públicas (Defensoria Pública, Ministério Público, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Assistência Social do município), até 30 de abril de 2020, a condição de atingido pelo rompimento da barragem de Fundão, com a explicitação de seu dano, devidamente comprovado por certidão fornecida pelas instituições;
  • Especificamente para Mariana, também podem se habilitar aqueles que possuem registro/ solicitação/ protocolo /entrevista/cadastro reconhecidos junto à Cáritas Brasileira até 30 de abril de 2020.

 

Acesso

A adesão ao Sistema Indenizatório Simplificado é facultativa e deve ser feita por meio do Portal do Advogado, no site da Fundação Renova. Para ingressar, as pessoas devem ser representadas por advogado ou defensor público, segundo sentença judicial, pois apenas esses profissionais podem acessar e preencher os dados no sistema. 

Até março, as indenizações e Auxílios Financeiros Emergenciais (AFEs) pagos a atingidos de Minas Gerais e do Espírito Santo somavam ao todo cerca de R$ 9,36 bilhões para mais de 373,3 mil pessoas. Desse total, R$ 5,68 bilhões foram pagos pelo Sistema Indenizatório Simplificado. 

 

Este conteúdo foi útil para você?

85 comentários

    Estranho é que aqui em governador Valadares a notícia de que a renova iria indenizar só ós pescadores informais se veio antes de 2019 poucos foram os que souberam porque eu mesmo soube quando fui visitar um amigo que mora em Tumiritinga e que trabalha em parceria com um advogado que tem escritório em governador Valadares e como passei a depender da pesca informal em 2010, após o acidente da barragem de fundão e Mariana e Fundão estou simplesmente atolado em dívidas e passando nescessidades por não poder pescar e vender peixes como antes mesmo porque ninguém quer comprar ós peixes pescados no Rio Doce, a Renova juntamente com à Décima segunda Vara Federal de BH deveriam lembrar que muitos pescadores informais não souberam do prazo máximo para cadastrar, exemplo disso são os pouquíssimos pescadores e outras categorias que foram atingidos que foram indenizados à não ser com mil reais pagos pela renova que pouco sabiam que esse valor absurdo significaria no futuro um impedimento para serem indenizados com justiça pelos prejuízos causados e ainda causam deixando muitos pescadores informais que tbm são pais se família sem saber o que fazer para pagar suas contas, levar alimentos para suas casas e vivendo até hoje na pior situação possível, entrei com o pedido de indenização por danos por danos Gerais e espero ser indenizado, e se o pessoal da décima segunda Vara Federal, que sei que estão fazendo um excelente trabalho, pudessem ter um pouquinho de consciência e Pena dos pescadores de Gv, e façam algo de justo por todos nós que em grande parte estamos até hoje injustiçados por não termos recebidos às informações em tempo hábil mais espero que seja possível fazer justiça de forma plena.

    Responder

    Olá, Sebastião. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Sou de Barra Longa fui totalmente compatada e simplesmente ignoraram meu cadastro.Fizeram levantamento até com o Sebrae que a renova arrumou pra ver meus danos e perdas e mesmo assim sem nada e negado provas tem mas não querem enxergar.Muira injustiça na cidade sou um órgão federal ou melhor trabalho pra eles estou sem disposta a ajudar a população mas sempre obstáculo. Sei muito e me identifiquei pra ajudar mas recusaram.Nao sabemos mais onde recorrer depois de6 anos.

    Responder

    Olá, Adriana. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    E pavacaré cortaram o auxílio emergencial da gente, tivermos q aceitar a proposta pois vcs disseram se agente n aceitasse o acordo n ia ter mais nada , sacanage cm o ser humano , nós queremos nossos auxílio de volta

    Responder

    Sou de Colatina nome argemiro Daniel Souza Junior e só recebi o primeiro pagamento de 880 reais e de entrada pela pgmn de Londres e agora q faso

    Responder

    Olá, Argemiro. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Eu fiz meu cadastro março do ano de 2021 vou ter direito de receber

    Responder

    Olá, Aguinaldo. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Eu mesmo moro bem perto do rio sempre pesquei nao tive direito e nao tivemos direito ficamos sentindo aquele cheiro horivel nao pode nem comer direito por causa da catinga teve gente que veio de outro pais e recebeu e nos mesmo nada vcs deveria ser justo com todos porque todos nos famos prejudicados e estamos ate hoje sem agua e sem poder pescar

    Responder

    Gostaria de saber se quem fez a solicitação de cadastro no final de 2021 vai poder entrar no sistema simplificado indenizatório ,aguardo por uma resposta ,brigado !

