Fundação Renova

Cadastro de impactados em Barra Longa segue em andamento

Publicado em: 31/01/2017

Cadastro de Impactados

A meta é realizar 580 cadastros no município até o final deste mês

O processo de cadastramento dos impactados, iniciado emergencialmente pela Samarco logo após o rompimento da barragem de Fundão, continua sendo conduzido pela Fundação Renova.

Até a primeira quinzena de janeiro, 504 propriedades foram cadastradas em Barra Longa (MG), com a identificação de aproximadamente 450 famílias impactadas. A meta é realizar 580 cadastros no município até o final deste mês. Nessa fase, em que todos participam, é feito o levantamento socioeconômico da unidade familiar e, aqueles que tiveram prejuízos físicos em decorrência do rompimento, recebem uma vistoria técnica para verificação dos danos.

Após registro dos dados coletados pela Synergia Consultoria Socioambiental, parceira da Fundação Renova neste trabalho, os formulários são devolvidos às famílias para conferência. Elas devem verificar as informações prestadas e validar o documento no Centro de Informação e Atendimento ou pelo telefone da Central (0800 031 2303). A fase de conferência já começou e continua até março. Depois de aprovados, os cadastros irão subsidiar os 23 programas socioeconômicos, sendo etapa prévia para participação.

ENTENDA

O cadastro de impactados em Barra Longa ficou suspenso entre setembro e novembro de 2016, por determinação do Ministério Público, que entendeu que as famílias deveriam ser acompanhadas por uma assessoria técnica. Em reunião com o órgão, no final de novembro, ficou acordado que o cadastramento poderia ser retomado para aqueles que desejassem continuar o processo, de forma independente. Desde então, 350 famílias já optaram pela retomada do processo.

Deixe seu comentário