Fundação Renova

Roberto Waack

Publicado em: 23/02/2017

Fala do diretor-presidente da #FundaçãoRenova, Roberto Waack, durante o segundo encontro do Workshop de Manejo de Rejeitos promovido pela entidade, na Fundação Dom Cabral (FDC), em Nova Lima (MG).

Este conteúdo foi útil para você?


Compartilhar:

2 comentários

    Tentei participar deste 2º Encontro mas como não consegui o convite por este motivo estou acompanhando pela internet.
    Tenho notado pelas manifestações dos especialistas o foco principal nas questões ambientais e sociais.
    No meu entendimento, o que causou e está causando estes danos, hoje é a existência de um material que ali não deveria estar.
    Hoje o desafio é recolher o máximo deste material de forma a causar o menor impacto ambiental durante este procedimento, processar este material retirando os agentes contaminadores, gerar um material inerte que possa ser disposto, ou melhor aproveitado, em locais próximos de onde serão gerados e o material de maior contaminação, no caso o minério de ferro, que possa ser recuperado e transformado em um produto para ajudar a dar sustentabilidade a estas intervenções.
    Neste sentido, acho que toda a competência destes especialistas ambientais e biológicos, poderiam avaliar e monitorar dando segurança, continuidade e agilidade aos procedimentos e licenciamos das atividades a serem executadas.
    Acho que a solução é propor um plano de ação com uma proposta comercial para a retirada, tratamento e destinação deste rejeito e em cima deste ou de outros planos, trabalhar para resolver as questões ambientais.

    Roberto Cabral

    A Fundação Renova agradece sua participação e interesse no debate. O objetivo do workshop é justamente promover uma discussão, de forma ampla, sobre o manejo de rejeitos. Todas as manifestações estão sendo levadas em consideração. Sua sugestão foi entregue à mesa responsável, e, ao final do evento, vamos disponibilizar um documento com as conclusões gerais. Infelizmente, por conta do espaço físico, não conseguimos trazer todas as pessoas interessadas, mas continue enviando sugestões e comentários, porque sua participação é muito importante na realização deste trabalho.

Deixe seu comentário