Fundação Renova

Indenizações

A indenização das pessoas diretamente atingidas é tarefa central no processo de reparação. É necessário um processo individualizado de avaliação de prejuízos, em função da diferença de naturezas e intensidades dos danos sofridos por cada pessoa. São mais de 500 profissionais distribuídos em 22 escritórios por todo o território impactado. Até novembro de 2019, R$ 2,04 bilhões foram pagos em indenizações e auxílios financeiros para cerca de 320 mil pessoas (Dano Água, Danos Gerais e AFE).

SOBRE O PROGRAMA

Informações Gerais

O PIM é o Programa de Indenização Mediada da Fundação Renova. Ele é gratuito e de adesão voluntária, criado coletivamente como uma alternativa ao processo de judicialização. O PIM atua em duas frentes de indenização: Dano Água, para as pessoas que moravam nas cidades e distritos que tiveram o abastecimento de água interrompido por mais de 24 horas, e Dano Geral, destinado às pessoas que perderam sua renda ou bens materiais.

Indenização pela interrupção no abastecimento e distribuição de água

O Dano Água foi destinado a todas as pessoas que moravam nas cidades e distritos que ficaram sem abastecimento e sem distribuição de água por mais de 24 horas ininterruptas em função do rompimento da barragem de Fundão, em novembro de 2015.

Indenização por danos gerais

Considera as pessoas que perderam sua renda ou bens materiais, como veículos, imóveis residenciais e comerciais, propriedades rurais, entre outros. A partir do cadastro integrado, é feito um ressarcimento através de da definição danos morais, danos materiais e lucros cessantes. Os valores de indenização para danos gerais foram previamente discutidos com as comunidades impactadas, representantes do poder público e entidades técnicas. A indenização é calculada de forma individual para cada atingido ou grupo de atingidos e leva em consideração as particularidades de cada um.

Deliberação 119 do CIF

A Fundação Renova tem o compromisso de munir toda população, de forma clara, didática e acessível, com informações e documentos importantes sobre Programa de Indenização Mediada (PIM).

ACOMPANHE AQUI O SEU PROCESSO DE INDENIZAÇÃO

Entenda o processo de Indenização

Auxílio Financeiro Emergencial

A Fundação Renova paga um auxílio financeiro emergencial mensal para mais de 31 mil pessoas que sofreram impacto direto na sua atividade econômica ou produtiva em função do rompimento da barragem. O valor, previamente discutido com representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT), poder público e entidades técnicas, corresponde a um salário mínimo vigente, mais 20% para cada um dos dependentes e acrescido de valor equivalente a uma cesta básica (referência do Dieese). Até o momento, R$ 1,14 bilhão foram pagos no Auxílio Financeiro Emergencial.

Pescador de fato

O ambiente de alta informalidade que predomina no território atingido pelos rejeitos da barragem de Fundão é um dos maiores desafios da Fundação Renova para o pagamento das indenizações. Para superar o desafio, a Fundação ouviu comunidades e especialistas em busca da construção de soluções.

O projeto-piloto Pescador de Fato surgiu nesse contexto. O objetivo é identificar aqueles que pescavam profissionalmente, mas não tinham o documento de ofício (RGP – Registro Geral de Pesca) junto ao governo à época do rompimento da barragem. O candidato ao projeto do Pescador de Fato pode levar dois pescadores profissionais, isto é, documentados pelo Governo Federal, para serem testemunhas do seu ofício. Além disso, deve responder a um questionário e apresentar documentos secundários ou, na inexistência deles, realizar uma autonarrativa de sua “história de vida” como pescador.

ESCRITÓRIOS

O Programa de Indenização Mediada tem escritórios chamados Centros de Indenização Mediada para atendimento às comunidades atingidas. Os endereços dos escritórios em operação podem ser conferidos no mapa abaixo. Em alguns municípios impactados, o atendimento ocorre através do PIM móvel.

Os atendimentos nos escritórios são realizados apenas com data, horário e local agendados.

Colatina
Colatina

Rua Adwalter Ribeiro Soares, 227 - Edifício Ramazini - Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Governador Valadares
Governador Valadares

Rua Israel Pinheiro, 2891 - 3º andar (Hotel Ibituruna) - Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Governador Valadares
Governador Valadares

Rua Peçanha, 277 - Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Governador Valadares
Governador Valadares

Rua Bárbara Heliodora, 399 - Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Belo Oriente
Belo Oriente

Rua Guimarães Rosa, 65 - Alex Muller, Cachoeira Escura. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Periquito
Periquito

Avenida Francisco Silveira Filho, 349, - Pedra Corrida. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Galileia
Galileia

Rua Coronel Faria, nº. 747, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Itueta
Itueta

Avenida Coronel Osório, nº. 875, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Naque
Naque

BR 381, Km 250, LOJA 6, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Resplendor
Resplendor

Rua José Viceconti, nº. 50, Praça da Matriz, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Tumiritinga
Tumiritinga

Avenida Tiradentes, nº. 91, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Alpercata
Alpercata

Rua Paulo Geovane de Sá, nº 76, Aurelino Rodrigues. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Governador Valadares
Governador Valadares

Rua Treze de Maio, 971, Nossa Senhora das Graças. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Mariana
Mariana

Av. Manoel Leandro Correa, 267, Barro Preto. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Barra Longa
Barra Longa

Rua Raimundo Alves Xavier, 327, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Rio Doce
Rio Doce

Rua Coronel Bessa, 147, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Periquito
Periquito

Av. Senador Getúlio de Carvalho, 72, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Galileia
Galileia

Rua dos Operários, 1.009, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Ipatinga
Ipatinga

Avenida Altina Gonçalves, 295, Iguaçu. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

São José do Goiabal
São José do Goiabal

Rua Monsenhor Horta, 60, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Linhares
Linhares

Avenida Augusto Calmon, 1.356, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Baixo Guandu
Baixo Guandu

Rua Padre Le Duque, 169, Vila Kennedy. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Colatina
Colatina

Travessa Corina Dalapícola, 125, Centro. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Colatina
Colatina

Avenida das Nações, 762, Colatina Velha. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Colatina
Colatina

Avenida Castelo Branco, 535, Santos Dumont. Atendimento de segunda a sexta, das 8h30 às 17h48.

Governador Valadares
Governador Valadares

Rua Berilo, 2.386, São Raimundo.

Governador Valadares
Governador Valadares

Rua Montevidéu, 501, Jardim Pérola.

Governador Valadares
Governador Valadares

Avenida Venceslau Braz, 954, Santa Rita.

Governador Valadares
Governador Valadares

Rua Juíz Fulgêncio Pimenta, 344, Grã-Duquesa.

Governador Valadares
Governador Valadares

Rua I-2, 150, Sir.

Governador Valadares
Governador Valadares

Rua Eurito Orlando Bonesi, 32, Morada do Acampamento.

Baixo Guandu
Baixo Guandu

Avenida Rio Doce, 950.

Povoação
Povoação

Centro de Integração Comunitária: Rua Cleris Moreira, s/n.

Regência
Regência

Rua Principal, s/n, próximo à praça Caboclo Bernardes.

Aracruz
Aracruz

Rua Quintinio Loureiro, 100, Centro.

São Mateus
São Mateus

Avenida José Tozzi, 1398, Centro.

Linhares
Linhares

Avenida Nogueira da Gama, 1879, Colina.

PASSO A PASSO

Para participar do processo de indenização para danos gerais, a pessoa deve ter passado, obrigatoriamente, pelo cadastro integrado, que foi feito nas regiões impactadas. Após o cadastro concluído e caso a pessoa seja identificada como diretamente impactada, a equipe do PIM entrará em contato para que elas compareçam, conforme dia e horário marcados, a um dos escritórios dos Centros de Indenização Mediada. Os processos serão avaliados caso a caso e definidos por meio de sessões de mediação.

Nas reuniões de indenização por danos gerais, participam a pessoa atingida, um representante da Fundação Renova e um mediador imparcial e independente. A mediação poderá ser acompanhada por um advogado ou pessoa de confiança do atingido. Defensores públicos também estarão disponíveis para apoiar os interessados em assessoria jurídica. Todo o processo correrá de forma restrita e sigilosa.

Como funciona a proposta

A partir do agendamento, são realizadas, no mínimo, três reuniões:

  1. Reunião de preparação: apresentação de documentos que comprovem o dano e preenchimento de formulário;
  2. Reunião da proposta: apresentação da proposta, caso o solicitante seja considerado elegível;
  3. Reunião de aceite: formalização do acordo, se a proposta for acolhida.

O intervalo mínimo entre a reunião da proposta e a reunião de aceite para assinatura do acordo é de 15 dias após a entrega da proposta. Esse intervalo é importante para que as pessoas possam avaliar e refletir sobre a proposta antes da assinatura do acordo.

Pagamento

O pagamento da indenização será realizado via depósito ou cartão-benefício e em até 90 dias a partir da celebração do termo de acordo, extinção das ações judiciais (caso existam) e homologação judicial (caso necessário).

Cálculo de indenização para Danos Gerais

Os critérios e valores de indenização para danos gerais foram previamente discutidos com representantes do poder público e entidades técnicas.

A avaliação de valores seguiu padrões de entidades técnicas de referência, como Incaper-ES (Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural), Emater-MG (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais), Sinduscon-MG (Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais) e Ibape-MG (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia de Minas Gerais), visando assegurar o devido ressarcimento.

Para indenizar um veículo, por exemplo, será utilizado o valor descrito na tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), referência mais utilizada no mercado de automóveis.

A adesão ao programa foi encerrada.

QUEM FAZ PARTE

Clique ou toque em cada círculo para ler os detalhes e ver os membros participantes.

Perguntas comuns

Confira as respostas para as perguntas mais frequentes sobre o Programa de Indenização Mediado.

Sim. Os atingidos que aceitaram a proposta com desconto de Auxílio Financeiro Emergencial foram contatados pela Fundação Renova.

O Atingido deve aguardar a Fundação Renova realizar o primeiro contato para agendamento no escritório do PIM, em sua região. Após o primeiro atendimento, serão agendadas, no mesmo local, novas reuniões para dar continuidade ao processo de indenização, incluindo a indenização por lucros cessantes.

A decisão judicial não altera o pagamento do Auxílio Financeiro Emergencial (AFE).

A indenização por lucros cessantes vai ser paga até que as condições para exercício da atividade de onde o atingido tirava sua renda e que foi impactada diretamente pelo rompimento da barragem sejam reestabelecidas ou, se não for possível retomar a atividade, até que sejam estabelecidas condições para o exercício de nova atividade produtiva em substituição à atividade que foi impactada.

Sim. Os atingidos já indenizados no Programa de Indenização Mediada (PIM), que têm direito ao pagamento do lucro cessante 2018 serão chamados para atendimento.

Nos termos do Termo de Tratamento e Ajustamento de Conduta (TTAC), o Auxílio Financeiro Emergencial (AFE) será concedido aos atingidos que perderam a sua renda com o rompimento da barragem de Fundão, até que sejam reestabelecidas as condições para retomada da atividade original ou sejam estabelecidas condições para uma nova atividade produtiva, limitado ao prazo de 5 anos. Este prazo poderá ser prorrogado por um ano, em caso de justificada necessidade, e assim sucessivamente, mas não poderá exceder o prazo de 10 anos.

Sim, o lucro cessante será pago integralmente sem desconto dos valores pagos a título de auxílio financeiro emergencial.

 

A indenização dos atingidos de Mariana passou por um processo diferente do restante da região atingida em razão de diversos fatores, que incluem o ajuizamento de Ação Civil Pública pelo Ministério Público e as decisões dos próprios atingidos, que escolheram, por exemplo, que o cadastro fosse realizado pela Assessoria Técnica Cáritas. A Fundação Renova respeitou as decisões dos atingidos e, por isso, não iniciou as indenizações na região antes que se chegasse a um acordo na Ação Civil Pública.

Em audiência realizada no dia 2 de outubro, foi homologado o acordo para o pagamento de indenização aos atingidos de Mariana. Foi estabelecido que, a partir da entrega do dossiê do cadastro concluído, a ser enviado pela Assessoria Técnica Cáritas, a Fundação Renova terá o prazo de três meses para apresentação da respectiva proposta de indenização. Mesmo antes desse prazo, os atingidos, se assim desejarem, já podem procurar a Fundação Renova para negociar e dar sequência ao seu processo de indenização final.

Conforme acordo celebrado com os representantes dos Ministérios Públicos, Defensorias Públicas e CTOS (Câmara Técnica de Organização Social), a Fundação Renova deverá realizar os pagamentos de lucro cessante, referente ao ano de 2018, até o dia 31 de março de 2019.

