Fundação Renova

Defesas Civis de Linhares e Sooretama recebem equipamentos para fortalecer ações

Publicado em: 07/05/2021 Fundação Renova

Entregas são realizadas para incrementar trabalho de contingência; valor investido nas aquisições chega a R$ 123 mil

As Defesas Civis de Linhares e Sooretama, no Espírito Santo, começaram a receber, no mês de abril, equipamentos para fortalecer as ações de contingência nos municípios. As cidades foram impactadas pela instalação de um barramento que existia no rio Pequeno, em cumprimento a uma decisão judicial.

Em Linhares, foram entregues materiais como coletes de identificação para agentes, macacões para saneamento, data show, câmeras fotográficas, caixas de som, impressora, cartuchos e HD externo. Já em Sooretama, as entregas contemplaram equipamentos de trena a laser, motosserra, câmera fotográfica, computador, impressora, projetor multimídia. 

Os valores investidos nas aquisições feitas pela Fundação Renova, até o momento, totalizaram cerca de R$ 123 mil.

“As entregas de equipamentos proporcionam melhores condições de atuação das Defesas Civis no âmbito dos Planos de Contingência da Região de Linhares e Sooretama”, diz o especialista em Relações Institucionais da Fundação Renova, Gilson Dias. 

A ação é viabilizada por meio da assinatura de dois Termos de Entrega de Equipamentos, entre a Fundação Renova com as respectivas as Defesas Civis das localidades, por meio das Coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC), e das prefeituras de cada município. 

A previsão é que, até o fim do ano, todas as demais entregas sejam realizadas. Em cada lote e para cada município, haverá a assinatura de um termo de entrega entre as partes.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão.

A Fundação foi instituída por meio de um Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

 

Assessoria de imprensa – Fundação Renova

(27) 99904-3404

imprensa@fundacaorenova.org


Compartilhar: