Fundação Renova

35 – Programa de Informação para a População

Objetivo do programa

Implantar um centro de informações técnicas, duas bases físicas regionais em Minas Gerais e duas no Espírito Santo permanentemente interligadas ao centro de informações técnicas e localizadas no interior da área ambiental 1 (áreas abrangidas pela deposição de rejeitos nas calhas e margens dos rios Gualaxo do Norte, Carmo e Doce, considerando os respectivos trechos de seus formadores e tributários, bem como as regiões estuarinas, costeiras e marinha na porção impactada pelo rompimento), destinados a comunicar e informar a população quanto aos aspectos ambientais.

Progresso do programa

A empresa Arquivar, contratada pelo Programa, finalizou a digitalização do acervo fotográfico do Centro Ecológico de Regência em 26/10/2022. A digitalização é a primeira fase da metodologia de execução da oficina Trilhas de Memórias.
As equipes do Programa 35 e do ICMBio reuniram-se em 07 de outubro de 2022, às 15:00h para dar continuidade ao mapeamento de ações a serem realizadas, conjuntamente, com o objetivo de consolidar a atuação do CIT e a parceria com o ICMBio no território.
As novas facilidades e os aprimoramentos foram apresentados às equipes de Diálogo Coletivo de Mariana, Alto Rio Doce e Espírito Santo, de modo, a instrumentalizá-las a apoiar e dar suporte aos moradores dos territórios atingidos quando demandados.
Em 14/10/2022, a equipe técnica do Programa 35 realizou a reunião preparatória com a mediadora contratada, Maria Eugenia Salcedo, para o 1º Webinário do Conhecimento em Pauta a ser realizado em 31/10/2022.
Em reunião realizada na cidade de Governador Valadares, em 27/10/2022, com a presença do prefeito, chefe de gabinete e secretário de cultura, além do presidente da Fundação Renova e equipe do Programa 35, equipe de Relações Institucionais e Obras, foi realizada a assinatura do Termo de Parceria entre a Fundação Renova e a Prefeitura Municipal para implantação do Centro de Informação Técnica – CIT.
Foi publicada, em 27/10/2022, nas páginas 3 e 4 do Diário Oficial do Município de GV, a sanção do prefeito à Lei 7.450 de 14 de outubro de 2022 que “DISPÕE SOBRE A DESAFETAÇÃO E A CESSÃO DE USO DE BEM PÚBLICO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.” A lei permite a construção do Centro de Informação Técnica - CIT na Praça Getúlio Vargas pela Fundação Renova.
Realizado em 31/10/2022 às 19h, o primeiro Webinários do Conhecimento em Pauta com o tema: “Ciência cidadã na Bacia do rio Doce: Monitoramento Hídrico Participativo” a ser realizado em 31 de outubro de 2022, das 19h às 21h. O evento contou com a palestra da pesquisadora e consultora da Unesco Vera Lúcia de Miranda Guarda, Doutora em Ciências Farmacêuticas, e com a moderação da pesquisadora e consultora Maria Eugenia Salcedo, Mestranda em Artes e História da Arte.
Visando o constante aprimoramento da plataforma interativa do CIT, uma versão aprimorada foi disponibilizada oferecendo melhorias em diversos quesitos como seguem abaixo. Ressaltamos que estas melhorias na plataforma foram feitas a partir de indicações da CT – PDCS, CIF e equipes internas dos Programas da Fundação Renova: Navegabilidade: reorganização dos menus de navegação, oferendo mais conteúdos em menos cliques; Acessibilidade: Implantação de tradução de Libras e recursos para pessoas com deficiências visuais; Amplitude de público: tradução para o Inglês; Interatividade: melhoria do sistema no upload de documentos; Design: melhorias nos elementos de design, favorecendo a legibilidade do site; Conteúdo: aumento do acervo com a disponibilização das gravações de todos os webinários Conhecimento em Pauta e da Oficinas Trilhas de Memórias, e novos conteúdos técnico-científicos.

