Fundação Renova

Moradores de Linhares iniciam aulas de capacitação profissional na Foz

Publicado em: 28/12/2021

Linhares

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Espírito Santo (Senai- ES), foram ofertadas 75 vagas em três turmas de capacitação profissional.

Tiveram início, na primeira semana de dezembro, as aulas dos cursos de assistente administrativo e almoxarife, oferecidas, gratuitamente, à população atingida pelo rompimento da barragem de Fundão (MG) para moradores das comunidades de Regência e Povoação, em Linhares (ES).

A ação é uma iniciativa da área de  Contratação e Empreendedorismo Local da Fundação Renova, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Espírito Santo (Senai- ES), e tem como objetivo capacitar os participantes para que sejam capazes de executar trabalhos pertinentes às áreas de atuação escolhidas, seguindo a legislação, processos operacionais e normas técnicas e de qualidade exigidas nas atividades.

Para as duas modalidades dos cursos foram ofertadas 75 vagas. As aulas têm carga horária de 160 horas, equivalentes a três meses de duração, e acontecerão no período noturno nas duas comunidades. “As capacitações profissionais ampliam as oportunidades para que os adultos e jovens, a partir de 16 anos, ingressem no mercado de trabalho. A formação abre caminho para que a comunidade tenha acesso ao desenvolvimento de habilidades necessárias e exigidas atualmente”, diz Roberto Ruggeri, coordenador da área de Contratação e Empreendedorismo Local.

Em setembro, a Fundação Renova abriu inscrições para nove cursos em Regência e seis em Povoação. Cada pessoa interessada pôde se inscrever em até dois cursos, de forma gratuita e online. Em Regência, os cursos oferecidos foram de assistente administrativo, almoxarife, assistente de planejamento e controle da produção, pintor de obras imobiliárias, montador e reparador de computador, pedreiro de alvenaria, eletricista industrial, pedreiro de revestimento e operador de computador. Já para a comunidade de Povoação, as vagas ofertadas foram de assistente administrativo, almoxarife, pintor de obras imobiliárias, pedreiro de alvenaria, eletricista industrial e pedreiro de revestimento.

Novas turmas estão previstas para serem abertas a partir de janeiro de 2022 e serão divulgadas nas comunidades onde serão realizadas. A população também poderá acompanhar a divulgação das vagas nos canais oficiais de comunicação da Fundação Renova.

Outras ações para recolocação no mercado de trabalho

Além de cursos para qualificar profissionais das regiões impactadas pelo rompimento, a Fundação Renova disponibiliza atividades para fortalecer as atividades econômicas locais. É o caso do Programa Recoloca Rio Doce. A plataforma busca recolocar a população atingida no mercado de trabalho. No site, pessoas interessadas podem cadastrar seus currículos e empresas divulgam as vagas disponíveis. Os cadastros, tanto de currículos como de vagas, podem ser feitos gratuitamente no site  https://recolocariodoce.com.br/.

 

Este conteúdo foi útil para você?


Compartilhar:

Deixe seu comentário