Na prática, após concluídas as etapas do cadastro (formulário e vistoria), os atingidos, se assim desejarem, já podem procurar a Fundação Renova para negociar e dar sequência ao seu processo de indenização final. Caso queiram, poderão também aguardar o relatório elaborado pela Cáritas para então negociar a indenização.

A proposta indenizatória de Lucro Cessante do ano de 2018 levará em consideração o acordo já celebrado e, a partir dele, será calculado o valor da indenização pelo dano sofrido ao longo de 2018. Sendo assim, as propostas serão personalizadas e os atingidos poderão receber valores distintos, que serão tributados conforme previsto pela Receita Federal.

Os lucros cessantes correspondem à renda que o atingido obtinha como resultado final de sua atividade produtiva que foi interrompida como consequência direta do rompimento da barragem de Fundão. A indenização dos lucros cessantes deve corresponder à renda impactada de forma direta pelo rompimento.

Após a assinatura do Termo de Acordo, a indenização será creditada em conta bancária, que deverá estar em nome do atingido. A Fundação Renova enviará SMS para o número de telefone informado no cadastro avisando sobre o pagamento.

A identificação dos atingidos pela Fundação Renova acontece por meio do cadastro integrado. Nesse sentido, a quantidade de atingidos diretos reconhecidos coincide com o total de pessoas cadastradas e cujas famílias foram consideradas diretamente impactadas.

O Programa de Indenização Mediada (PIM) é destinado à indenização de pessoas físicas e jurídicas (apenas micro e pequenas empresas) que sofreram danos diretamente decorrentes do rompimento da barragem. Os critérios definidos para esses danos são:

  • Das pessoas: Perda por morte ou desaparecimento de entes familiares ou pessoas com as quais os impactados moravam e/ou mantinham relação de dependência econômica;
  • Dos bens móveis e imóveis: Perda de propriedade ou posse de bens imóveis ou móveis;
  • Da produtividade e uso de bem imóvel: Perda da capacidade produtiva ou da viabilidade de uso de bem imóvel ou de parcela dele;
  • Das atividades pesqueiras: Interrupção de atividade pesqueira e dos recursos pesqueiros e extrativos, inviabilizando a atividade extrativa ou produtiva;
  • Da fonte de renda: Perda de fonte de renda, trabalho ou subsistência em virtude da ruptura do vínculo com áreas impactadas;
  • Das atividades produtivas: Prejuízos às atividades produtivas locais com inviabilização de estabelecimento ou das atividades econômicas;
  • Do acesso e uso de recursos: Inviabilização do acesso ou de atividade de manejo dos recursos naturais e pesqueiros, incluindo as terras de domínio público e uso coletivo, com impacto na renda, subsistência e modo de vida de populações;
  • Do abastecimento de água: Dano pela interrupção do abastecimento e distribuição de água potável, por mais de 24 horas ininterruptas, por consequência direta do evento.*Existem três tipos de danos indenizáveis no PIM, sendo: danos morais, danos materiais e lucro cessante. Contudo, a indenização é calculada de forma individual para cada atingido ou grupo de atingidos, de acordo com o dano sofrido, em consideração as particularidades de cada um.

Os valores de indenização de cada dano e os critérios adotados em todo o programa foram previamente discutidos e apresentados ao poder público (defensorias públicas, secretarias estaduais, entre outros), entidades técnicas de referência (Embrapa, Incaper, Emater, Sinduscon, entre outros) e validados por meio de diálogo direto com as comunidades impactadas desde Barra Longa até Regência, na Foz do Rio Doce.

Até o fim de janeiro de 2019, a Fundação Renova pagou R$ 1,4 bilhão em indenizações e auxílios financeiros. Foram atendidas 11.937 famílias em razão dos danos gerais sofridos, celebrando 8.388 acordos, pagando 8.321 indenizações e realizando 1.010 antecipações de indenização de danos gerais. Das propostas apresentadas, 98.9% foram aceitas e resultaram em acordos de indenização dos atingidos.

O programa de auxílio financeiro emergencial, por sua vez, assiste atualmente 11.753 famílias, alcançando mais de 27 mil pessoas atingidas. Estas famílias recebem mensalmente o valor correspondente a um salário mínimo vigente, acrescido de 20% por dependente, além do montante equivalente a uma cesta básica do DIEESE, valor este que pode variar mensalmente e tem diferenciação por Estado.

O Programa de Indenização Mediada relativo ao dano de água (PIM-DA) foi destinado a todas as pessoas que moravam nas cidades e distritos que ficaram sem abastecimento e sem distribuição de água por mais de 24 horas ininterruptas em função do rompimento da barragem de Fundão, em novembro de 2015. Cerca de 266 mil pessoas aderiram ao programa e foram indenizadas nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, representando um percentual de aceitação por parte dos atingidos de 98%.

Das 19 vítimas fatais do rompimento da barragem de Fundão, 16 núcleos familiares foram integralmente indenizados, e um, parcialmente. Os dois núcleos restantes ainda discutem judicialmente.

Nossas políticas de indenização são realizadas por meio do Programa de Indenização Mediada (PIM), que foi criado com o objetivo de agilizar os processos de ressarcimento. As políticas do programa são construídas coletivamente e levam em consideração as necessidades e particularidades de cada atingido. Os casos são analisados individualmente. Alguns fatores impactam no cumprimento do cronograma, entre eles a ampla extensão territorial e a diversidade de situações, bem como um grande volume de pessoas e danos, trazendo desafios ao processo de indenização. Mantemos nosso compromisso na condução dos programas previstos para os atingidos, incluindo os pagamentos de indenizações, até quando for necessário.

A Fundação Renova disponibiliza canais permanentes de comunicação e interação com a sociedade por meio de espaços fixos, virtuais e central 0800 e trabalha para assegurar que as respostas sejam dadas no prazo estabelecido, em linguagem acessível, adequada e compreensível às partes interessadas. Estamos à disposição por meio do telefone 0800 031 2303, do Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região ou do Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. É importante que qualquer demanda seja formalizada nos canais de atendimento, pois nesses canais são gerados números de protocolo para acompanhamento de cada atendimento. Lembramos que a Fundação Renova preza pela confidencialidade, por isso não é possível passar dados sobre o processos específicos em canais de acesso público.