O Programa 35 continuou a entrega dos exemplares do livro “Trilhas de Memória - Relatos e construções afetivas dos atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão” aos participantes das oficinas, autores dos livros, bem como para instituições sociais representativas das comunidades impactadas nos territórios do Médio Rio Doce; Calha do Rio Doce; Alto do Rio Doce; Espírito Santo e Mariana.
O Programa PG35 finalizou a divulgação da “Chamada Aberta” para o 2º Ciclo de Webinários do Conhecimento em Pauta convidando estudiosos e pesquisadores a se inscreverem, até 09 de setembro, para apresentarem suas pesquisas e estudos realizados sobre o rompimento da barragem de Fundão e seus impactos. O Conhecimento em Pauta tem por objetivo difundir a produção técnico-científico sobre a temática. O evento foi divulgado em Redes Sociais da Fundação Renova como Instagram e LinkedIn. Como resultado das ações de divulgação, o programa recebeu 19 inscrições das quais 06 foram selecionadas para apresentação no novo Ciclo.
Em 28 de setembro de 2022, as equipes técnicas do PG35 e do ICMBio reuniram-se, de modo remoto, para alinhamento sobre as ações de Descentralização e Itinerância que serão realizadas com a comunidade local, de modo conjunto, entre os 2 entes, no espaço do Centro Ecológico de Regência.
No dia 28 de setembro de 2022, o ICMBio encaminhou, por email, para o PG35, o documento SEI_ICMBio - 12634702 - Despacho Interlocutório do Ministério do Meio Ambiente, devolvendo o Termo de Cooperação entre as partes para ajustes a cargo da Fundação Renova, após a reanálise do documento pelas instâncias federais pelas quais tramita. O documento foi encaminhado para o departamento jurídico da Fundação Renova para avaliação e devolutiva.
O projeto de Lei 121/2022 – Cessão de Uso Renova – Museu da Cidade, enviado, em 28 de julho de 2022, à Câmara Municipal pelo Sr. André Luiza Coelho Merlo, prefeito do município, foi enviado e aprovado nas seguintes comissões legislativas: Comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJR); Comissão de Serviços Públicos Municipais (CSPM) e Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e Comissão de Turismo, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (CTMADE). O projeto aguarda a sanção do executivo e para validar a desafetação da praça Getúlio Vargas convertendo-a em área institucional e cedendo seu uso para que a Fundação Renova possa construir no local a edificação do Centro de Informação Técnica que também abrigará parte do acervo do Museu da Cidade. O projeto e os pareceres de todas as comissões encontram-se anexados.

Nos dias 09 e 10 de julho a equipe técnica do PG35 participou de reuniões de Diálogo Coletivo em Povoação/ES e Linhares/ES, respectivamente, para apresentação do CIT e da plataforma interativa visando promover os objetivos do CIT, demonstrar como o site funciona, as formas de participação da comunidade, bem como, para informar e convidá-los para participação e construção coletiva do acervo de Narrativas Territoriais.
A equipe técnica do PG35 dividiu-se para participar, simultaneamente, de dois eventos presencias, no dia 20 de julho, a saber: “Mostra de Projetos”, realizadas na Unileste, em Ipatinga/MG e “Ação de Empreendedorismo e Cidadania” em Baixo Guandu/ES”. A participação nos eventos teve como objetivo aproximar o CIT do público atingido e, também, fazer o mapeamento de potenciais colaboradores, materiais, conteúdos, depoimentos etc.
O Programa PG35 deu início à divulgação da “Chamada Aberta” para o 2º Ciclo de Webinários do Conhecimento em Pauta convidando estudiosos e pesquisadores a se inscreverem, até 09 de setembro, para apresentarem suas pesquisas e estudos realizados sobre o rompimento da barragem de Fundão e seus impactos, cumprindo seu objetivo de difundir a produção técnico-científico sobre a temática, em curso.
Em 23 de agosto de 2022, o PG35 recebeu do ICMBio, email de “De Acordo” para com o início das atividades do projeto que envolve a digitalização do acervo fotográfico disponível no Centro Ecológico de Regência, parte do escopo das ações do 2º Ciclo de Oficinas Trilhas de Memórias.
Produção do folder sobre o conteúdo da Plataforma Interativa do CIT – Centro de Informação Técnica como parte das ações de divulgação, publicização e consolidação do acervo.
O Programa 35 recebeu, em 25 de agosto de 2002, da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo de Governador Valadares, o ofício OF/SMCELT/GAB-845/2022 formalizando a aprovação do projeto básico apresentado para implantação do CIT na Praça Getúlio Vargas.