    Responder

    Gostaria de saber porque está vindo todo mês na lista do auxílio financeiro as datas de pagamento e valores e não estou recebendo não está caindo em minha conta?
    Desde janeiro até maio de 2022
    Sendo que fui obrigada a fazer a quitação.
    Vou querer receber meu auxílio de volta

    Responder

    Eu tbm acho que a população deveria ser analisada cada caso pois eu perdi o emprego pois a cidade em que trabalhava ficou em situação terrível desempregada tendo que comprar água com crianças pequenas sozinha mas eu não pesco então não tenho direito né

    Responder

    Olá, Gabriela. Nossa equipe vem trabalhando para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas, de Minas Gerais e do Espírito Santo.
    Até o momento, R$ 20,83 bilhões foram destinados para ações de reparação e compensação, e R$ 9,36 bilhões pagos em indenizações e auxílios financeiros para cerca de 373,3 mil pessoas.
    Esse trabalho requer total dedicação, para entender e aplicar as melhores soluções para cada necessidade.

    Em relação a compensação financeira, sempre orientamos que, para informações e o esclarecimento de dúvidas, o contato seja realizado por meio dos nossos Canais de Relacionamento:
    telefone 0800 031 2303 e no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Eu preciso muito

    Responder

    Olá, Adriano. O Sistema Indenizatório Simplificado foi criado para possibilitar o atendimento às pessoas que têm grandes dificuldades de comprovação de seus danos, justamente como os mencionados autônomos sem registro. Assim, essas pessoas devem apresentar os documentos previstos nas sentenças. A adesão ao Sistema Indenizatório Simplificado é facultativa e deve ser feita por meio do Portal do Advogado, no site da Fundação Renova. Para ingressar, as pessoas devem ser representadas por advogado ou defensor público, segundo sentença judicial, pois apenas esses profissionais podem acessar e preencher os dados no sistema. Além disso, é necessária a confirmação de idade maior de 16 anos na data do rompimento e a inscrição ou solicitação de cadastro na Fundação Renova até o dia 30 de abril de 2020.

    Caso necessite de mais algum esclarecimento, entre em contato através dos canais de relacionamento, por meio do telefone 0800 031 2303.

    Responder

    Qual prazo pra receber esta indenização?

    Responder

    Olá, Thais. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Maria de fatima 02/05/2022
    Eu espero e confio que vamos receber essa indenização justiça vai ser feita até hoje sofro com esse acontecido vamos ter fé e confiar nos adivogados que estao lutando por nós

    Responder

    Olá, Maria de Fátima. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. Você também pode procurar o Centro de Informação e Atendimento (CIA) mais próximo de sua região.

    Responder

    Quem fez o acordo dos 1000,00 e dos 1700,00 tem direito de receber a diferença que hoje é 2000,00 dia falta de água? Isso procede?

    Responder

    Olá, Edilane. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Procede sim! Sugiro que procure um advogado competente para reivindicar todos os seus direitos!

    Responder

    Eu gostaria de saber se paga memo a hoje tenho que comprar água pra quei só recebi um salário mínimo

    Responder

    Olá, Maria da Penha. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Olá boa noite! Eu tenho somente o beneficio bpc e preciso pagar 49, 00 de agua da rede e mais 50,00 de água mineral que só está subindo de preço devido a crise, está tenso eu já estou cadastrada a algum tempo com ajuda de advogado e até agora nada.

    Responder

    Olá, Zenaide. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Eu e muitas pessoas gostaria que a justiça revesse os processos que a renova recusou a indenização por motivo de CNS, isso não é justo estão indenizado pessoas que estão faltando com a verdade e quem fala a verdade está sendo injustiçado, a verdade precisa ter seu valor 🚨📢 justiça justiça.

    Responder

    Olá, Cleidmar. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Quero saber até quando vamos receber em Valadares. Desde 2015 aguardamos.

    Responder

    Olá, Maria Aparecida. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Sou de Marilândia espirito Santo tenho direito de receber este alxilio renova. Sim ou não. Como devo fazer meu cadastro.

    Responder

    Olá, Jonair. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Deixei meus dados mais ate hj não me ligaram

    Responder

    Olá, Joselina. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Minha indenização até hoje não foi indenizada, já comprovei tudo mais a renova negou dizendo que a enfermeira que assinou não é a responsável, depois disso conseguir a comprovação do secretário de saúde da cidade afirmando ser ela a responsável mais mesmo assim negaram novamente.. queria uma resposta para tudo isso. Vocês fazem nós de palhaço.

    Responder

    Olá, Bruno. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Quero saber porque uns estão tendo mais previlegio q outros

    Responder

    Olá, Eliane. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Boa tarde para todos,MUITO triste tudo que está acontecendo,por que eu moro em Dionísio assim como todos os outros moradores,cidade pequena com poucos habitantes sem emprego,fomos prejudicados e até hoje nada de indenização,muitas pessoas passando nesecidades e ninguém faz nada,não temos nenhum parecer. Por favor libera essa indenização.

    Responder

    Olá, Judite. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Também acho muito arado uns ter direito e outros não, claro para as pessoas que fazem parte do rio doce , que hj Não serve nem para conzinhar muito menos pescar , ate nos dias de hj sofremos por causa desta tragédias, financeiros e fisicamente.

    Responder

    Olá, Sônia. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Que dia vai pagar a indenização

    Responder

    Olá, João. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Queria saber quando vão pagar em Colatina? Não recebi da minha filha

    Responder

    Olá, Josy. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Engraçado que sou ribeirinho, na minha residência além de um cais para embarcação ainda tinha uma horta que abastecia meu restaurante e vários pés de frutas,prejudicando a minha família e a minha empresa que tbm estava registrada no mesmo endereço e nunca um funcionário da renova foi fazer nenhum tipo de cadastro ou vistoria na minha casa. Moro em Colatina a Av Fioravante Rossi 4829 em uma chácara após o frigorífico Frisa. Quando procurei a renova me disseram que eu não teria mais direito pois tinha passado o prazo.

    Responder

    Olá, Welber. Nós compreendemos a sua posição, e trabalhamos para garantir que toda a reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas.

    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, pedimos que entre em contato por meio dos nossos Canais de Relacionamento. Além disso, fazendo o contato pelos Canais de Relacionamento, você será atendido por um profissional treinado com acesso ao histórico das suas demandas geradas por um protocolo.

    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Engraçado que sou ribeirinho, na minha residência além de um cais para embarcação ainda tinha uma horta que abastecia meu restaurante e vários pés de frutas,prejudicando a minha família e a minha empresa que tbm estava registrada no mesmo endereço e nunca um funcionário da renova foi fazer nenhum tipo de cadastro ou vistoria na minha casa. Moro em Colatina a Av Fioravante Rossi 4829 em uma chácara após o frigorífico Frisa. Quando procurei a renova me disseram que eu não teria mais direito pois tinha passado o prazo.

    Responder

    Kkkkk enganação pura, sou ribeirinho na minha residência tem até cais para embarcação e até hj nunca recebi uma visita de um representante da renova

    Responder

    Cadastros que estão sendo analisados pelos peritos da 12º vara tem previsão para ser finalizado?

    Responder

    Olá, João. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Tenho uma propriedade a margem do Rio Doce porém devido falta de informação não realizei o cadastro e até hoje venho amargando com prejuízo devido o rompimento da barragem e não consigo informações para entrar no processo de indenização, não estou inventando um problema para receber dinheiro como muitos tem feito estou alegando que a propriedade é a margem do Rio Doce mesmo