A indenização de todos os atingidos é tarefa central no processo de reparação. Para criar uma alternativa célere ao processo de judicialização, construiu-se coletivamente a proposta do Programa de Indenização Mediada (PIM), um programa gratuito de adesão voluntária.

O PIM atua em duas frentes de indenização: Dano Água, para as pessoas que moravam nas cidades e distritos que tiveram o abastecimento de água interrompido por mais de 24 horas, e Dano Geral, destinado às pessoas que perderam sua renda ou bens materiais.

Foi necessário elaborar diretrizes e políticas com o objetivo de reparar aqueles que tivessem direito à compensação financeira levando em conta a diversidade de danos, a alta informalidade e individualidade de cada processo. A indenização justa pressupõe saber a extensão do dano e do impacto para cada indivíduo.

O programa de indenizações é uma ação em escala jamais vista no mundo, pelo ineditismo e complexidade em número e diversidade de pessoas e danos, em extensão territorial e, principalmente, num ambiente de alta informalidade, quando a maior parte dos danos não pode ser comprovada documentalmente.

Apesar do ambiente de alta informalidade, a Fundação Renova trabalha em um ritmo intenso e destinou, até janeiro de 2019, mais de R$ 1,4 bilhão em indenizações e auxílios financeiros. Foram atendidas 11.937 famílias em razão dos danos gerais sofridos, celebrando 8.388 acordos, pagando 8.321 indenizações e realizando 1.010 antecipações de indenização de danos gerais. Das propostas apresentadas, 98.9% foram aceitas e resultaram em acordos de indenização dos atingidos.

O programa de auxílio financeiro emergencial, por sua vez, assiste atualmente 11.753 famílias, alcançando mais de 27 mil pessoas atingidas. Estas famílias recebem mensalmente o valor correspondente a um salário mínimo vigente, acrescido de 20% por dependente, além do montante equivalente a uma cesta básica do DIEESE, valor este que pode variar mensalmente e tem diferenciação por Estado.

O atual Termo de Quitação especifica o impacto negociado entre o atingido e a Fundação Renova no acordo de indenização, o que permite que o atingido possa recorrer a outros danos que forem comprovados como consequência do rompimento da barragem de Fundão.

Ver todas as perguntas

93 comentários

    Já ligaram pro meu filho duas vezes pra receber o retroativa e nada até hoje. Brincadeira viu

    Olá, Nilza. Estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Mantemos nosso compromisso de conduzir as ações de reparação, incluindo indenizações, enquanto for necessário. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Bom na verdade estamos a espera da ligação da synergia a tempo.
    Isso já é descaso com o povo que necessita dessa indenização estão esperando e nada.

    Olá, Flávia. Entendemos a sua posição e garantimos que estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Eles fizeram o formulário com perguntas certas,e as nossas respostas colocaram erradas,por isso tá demorando sair nosso processo, sou pescadora de Rio e do mar, principalmente no verão, estou com o formulário, meu formulário só fala que pesca no rio!

    Olá, Neliane. Estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Vocês deixam de pagar quem realmente está prejudicado,para pagar quem nunca foi na beira do rio e do mar,acho isso um descaso, conheço um monte de gente que já recebeu,e minha família até hoje não viu nenhum centavo, por que não veio pessoalmente ver os pescadores aqui em Conceição da Barra!
    Vou fazer um ano com esse formulário!

    Como acreditar que essa Renova e uma fundação Competente, justa, e honesta se o presidente da Renova está enrolado até o pescoço por roubo de madeira na Amazônia, esse cara é que está cuidando dos programas da Renova e como colocar o Gambá para cuidar dos ovos, ainda bem que em Brumadinho o MPF não aceitou essa porcaria chamada Renova entrar lá para fazer lambança.
    Estou a 3 anos esperando essa tal indenização estou tomando mas de 15 comprimidos por dia pq minha pressão e depressão piorou muito, ligo para essa Renova e única coisa que eles falam é para esperar, estou na campanha 1 e nada, essas empresas desgraçadas mataram 19 pessoas, destruíram mais de 600 km de Rio e tudo qua havia no Rio e próximo e nada acontece.

    Eu espero que vocês não venham achando de proibir os pescadores de bote a motor que sobrevivem de colocar rede no mar, principalmente no verão, nem todos que são realmente pescadores de mar estão recebendo,por que foram induzidos pelos próprios presidente das colônias a darem a resposta errada,mas na verdade,nos pescadores,sobrevivemos tanto do mar quanto do rio,o mar principalmente porque é imensa quantidade de peixe,o rio é só um quebra galho,e ainda aparece gente que nunca entrou no bote a motor para ir para o mar colocar rede de pescadinha,pescada,e dizer que já recebeu a tal ligação, enquanto nós estamos aqui esperando feito otários, somos pescadores desde sempre, nasci e cresci na pesca,conheço várias qualidades de peixe, não aceito esse descaso,vou lutar pelos meus direitos até o fim, portanto não adianta vim achando que vai fechar mar, porque tem muitos pescadores que sobrevivem da pesca do mar,espero que vocês tomem uma providência em relação a isso,por que seria mais viável vim até os próprios pescadores e pesquisar a nossa forma de sobrevivência, não sair por aí,sorteando quem merece e quem não merece,sem ao menos ver como é nosso dia a dia,fomos atingidos pela lama de várias maneiras,nosso pescado ficou escarsso, mesmo assim ainda dá para sobreviver na medida do possível,mas não como antes, então espero que vocês parem de ficar escolhendo pessoas só por questionários, venham averiguar nossas situações, nossa vida cotidiana,nossa maneira de sobrevivência, aqui em Conceição da Barra,esse meu desabafo.

    E eu que já tenho dois anos e meio …até no momento não fui chamada…

    Olá, Talita. Entendemos a sua posição e garantimos que estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Meu marido não foi chamado até hoje pra indenização e falam que vai ligar pra ele mais nunca liga já se faz 3 anos

    Olá, Olégario. Estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Mantemos nosso compromisso de conduzir as ações de reparação, incluindo indenizações, enquanto for necessário. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Vocês falam pra ligar para o número mas é a mesma coisa que nada sempre é a mesma resposta tô esperando dês da primeira barragem que estourou e até agora nada reclamar aqui é igual falar com uma parede e e já sei que vcs estão trabalhando pra isso mas tem gente que realmente precisa do dinheiro e agora não tem nada.
    Tem médico da minha cidade que nem teve nenhuma perda e tá recebendo a pelo amor de Deus que palhaçada é esse eu enfrentei fila atoa e ele nem tava lá e não vem me dá resposta pra ligar pra número não porque não já sei a resposta.