No mês de Julho de 2022, os exemplares do livro “Trilhas de Memória - Relatos e construções afetivas dos atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão” foram enviados para os escritórios das equipes de Diálogo e CIAS nos Territórios para providenciarem a entrega, em mãos, aos participantes e autores. Já receberam as remessas, as equipes de Diálogo de Barra Longa e Mariana (em 20/07/2022). Em 21/07/2022 receberam as remessas as equipes de Diálogo de Ipatinga, de Governador Valadares e a equipe CIA de Governador Valadares. A equipe de Diálogo de Linhares recebeu os exemplares em 22/07/2022. Foram enviados para BH os livros a serem enviados, via correios, para outros públicos contemplados.
No dia 07 de julho, o PG35 reuniu-se com o representante do programa Enredeando Saberes, da Universidade Federal de Viçosa, para dar continuidade dos alinhamentos entre as ações conjuntas de divulgação científica e consolidação do acervo do CIT.
Nos dias 25 e 26 de julho, o PG35 realizou reuniões com as coordenadoras da Fundação Renova das equipes de Diálogo do Espírito Santo, da Calha do Rio Doce e do Alto do Rio Doce, respectivamente, para desdobramento das ações de Descentralização e Itinerância naqueles territórios, conforme lista de presença anexa.
Nos dias 08 e 22 de julho, o PG35 realizou reuniões com as equipes internas da Fundação Renova para apresentação do CIT, divulgação da Plataforma Interativa e construção de estratégias conjuntas para fomento e consolidação das coleções do acervo. Foram envolvidos os seguintes programas: Programa Doce Vivo no dia 08 de julho; PG11 Recuperação das Escolas e Reintegração da comunidade escolar no dia 22 de julho.
No dia 22 de julho de 2022, o Programa 35 realizou uma ação de formação para atendentes do CIAS e equipes de Diálogo com o objetivo de atualizá-los sobre os novos conteúdos disponíveis na Plataforma Interativa do CIT e orientá-los quanto às oportunidades de divulgação e de construção do acervo no atendimento ao público atingido.
Tendo em vista mudança ocorrida no cenário político de Mariana com a nomeação de novo prefeito, o Programa 35 oficiou a atual gestão visando dar continuidade às tratativas para implantação do CIT no Terminal Turístico. No Ofício FR.2022.1040, endereçado aos senhores Ronaldo Alves Bento (Prefeito de Mariana); Newton Geraldo Godoy (Presidente COMAR); Dr. Marcílio Queiroz (Secretário de Cultura, Patrimônio Histórico, Turismo e Lazer) e Marcelo Henriques (Secretário de Obras e Planejamento Urbano) é reapresentado o projeto para implantação do CIT no Terminal Turístico e solicitado o envio das demandas municipais de infraestrutura de modo a compatibilizar os usos do espaço com os dois projetos em pauta.
Visando dar início à execução das etapas de contratação das obras para implantação do CIT em Governador Valadares, o Programa 35 enviou, em 25 de julho de 2002, o ofício FR.2022.1067 atualizando o sr. André Luiz Coelho Merlo, prefeito de Governador Valadares, sobre as tratativas em curso para implantação do CIT na Praça Getúlio Vargas e encaminhando o projeto conceitual para conhecimento. Na oportunidade, solicitou também a assinatura do Termo de Cooperação com as alterações realizadas conforme Ofício da Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo.