    Responder

    Olá, Gleison. Conforme decisão de 30 de outubro de 2021, a 12ª Vara de Justiça Federal determinou que as solicitações/manifestações de cadastros fossem admitidas pela Fundação Renova até 31 de dezembro de 2021, findo o qual considera-se definitivamente encerrada essa fase preliminar.
    As manifestações serão atendidas por ordem de registro até dezembro de 2023.
    Para mais informações, recomendamos que entre em contato com um dos nossos Canais de Relacionamento.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Eu acho que a renova esses juízes esses peixes grandes da renova mamou o dinheiro que era pra vim realmente pro nois que somos pescadores de verdade moro aqui em itapina em breve vomos organizar umas manifestação pra todo Mundo que realmente é pescador recebe dignamente por que isso tá uma bagunça vergonha pra nossa nação o que a renova está fazendo com nosso povo

    Responder

    Venho aqui pedir desculpas o jeito que eu me expressei mais realmente causa uma revolta em todos nois só queremos nossas vidas normal denovo

    Responder

    Olá boa tarde meu nome é Rosana e eu fiz o cadastro da fundação em 2015 vou precisar fazer outro ou esse já resolve eu só preciso mudar meu endereço como faço

    Responder

    Olá, Rosana. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Agora a dúvida muitos veio saber desta informação nos dias finais e mesmo assim foi este ano por meio da rádio da cidade no caso de Mariana ou seja muitos fizeram e gastaram o pouco dinheiro que tem com cartório pra se inscrever nesta indenização simplificada mas de acordo com a data citada no sait da renova as omologacoes detes anos e do anterior no caso não são válidas então né
    Adesão

    Para ingressar no sistema, é necessária a confirmação de idade maior de 16 anos na data do rompimento da barragem e atender a um dos critérios abaixo:

    Possuir registro, solicitação, protocolo, entrevista, cadastro ou manifestação perante a Fundação Renova até 30 de abril de 2020;
    Ter ajuizado ação indenizatória na jurisdição brasileira até 30 de abril de 2020;
    Ter ajuizado ação indenizatória em jurisdição estrangeira até 30 de abril de 2020;

    Responder

    Agora a dúvida muitos veio saber desta informação nos dias finais e mesmo assim foi este ano por meio da rádio da cidade no caso de Mariana ou seja muitos fizeram e gastaram o pouco dinheiro que tem com cartório pra se inscrever nesta indenização simplificada mas de acordo com a data citada no sait da renova as omologacoes detes anos e do anterior no caso não são válidas então né
    Adesão

    Para ingressar no sistema, é necessária a confirmação de idade maior de 16 anos na data do rompimento da barragem e atender a um dos critérios abaixo:

    Possuir registro, solicitação, protocolo, entrevista, cadastro ou manifestação perante a Fundação Renova até 30 de abril de 2020;
    Ter ajuizado ação indenizatória na jurisdição

    Responder

    Olá, Warliano. O Sistema Indenizatório Simplificado foi criado para possibilitar o atendimento às pessoas que têm grandes dificuldades de comprovação de seus danos, justamente como os mencionados autônomos sem registro. O prazo de adesão ao Sistema Indenizatório Simplificado foi prorrogado pela Justiça para o dia 30 de junho. Assim, essas pessoas devem apresentar os documentos previstos nas sentenças. A adesão ao Sistema Indenizatório Simplificado é facultativa e deve ser feita por meio do Portal do Advogado, no site da Fundação Renova. Para ingressar, as pessoas devem ser representadas por advogado ou defensor público, segundo sentença judicial, pois apenas esses profissionais podem acessar e preencher os dados no sistema. Além disso, é necessária a confirmação de idade maior de 16 anos na data do rompimento e a inscrição ou solicitação de cadastro na Fundação Renova até o dia 30 de abril de 2020.

    Caso necessite de mais algum esclarecimento, entre em contato através dos canais de relacionamento, por meio do telefone 0800 031 2303.

    Responder

    O que eu perguntei foi todas as omologacoes feitas após a data que a fundação determinou seram válidas inscrição ou solicitação de cadastro na Fundação Renova até o dia 30 de abril de 2020.

    Responder

    Eu fiz o meu cadastro até hj não mi ligaro queria sabe como está minha situação? Quero uma resposta ?

    Responder

    Olá, Solange. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    06.06.22

    Regência

    E o programa pescador de fato ,quando vão nos pagar estamos reconhecidos e aprovados.
    Já buscamos de todas as formas mas vcs ( renova , samarco ) NÃO RESPONDEM A GENTE .