    Olá, Janderson. Nós compreendemos as considerações feitas sobre o processo de devolução de informações e estamos trabalhando ativamente para tornar o retorno aos seus questionamentos mais eficaz e rápido. Cabe à Fundação Renova ouvir, entender essa percepção e se empenhar para melhorar o seu processo de relacionamento. É papel dos Canais de Atendimento te acolher e eles estão à disposição para que você possa registrar suas demandas e acompanhar o tratamento de suas solicitações por meio de um histórico gerado pelos números de protocolo. Além disso, reforçamos que prezamos pela confidencialidade, por isso não é possível passar dados sobre o seu processo em canais de acesso público.

    Olá meu marido não fez o cadastro ele e pescador mais de 30 anos ainda pode fazer?

    Olá, Eliane. Para aderir ao Programa de Indenização Mediada (PIM), o primeiro passo é realizar o cadastro. Ele pode ser feito em nosso Portal do Usuário (https://www.fundacaorenova.org/portal/) ou comparecendo ao Centro Integrado de Atendimento (CIA) da região onde você mora. Os endereços estão disponíveis em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. A adesão ao programa é gratuita e voluntária. Outras informações podem ser obtidas, ainda, pelo 0800 031 2303.

    olá eu já fui indenizada por pesca de subsistência já recebi os 11 mil a 1 ano e o retroativo e o mensal até hj nada estou dentro de todos os critérios sobre a renda per capita o LMEO e até hj nada pq tanta demora.??

    Olá, Neuzeli . Estamos empenhados em garantir que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Para esclarecer dúvidas sobre o seu processo, seguimos à disposição em nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região ou no Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Olá boa tarde,já faz 120 dias que eu assinei o termo é nada de auxílio emergencial,ligo para eles e só me manda aguardar,até quando vai continuar assim?

    Olá, Jessica. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre auxílio financeiro são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Como é somado o auxílio emergencial

    Olá, Wallace. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre auxílio financeiro são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Boa noite,quando a campanha 3 vai ser chamada,até hoje meu nome está sempre em análise, nunca sai, já vai fez 2 anos dia 4 de julho que recebi o formulário e vai fazer 3 anos que fiz o cadastro.

    Olá, Neliane. Os atendimentos da Campanha 3 já começaram. Ele é válido para todas as pessoas que realizaram o cadastro entre o período de 01/04/2017 e 02/01/2018 que forem consideradas elegíveis ao atendimento dos programas de Indenização Mediada (PIM) e/ou Auxílio Financeiro Emergencial (AFE). A equipe do PIM e do AFE farão os agendamentos da reunião nos Centros de Indenização Mediada – CIM, através de ligação telefônica. A ordem de chamada das pessoas seguirá o critério de IDF – Índice de desenvolvimento Familiar, as pessoas com maior índice de vulnerabilidade serão chamadas primeiro. Demais informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Eu ja deixei comentário aqui mais até agora ninguém entro em contato comigo eu resebi uma ligação da renova dia 03/05/2019 falando que eu tinha direito de Resebe o auxílio financeiro mais até agora não resebi pessoas que Morão próximo de mim que receberão ligação no mesmo dia que eu um mês depois já receberão eu só queria ter alguma noticia por que estou passando aperto e tenho filhos pequenos e contas que não esperam para ser pagas.

    Olá, Rand Willian. Entendemos a sua posição e garantimos que estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Bom dia,quer dizer que eu não estou vuneravel,meu bolsa família já tenho 2 meses sem receber, tenho duas meninas para sustentar, uma de 6 outra de 8 anos, o peixe está escarsso, as redes estão paradas na barraca a beira mar, minha situação está precárias, guardo o almoço para comer na janta, e ainda diz que só está pagando os vuneraveis, então eu passando essa necessidade toda,estou rica, comendo o pão que o diabo amassou para pegar um peixe para não deixar minhas filhas passarem fome, sem poder comprar roupas para minhas filhas que estão crescendo e não tem roupas para vestir,tendo que pedir ajuda aos avós, isso é mais que uma humilhação, sinceramente, observando as pessoas que foram chamadas, eu não entendo o vcs consideram como vuneraveis, por meu caso é muito mais vuneravel, é precário.

    Olá, Neliane. Entendemos a sua posição e garantimos que estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Bom dia meu pai ja participou da primeira reuniao do pim de Rio Doce a quase 60 dias e ate hj não entraram em contato novamente e uma falta de respeito pois ele tem a carteira do Ibama e mesmo assim não recebeu ate hj não tenho mais o que fazer pois meu pai esta passando dificuldades desde o rompimento da barragem

    Olá, Gerado. Entendemos a sua posição e garantimos que estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Já tem dois anos e até hoje o dos meus filhos nao saiu ainda queria sabe pq tanta demora pq não tem condição uma coisa dessa não tem gente que vez bem depois de mim já recebu a famila toda até das criança eu até agora não recebi dos meus filhos queria sabe pq tanta demora ?

    Olá, Edivania. Entendemos a sua posição e garantimos que estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu o processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Vânia costa Neves Barbosa 17 07 2019 Eu sou pescadora ,pesco aqui na cidade de São Mateus a 14 anos meu esposo pesca a mais de vinte anos ,nós pescamos no mar e no rio , mais quando nós fizemos o cadastro colocamos o nome do rio e as regiões que pescamos , então ficou assim rio mariricu ,Guriri, barra nova , e uruçuquara mais aqui só estar chamado quem pois mar e rio . Mais nos colocamos as regiões de mar Guriri e mar barra nova mar , somos pescadores de fato temos como provar gostaria de uma resposta por favor

    Olá, Vânia. Para informações ou esclarecimento de dúvidas, estamos à disposição em nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) na região que você mora e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. É importante formalizar a demanda, pois nesses canais são gerados números de protocolo para acompanhamento do seu atendimento. Lembramos que a Fundação Renova preza pela confidencialidade, por isso não é possível passar dados sobre o seu processo em canais de acesso público.

    Sou morador ribeirinho ha 40 anos comecei a pescar desde de infância com meus pais fiz uma solicitação de cadastro e até hoje a renova não ligou para minha casa não veio fazer entrevista olhar se eu estou falando verdade vê os meus material de pesca olhar se realmente eu moro menos de 100 metros do Rio doce muitos que não são pescadores já receberam para mim e a maior injustiça que essa renova esta fazendo comigo e muitas pessoas me sinto humilhado com tanto descaso são muito bons de conversa quando a gente liga falam que vai atender a gente ficam enrolando fazendo a gente de bobo

    Olá, Jorge. As informações sobre o seu processo são fornecidas por meio de nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade dos dados pessoais dos atingidos. Entre em contato pelo 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    sou aqui da regional rio doce distrito de revês do belém cidade bom jesus do galho minas gerais sei que vocês estão empenhados a resolver a questão dos atingidos sou um dos atingidos aqui da nossa região do vale do rio doce já vai fazer quatro anos e sete meses que aconteceu o desastre tirando a nossa principal fonte de renda que era o pescado que saia justamente do rio doce, fis meu cadastro ate ojé não obi tive resposta da parte de vocês só falam para mim aguardar o contato de seus escritórios isso e um descaso com esta comunidade isso tem que se resolver não pode ficar nesta situação vocês estão com todos os dados familiar desta população então esta faltando o que mais para vocês, não entendo o porque de tanta demora ….obrigado desde já agradeço

    Olá, Onesio. Nossa equipe vem trabalhando para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem chegue às pessoas e comunidades atingidas, de Minas Gerais e do Espírito Santo. As políticas do Programa de Indenização Mediada (PIM) são construídas coletivamente e levando em consideração as necessidades e particularidades dos atingidos. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. Mantemos nosso compromisso na condução dos programas previstos para os atingidos, incluindo os pagamentos de indenizações, enquanto for necessário.

    bom dia sou indígena de aracruz como fasso pra fiscalizar se os recursos estão sendo repassados de forma correta ja que no nosso caso não direto pela renova. recebemos através de uma associação e estou de dúvidas em relação a alterações de valores.

    bom dia sou indígena de aracruz como fasso pra fiscalizar se os recursos estão sendo repassados de forma correta ja que no nosso caso não direto pela renova. recebemos através de uma associação e estou de dúvidas em relação a alterações de valores. preciso falar com algum número da renova urgente , pod ser que tenha pessoas usando .

    Olá, Leandro. Você pode formalizar sua denúncia por meio de um canal confidencial específico para registrar e acompanhar denúncias e relatos contra a integridade de forma independente e confidencial. O telefone é 0800 721 0717. Você também pode enviar uma mensagem por meio de nosso site: http://www.canalconfidencial.com.br/fundacaorenova/ ou pela ouvidoria@fundacaorenova.org. As manifestações podem ser anônimas. Este canal da Fundação Renova recebe, registra e investiga denúncias e reclamações relacionadas a possíveis violações de direitos humanos, desvios de conduta, infrações à legislação vigente e/ou descumprimento de obrigações da Fundação. Seguimos à disposição.

    Como e feito o cálculo dos valores a serem pagos tenho duas dependentes e o valor e inferior a outras pessoas que também tem duas dependentes o valor mensal e diferente

    Olá, Fernando. As políticas do Programa de Indenização Mediada (PIM) são construídas coletivamente e levando em consideração as necessidades e particularidades dos atingidos. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Eu ainda receberei todos os prejuízos que tive em relação a pesca porque consta que meu cadastro já foi finalizado e até hoje não fui chamado pra reunião fé negociação.

    Olá, Ronaldo. Para informações ou esclarecimento de dúvidas, estamos à disposição em nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) na região que você mora e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. É importante formalizar a demanda, pois nesses canais são gerados números de protocolo para acompanhamento do seu atendimento. Lembramos que a Fundação Renova preza pela confidencialidade, por isso não é possível passar dados sobre o seu processo em canais de acesso público.

    No site da renova te a opção de acompanhá o processo.
    La pedi.

    CPF :
    PDA :

    Poderia me dizer aonde eu consigo o meu PDA?
    Oque significa

    Quero as cópias do meu processo pois não estão mais comigo

    Olá, Oneida. Todas as informações sobre o seu processo são fornecidas por meio de nossos canais de relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato conosco pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da região onde você mora ou no Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Quando que vai me chamar, ligo para o 0800, diz que já está no escritório aguardando disponibilidade de horário para atender a gente, quando vamos lá no escritório fala que só está atendendo pescador de mar, sendo que nosso formulário foi escrito todo errado, a atendente que preencheu o formulário colocou pescador de rio e mar, mas em uma parte que eles alegam ser a parte principal, colocou errado, parece até que já sabia que era a parte que iria nos prejudicar.

    Eu aqui a disposição para receber a visita de vocês em nosso local de pesca, com redes e bote de mar, para fazer uma demostração de como é uma pescaria no mar, levo vocês lá e dou uma aula de como se pesca no mar, por gente, mar não é para qualquer um, nossas redes estão jogadas a traças, mas mesmo assim não deixamos de ser pescadores, vivemos da pesca, mesmo com a diminuição de nossa produção, estamos aguardando, e iremos mostrar toda nossa trajetória da pesca marítima!

    Olá, Neliane. Como informamos, todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre auxílio financeiro são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Não gostaria de estar reclamando publicamente, mas no Fale Conosco vocês não respondem e quando ligamos ou vamos no escritório nos dizem pra esperar uma ligação. Colocaram prazo para a apresentação da proposta de indenização num prazo de 180 dias, depois foi para 29 de junho de 2018, depois segundo semestre de 2018, depois primeiro semestre de 2019. Seus prazos vencem e não vemos nada sendo feito em relação ao nosso processo. Vizinhos nossos que iniciaram o processo depois de nós já tiveram sua situação resolvida. O que está acontecendo? O que nossa família deve esperar de vocês? Por favor respondam ninhas manifestações no portal. Meu pai já está sem esperanças.

    Olá, Andréa. Nossa equipe vem trabalhando para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas, de Minas Gerais e do Espírito Santo. Esse trabalho requer total dedicação, para entender e aplicar as melhores soluções para cada necessidade. As diretrizes do Programa de Indenização Mediada (PIM) estão em conformidade com o Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC) e levam em conta as necessidades e demandas de cada atingido. Nós compreendemos as considerações feitas sobre o processo de devolução de informações e estamos trabalhando ativamente para tornar o retorno aos seus questionamentos mais eficaz e rápido. Cabe à Fundação Renova ouvir, entender essa percepção e se empenhar para melhorar o seu processo de relacionamento. É papel dos Canais de Atendimento te acolher e eles estão à disposição para que você possa registrar suas demandas e acompanhar o tratamento de suas solicitações por meio de um histórico gerado pelos números de protocolo. Além disso, reforçamos que prezamos pela confidencialidade, por isso não é possível passar dados sobre o seu processo em canais de acesso público. Para mais informações e o esclarecimento de dúvidas, entre em contato conosco por meio de nossos canais de relacionamento, pelo telefone 0800 031 2303, nosso site https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/ ou no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região.

    boa noite,me chamo Eduardo .fiz o meu cadastro em 2015,faço parte da campanha 2 .ano passado recebi uma carta dizendo que até 29/06/2018 eu seria chamado para uma reunião ,só que até hoje nada e ligo para o 0800 0312303 a mais de 8 meses e não dão nenhuma resposta útil,só mandam que eu aguarde.Gostaria de uma resposta de qual o motivo de tanto descaso com as pessoas que estão passando por dificuldades em motivo de ações causadas pelo rompimento da barragem que não foi causada por nós e sim por esta empresa.

    Olá, Eduardo. Estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Além disso, gostaríamos de esclarecer que a Fundação Renova não existia quando houve o rompimento da barragem de Fundão e que não somos uma mineradora. Trabalhamos para reparar e compensar os danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana. Estamos desenvolvendo diversas ações, por meio de 42 programas, voltadas às pessoas e comunidades atingidas em Minas Gerais e no Espírito Santo. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. Mantemos nosso compromisso de conduzir as ações de reparação, incluindo indenizações, enquanto for necessário.

    Ainda acho que quanto mais a pessoa liga para a renova, mais distante fica de ser chamado, é melhor procurar outros meios para correr atrás, por que não adianta ficar ligando, meu irmão nunca ligou e foi chamado, eu que ligava direto até hoje, vou procurar outros meios!

    Gostaria que vcs se posicionase sobre minha situação porque vcs me ligarao em maio e falarao que eu ia resebe o auxílio financeiro so que ja se passarão mais de três meses e nao resebi e nem tenho uma previsao por parte de vcs queria que vcs entrasem em contato porque eu ligo pro 0800 e nunca eles tem uma resposta pra mim dar de concreto.

    Olá, Rand. Como informamos, estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Eu queria saber se vou receber alguma outra não pois tenho direito fui atingido de várias formas e até hoje não recebi sou da 2 campanha e vi em alguns comentários que já comecaram a pagar a 3 campanha então isso significa que o meu já era ou posso esperar que vão entrar em contato pois desde de 2016 tô aguardando ou seja a 4 anos

    Vou receber alguma coisa ou não posso ir procurar meus direitos me ajuda aí a tirar essa dúvida

    Olá, Weliomar. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Ligo todos os dias no 0800 so manda olhar a conta não da mais nenhuma resposta vou no banco nada gostaria que vcs me desce alguma resposta sobre o atraso do meu auxílio financeiro falaram que eu ia resceber agosto do ano passado ate agora nada

    Meu cadastro já foi concluído e até hj não me chamaram para o acordo .

    Olá, Fábio. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Vcs da fundação renova poderia nos da alguma resposta sobre esse atraso do auxílio financeiro. O 0800 so fala que não tem nenhuma resposta para nos da ai so manda olhar a conta no banco ai fica difícil

    Olá, Jeferson. Nós compreendemos as considerações feitas sobre o processo de devolução de informações e estamos trabalhando ativamente para tornar o retorno aos seus questionamentos mais eficaz e rápido. Cabe à Fundação Renova ouvir, entender essa percepção e se empenhar para melhorar o seu processo de relacionamento. É papel dos Canais de Atendimento te acolher e eles estão à disposição para que você possa registrar suas demandas e acompanhar o tratamento de suas solicitações por meio de um histórico gerado pelos números de protocolo. Além disso, reforçamos que prezamos pela confidencialidade, por isso não é possível passar dados sobre o seu processo em canais de acesso público.

    Quando começa a paga a 3 etapa

    Olá, Jeferson. Os atendimentos da Campanha 3 já começaram. Ele é válido para todas as pessoas que realizaram o cadastro entre o período de 01/04/2017 e 02/01/2018 que forem consideradas elegíveis ao atendimento dos programas de Indenização Mediada (PIM) e/ou Auxílio Financeiro Emergencial (AFE). A equipe do PIM e do AFE farão os agendamentos da reunião nos Centros de Indenização Mediada – CIM, através de ligação telefônica. A ordem de chamada das pessoas seguirá o critério de IDF – Índice de desenvolvimento Familiar, as pessoas com maior índice de vulnerabilidade serão chamadas primeiro. Demais informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Na minha opinião, a fundação renova não visa ajudar a população, mais sim a vale, San-marco é BHP. Se eles realmente quisesse ajudar população todos já teria recebido, o que de direito, tem pessoas passando por dificuldades. Que antes tinha renda e hoje não tem nada, ou seja renda nenhuma. Por exemplo eu, até hoje não recebi nada a gente liga para eles eles não sabe responder a gente .

    Olá, Paulo. Nossa equipe vem trabalhando para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas, de Minas Gerais e do Espírito Santo. Esse trabalho requer total dedicação, para entender e aplicar as melhores soluções para cada necessidade. Este ano vamos fazer importantes entregas e grandes avanços, entre eles estão: mais indenizações, os reassentamentos e segurança hídrica. Até o momento, R$ 6,26 bilhões foram destinados para ações de reparação e compensação e R$ 1,7 bilhão pagos em indenizações e auxílios financeiros para cerca de 300 mil pessoas. Em 2019, os pagamentos devem ultrapassar R$ 2 bilhão. Temos desafios complexos e inéditos, como a ampla extensão territorial, a diversidade de situações e um grande volume de pessoas e danos, trazendo desafios ao processo como um todo. Além disso, mantemos nosso compromisso de conduzir as ações de reparação, incluindo indenizações, enquanto for necessário. Demais informações e o esclarecimento de dúvidas são fornecidas por meio de nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da região em que você mora e também pelo Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Boa tarde, quando o cadastro está concluído, demora para chamar a pessoa? Sou da terceira etapa, infelizmente a pesca do mar não está mais como antes, e como fica nossa situação?

    Olá, Leli Vianna. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Porque a fundação renova esta chamando só quem diz pesca no mar???É quem pesca no mar e Rio isso não conta não dois dois lados são pesca do mesmo jeito e se prejudicou o mar o Rio ainda mais…

    Olá, Talita. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Nossa situação familiar mudou. Estou desempregada há um ano. Nosso IDF está bem abaixo da média do munícipio. Nosso processo está concluído, mas vocês não ligam. Se eu comunicar oficialmente essa mudança de situação, nosso processo será agilizado ou será recomeçado, fazendo esperar por mais tempo? Porque mesmo com o processo concluído, vocês não nos ligaram?

    Olá, Andrea. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Boa tarde meu nome é Adilson moro em Tumiritinga mg ate hoje não recebi indenização nem auxílio financeiro to passando por necessidade alimentos agua e outro to esperando o meu auxílio financeiro e indenização e ate hoje não recebi indenização nem auxílio financeiro to passando por necessidade alimentos pesso quer oliha pra mim cpf 04433909670 meu cadastro ja fui finalizado e precisa de todo ves que eu liga na central de atendimento a mesma coisa seu cadastro ja fui finalizado e precisa de mas verifiquacao peso quer mim ajuda com alimentos doação agência 5795 conta 079697 conta corrente nome Adilson martins de Souza obrigado quer Deus abençoe a quem poder mim ajuda

    No portal há a indicação de que meu cadastro foi concluído há quase 3 meses, mas ao mesmo tempo desde essa data, ele ainda está em análise. Não entendi. Já que está concluído, por que a demora para me fazer a proposta? Eu e minha família temos direito ou não a ser indenizados? Vocês vão esperar por outras provas para continuar nosso processo? Não temos mais nada para provar o que informamos a vocês. Vocês vão exigir algum documento (parece que a conclusão do processo está embargada por causa disso)? Vocês já começaram a pagar a terceira campanha ? Vocês tem alguma previsão concreta de quando ligarão? Porque vocês não respondem aos meus questionamentos via portal? Vai fazer 3 anos que decidi confiar que vocês da Renova lidariam com minha situação com eficiência e justiça, e continuo esperando por isso até hoje.

    Meu cadastro foi concluido a 1ano e 10 meses recebi formulário carta de conclusão e até hoje nada a 10 meses atras a renova entrou em contato comigo para falar que falta liberar um portfólio 10 meses se passaram e nada minha fonte de renda era pesca hoje estou fazendo bico para sobreviver vou ter que esperar até quando para ser indenizado ligar para o 0800 é perca de tempo pois dão a mesma resposta toda vez que ligo

    Olá, Jr Roberto. Nós compreendemos as considerações feitas e estamos trabalhando ativamente para tornar o retorno aos seus questionamentos mais eficaz e rápido. Cabe à Fundação Renova ouvir, entender essa percepção e se empenhar para melhorar o seu processo de relacionamento. É papel dos Canais de Atendimento te acolher e eles estão à disposição para que você possa registrar suas demandas e acompanhar o tratamento de suas solicitações por meio de um histórico gerado pelos números de protocolo. Por isso, pedimos que entre em contato por do telefone 0800 031 2303 ou compareça ao Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região. Você também pode enviar dúvidas e pedidos de informações pelo Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Oi bom dia! Aposto que muitas pessoas passam por isso,algumas pessoas comentam alguma coisa outras comentam diferente,explicar a situação
    Meu padrasto é titular do processo como pescador e me colocou de dependente pq eu o ajudava a limpar,no caso ele pescava eu limpava,esse valor acrescido de 20% é um direito meu ou não tem nada ver,até hoje não recebemos,no meu cálculo se realmente eu tiver o direito seriam 9.800 a mais por meu nome está no processo,tem o número do meu CNIS tem tudo lá,poderia me explicar melhor esse assunto,pois se meu nome não estivesse lá ele não receberia esse valor,e se por acaso for um direito meu e ele não quiser pagar eu posso fazer alguma coisa,afinal perdi minha renda por causa da limpeza dos peixes,aguardo a resposta obrigado

    Olá, Robson. As diretrizes do Programa de Indenização Mediada (PIM) estão em conformidade com o Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC) e levam em conta as necessidades e demandas de cada atingido. Além disso, todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre os processos de indenização são fornecidas por meio de nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da região onde você vive e também pelo Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco. Salientamos que os programas previstos para os atingidos serão conduzidos, incluindo os pagamentos de indenizações, enquanto for necessário.

    como sempre inventam um meio de retirar dinheiro do povo … com políticas e burocracia como por exemplo essa fundação renova … que não dá uma posição positiva aos que esperam por essas indenizações que só favorece a eles mesmos … parabéns esse é meu Brasil cheio de corrupção e falcatruas que acaba com os necessitados por ajuda … a indignação está nos semblantes do meu povo e se eles não se unirem o nosso Brasil nunca vai mudar ! lembrem se juntos somos milhões nessa grande nação chamado de Brasil que diz ser um país de todos … mas não é nada disso é só um grande pais para poucos privilegiado !

    No portal há a indicação de que meu cadastro foi concluído há quase 3 meses, mas ao mesmo tempo desde essa data, ele ainda está em análise. Não entendi. Já que está concluído, por que a demora para me fazer a proposta? Eu e minha família temos direito ou não a ser indenizados? Vocês vão esperar por outras provas para continuar nosso processo? Não temos mais nada para provar o que informamos a vocês. Vocês vão exigir algum documento (parece que a conclusão do processo está embargada por causa disso)? Vocês já começaram a pagar a terceira campanha ? Vocês tem alguma previsão concreta de quando ligarão? Porque vocês não respondem aos meus questionamentos via portal? Vai fazer 3 anos que decidi confiar que vocês da Renova lidariam com minha situação com eficiência e justiça, e continuo esperando por isso até hoje. Vocês querem que as informações sejam mantidas em sigilo. Portanto aguardo que me respondam esses questionamentos, feitos várias vezes sem retorno algum, em “Minhas Manifestações”, no Portal do Usuário. Aguardo contato.

    Olá, Andrea. Nossa equipe vem trabalhando para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas, de Minas Gerais e do Espírito Santo. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu o processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

Deixe seu comentário

Fechar