No dia 11 de janeiro foi realizada reunião entre a equipe do PG35 e a Digital Pixel, para desenvolver melhorias e uma nova versão da Plataforma Interativa do CIT do rio Doce.
Foram realizadas reuniões entre equipe técnica e empresa Digital Pixel para apresentação do organograma da Plataforma Interativa, com ajustes apontados pela equipe técnica, e formalização sobre aprovação do Diagnóstico de Usabilidade da Plataforma Interativa do CIT do rio Doce. As reuniões foram realizadas em 14,18 e 24 de janeiro de 2022.
No dia 18 de janeiro de 2022 foi realizada uma reunião entre as equipe do PG35 e de RI da Engenharia da Fundação Renova, da Pöyry Engenharia com a Prefeitura de Governador Valadares para reapresentação do Projeto Conceitual do CIT GV com vistas à aprovação.
No dia 19 de janeiro de 2022 foi protocolo da junto ao Cartório do 1º Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Governador Valadares uma solicitação da certidão da Praça Getúlio Vargas, local pretendido para construção do CIT GV.
No dia 31 de janeiro de 2022 foi encaminhado à Fundação Renova pela Prefeitura de Governador Valadares resposta ao Ofício FR 2021.1671 referente à aprovação do Termo de Parceria solicitando novas adequações ao documento em questão.
Em 17 de fevereiro de 2022, a equipe técnica do PG35 esteve presente no Centro Ecológico de Linhares/ES para finalizar a instalação do Ponto de Acesso da Plataforma Interativa do CIT, conforme comunicado na 56ª RO da CT-PDCS e notificada por ofício.
No dia 24 de fevereiro de 2022, foi realizada uma reunião, online, entre a equipe do PG35 e o ICMBio com a presença do Relações Institucionais e a equipe de Engenharia da Fundação Renova. A reunião teve como pauta a aprovação final do Termo de Parceria entre as duas instituições, os últimos alinhamentos sobre o Projeto Executivo do CIT de Regência e a formalização da entrega do Ponto de Acesso à Plataforma Interativa no Centro Ecológico.
No dia 25 de fevereiro de 2022, foram encaminhados, por email, a versão final para assinatura do Termo de Cooperação entre o ICMBio e a Fundação Renova e seu respectivo Plano de Trabalho para implantação do CIT em Regência.
A equipe do PG35 e de Relações Institucionais da Fundação Renova reuniram-se, presencialmente, no dia 07 de fevereiro de 2022, com o Prefeito de Mariana, Sr. Juliano Gonçalves e assessores para apresentar o Projeto Conceitual do CIT no Terminal Turístico.
No dia 17 de fevereiro de 2022, foi instalado o Ponto de Acesso à Plataforma Interativa dentro da Unidade CIA, situado à Rua Bom Jesus, nº 196/A, Bairro Centro, Mariana/MG. A instalação foi comunicada na 56ª RO da CT-PDCS e notificada por ofício.
O Programa 35 finalizou a instalação dos Pontos de Acesso à Plataforma Interativa em todas as 3 localidades escolhidas para implantação das bases físicas do Centro de Informação Técnica – CIT, Mariana/MG, Governador Valadares/MG e Regência/ES. A instalação foi comunicada na 56ª RO da CT-PDCS e notificada por ofício.
No dia 16 de março de 2022, a equipe técnica do PG35 e a equipe do ICMBio reuniram-se, online, para construírem em conjunto as ações do programa a serem realizadas no local este ano.
O Programa 35 realizou, nos dias 17 e 18 de março, treinamento com os atendentes CIAs de Mariana e de Governador Valadares, respectivamente, com o objetivo de apresentar-lhes a Plataforma Interativa do CIT e os Pontos de Acesso, bem como, alinhar orientações e procedimentos gerais, de modo a capacitá-lo a oferecer aos usuários do CIA informações que os instrumentalizem a fazer uso destes recursos.
Nos dias 03 e 04 de março, foram realizadas reuniões com as equipes de Diálogo de Mariana e Governador Valadares para compartilhar com eles orientações aos participantes do Trilha de Memórias para subsidiá-los na coleta de assinatura dos Termos de Autoria.
Reunião realizada em 17 de março de 2022, às 10h, com o PG15 e PG38, para alinhamento sobre a proposta de parceria recebida do grupo “Enredeando Saberes” da Universidade Federal de Viçosa com vistas à construção conjunta de ações integradas de divulgação técnico-científica com o CIT – Centro de Informação Técnica.
No dia 26 de abril, foi realizada reunião com os coordenadores da equipe de Diálogo do Alto Rio Doce para o planejamento tático das ações de Descentralização e Itinerância naquele território.
Em conformidade com o cronograma de manutenção e aprimoramento da Plataforma Interativa do CIT, a equipe técnica do programa realizou, no dia 25/05/2022, uma reunião com representantes da Digital Pixel e da Enable Venture com objetivo de implementar melhorias no conteúdo do site.
No dia 03 de maio de 2022, foi realizada uma reunião entre a equipe técnica do programa e a equipe de Diálogo Social do Médio Rio Doce para o planejamento tático das ações de Descentralização e Itinerância naquele território.
A equipe técnica do PG35 reuniu-se com a equipe de Diálogo Social do Espírito Santo para o planejamento tático das ações de Descentralização e Itinerância no território, no dia 09 de maio de 2022.
No dia 11 de maio de 2022, a equipe técnica do programa reuniu-se também, com o mesmo objetivo, com a equipe de Diálogo de Mariana.
Em conformidade com o cronograma de manutenção e aprimoramento da Plataforma Interativa do CIT, realizamos nos dias 1º, 08, 15 e 22 de junho, reuniões com a equipe da Digital Pixel com objetivo de implementar melhorias no seu conteúdo.
Nos dias 1º e 08 de junho, o PG35 realizou reuniões com as coordenadoras da da Fundação Renova das equipes de Diálogo de Mariana e da Calha do Rio Doce, respectivamente, para o planejamento tático das ações de Descentralização e Itinerância naqueles territórios, conforme listas de presenças anexas.
No dia 29 de junho, foi feito o lançamento na Plataforma Interativa www.citdoriodoce.org de todos os produtos resultantes do ciclo anterior de Descentralização e Itinerância, com o upload da versão final do Livro Trilhas de Memórias somando-se aos 5 vídeos já divulgados. O livro é um dos 6 materiais produzidos pelos moradores de comunidades atingidas durante as oficinas de Trilhas de Memórias.
No dia 23 de junho, foi realizada uma reunião, presencial, entre a equipe técnica do programa e os representantes da Prefeitura de Mariana para mais uma rodada de conversas sobre a compatibilização entre os projetos do CIT e o projeto municipal para o Terminal Turístico.

