Fundação Renova

Atendimento remoto dá continuidade às etapas do reassentamento durante pandemia

Publicado em: 17/06/2021

Reassentamentos

Após um ano realizando reuniões virtuais, Fundação Renova disponibiliza balanço e mantém o foco na participação social das famílias atingidas

Diante da impossibilidade de realizar encontros presenciais devido à pandemia do coronavírus, o atendimento da Fundação Renova às famílias dos reassentamentos dos subdistritos atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), está sendo realizado por telefone ou vídeochamadas. O acompanhamento social remoto às comunidades de Bento Rodrigues, Paracatu de Baixo e da modalidade do reassentamento familiar foi adotado em abril de 2020, garantindo a continuidade do processo participativo.

A adesão é voluntária e acontece conforme a disponibilidade de cada família, que recebe um passo a passo com orientações básicas. A cada encontro, a Fundação Renova compartilha a agenda semanal de atendimentos com a assessoria técnica e comissão de atingidos. A metodologia, já conhecida pelas famílias, comissão de atingidos e assessoria técnica, foi adequada para manter o fluxo de informação, conexão e interatividade. 

Balanço

Os atendimentos virtuais são referentes às etapas do processo de reassentamento, como elaboração de projetos de casas, liberação de termos para assinatura, apresentação de opções de acabamentos, visitas por meio de imagens aos lotes e obras e tratativas diversas que a equipe social realiza junto às famílias. Entre abril de 2020 e abril de 2021, foram realizados cerca de 925 encontros virtuais, com participação de 306 famílias elegíveis aos reassentamentos, o que corresponde a 65% do número total. Ao longo do ano, o nível de satisfação com a continuidade dos atendimentos remotos atendeu as necessidades dos atingidos.

Este conteúdo foi útil para você?

Deixe seu comentário