    ESTAMOS APROVADOS , RECONHECIDOS, BARCOS RECONHECIDOS E VOCES NÃO PAGAM A GENTE , POR QUE ?
    QUEREMOS RECEBER .

    Responder

    Olá, Noel. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Gostaria de saber como está o processo sobre a indenização dano água?

    Responder

    Olá, Niviane. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidos por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Porque os dependentes de 2016,não estão sendo aceito.Eu tenho 4 dependentes.passei toda documentação.So que na época só podia ter um pescador na casa.E não chamaram eles para entrevista.E trabalhávamos juntas.vom pesca.lipeza .embagem e entrega.sou pescadora artesananal de fato.gostria de uma resposta.sobre meus dependentes.

    Responder

    Olá, Maria Aparecida. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Gostaria de saber sobre meus dependentes de 2016.estao atendo todos e até hoje tá esquecido os de 2016.

    Responder

    Quem deu entrada no ano de 2022 não vai ter direito?
    Não fiz na primeira vez por ter empatia e me colocar no lugar da empresa e saber que o valor que pagaram não resolveria nosso problema e nem os danos causados a nossa saúde.
    Preciso receber

    E

    Responder

    Olá, Karla. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Engraçado já eu não tenho direito a receber a indenização.só pq recebi os mil reais,acho injusto isto pq todos nós fomos prejudicados.

    Responder

    Olá, Elexandra. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Gostaria de saber cadê o direito das pessoas dependentes da primeira fase que você não deixam fazer o cadastro
    Dando total direito à senguda fase para toda família
    Injustiça

    Responder

    Olá, Valéria. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Me chamo Selma Aparecida Reis Justino moradora da codade de Ipatinga. Somente hoje estou sabendo disso. Onde eu encontro informação?

    Responder

    Olá, Selma. O Sistema Indenizatório Simplificado foi criado para possibilitar o atendimento às pessoas que têm grandes dificuldades de comprovação de seus danos, justamente como os mencionados autônomos sem registro. Assim, essas pessoas devem apresentar os documentos previstos nas sentenças. A adesão ao Sistema Indenizatório Simplificado é facultativa e deve ser feita por meio do Portal do Advogado, no site da Fundação Renova. Para ingressar, as pessoas devem ser representadas por advogado ou defensor público, segundo sentença judicial, pois apenas esses profissionais podem acessar e preencher os dados no sistema. Além disso, é necessária a confirmação de idade maior de 16 anos na data do rompimento e a inscrição ou solicitação de cadastro na Fundação Renova até o dia 30 de abril de 2020.

    Caso necessite de mais algum esclarecimento, entre em contato através dos canais de relacionamento, por meio do telefone 0800 031 2303.

    Responder

    Sinceramente eu não confio em nada desse pessoal.fizeram uma visita ao meu pai em 2016.uma empresa chamada sinergia e na casa do meu todos nós somos dependentes do trabalho dele com a carroça e plantio que fazíamos.infelizmente essa empresa fez uma sacanagem danada,meu pai recebeu graças a Deus, porém nós que somos dependentes dele.a fundação está enrolando e não quer arcar com nossos prejuízos…vcs deviam era tomar vergonha nessa cara de vcs e pagar nossos direitos iguais.fizemos o cadastro em 2016 e vcs ficam aí nus enrolando… vergonha

    Responder

    Olá, Denis. Gostaríamos de esclarecer que fomos criados, em 2016, para implementar os programas de reparação e compensação da bacia do Rio Doce, estabelecidos no Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado pela Samarco, Vale, BHP e Governos Federais de Minas Gerais e do Espírito Santo.

    Trabalhamos para reparar e compensar os danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana. Estamos desenvolvendo diversas ações, por meio de 42 programas, voltadas às pessoas e comunidades atingidas em Minas Gerais e no Espírito Santo.

    Até o momento, R$ 20,83 bilhões foram destinados para ações de reparação e compensação, e R$ 9,36 bilhões pagos em indenizações e auxílios financeiros para cerca de 373,3 mil pessoas.

    Você pode acompanhar sobre as ações em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/dadosdareparacao/.

    Responder

Deixe seu comentário