Prezados bom dia.
Excelente iniciativa de capacitação da mão de obra riodocense, buscando assim alternativas compensatorias à muitos que buscavam no rio Doce e no lago da UHCandonga, uma complementação da renda familiar e meio de sustento.
Assim como estao trazendo a capacitacao em panificação, Rio Doce/MG, pr se tratar de uma cidade muito pequena, oferece restritas oportunidades locais, mas observamos um modesto trabalho na area de serralheria que deveria também ser valorizado e melhor estrutura, capacitando a mão de obra ja existente que poderia ser aprimorada, trazendo novascoportunidades para os riodocenses e para a cidade de Rio Doce.
Com a privação de uso do rio Doce e do lago, também belezas exploradas pelos riodocenses e turistas, perdemos nossa maior area publica de lazer e em compensação à essa grade restrição do lazer social e desenvolvimento turistico local, seri interessante a execução do Parque aUrbano de Rio Doce/MG, inserido dentro da area urbana, que poderia ajudar a resgatar a auto estima da população, incentivar a pratica esportiva, atrair novos moradores em funcao da qualidade de vida que possivelmente teria maior credibilidade para retornar à nossa cidade, enfim, melhorias ou reparações que ajudariam a retomar com a nossa rotina.
O projeto ja se encontra concluído, será preciso executá-lo!
Para que Rio Doce/MG , atualmente carente de seu equilibrio, seja compensado, medidas socio ambientais precisam ser desenvolvidas mas, considerando a condição de vulnerabilidade atual de sua comunidade residente, alternativas de emprego e renda, sseriam as melhores medidadas mitigadoras para oferecer à população, meios de evoluir e progredir enquanto comunidade, caso contrário estaremos destinados ao ócio e possivelmente atribuidos ao meuor crime sicuo ambiental brasileiro e isso sera semprecrelembrado na mídia, o que não seria o idealpara a Samarco, Vale e BHPBilliton.
Desde ja agradeço a atenção dispensada, no aguardo de um retorno.
Att,
Eduardo.