Em conformidade com o cronograma de manutenção e aprimoramento da Plataforma Interativa do CIT, a equipe técnica do programa realizou, no dia 25/05/2022, uma reunião com representantes da Digital Pixel e da Enable Venture com objetivo de implementar melhorias no conteúdo do site.
No dia 03 de maio de 2022, foi realizada uma reunião entre a equipe técnica do programa e a equipe de Diálogo Social do Médio Rio Doce para o planejamento tático das ações de Descentralização e Itinerância naquele território.
A equipe técnica do PG35 reuniu-se com a equipe de Diálogo Social do Espírito Santo para o planejamento tático das ações de Descentralização e Itinerância no território, no dia 09 de maio de 2022.
No dia 11 de maio de 2022, a equipe técnica do programa reuniu-se também, com o mesmo objetivo, com a equipe de Diálogo de Mariana.

No dia 26 de abril, foi realizada reunião com os coordenadores da equipe de Diálogo do Alto Rio Doce para o planejamento tático das ações de Descentralização e Itinerância naquele território.

No dia 16 de março de 2022, a equipe técnica do PG35 e a equipe do ICMBio reuniram-se, online, para construírem em conjunto as ações do programa a serem realizadas no local este ano.
O Programa 35 realizou, nos dias 17 e 18 de março, treinamento com os atendentes CIAs de Mariana e de Governador Valadares, respectivamente, com o objetivo de apresentar-lhes a Plataforma Interativa do CIT e os Pontos de Acesso, bem como, alinhar orientações e procedimentos gerais, de modo a capacitá-lo a oferecer aos usuários do CIA informações que os instrumentalizem a fazer uso destes recursos.
Reunião realizada em 17 de março de 2022, às 10h, com o PG15 e PG38, para alinhamento sobre a proposta de parceria recebida do grupo “Enredeando Saberes” da Universidade Federal de Viçosa com vistas à construção conjunta de ações integradas de divulgação técnico-científica com o CIT – Centro de Informação Técnica.

Em 17 de fevereiro de 2022, a equipe técnica do PG35 esteve presente no Centro Ecológico de Linhares/ES para finalizar a instalação do Ponto de Acesso da Plataforma Interativa do CIT, conforme comunicado na 56ª RO da CT-PDCS e notificada por ofício.
No dia 24 de fevereiro de 2022, foi realizada uma reunião, online, entre a equipe do PG35 e o ICMBio com a presença do Relações Institucionais e a equipe de Engenharia da Fundação Renova. A reunião teve como pauta a aprovação final do Termo de Parceria entre as duas instituições, os últimos alinhamentos sobre o Projeto Executivo do CIT de Regência e a formalização da entrega do Ponto de Acesso à Plataforma Interativa no Centro Ecológico.
No dia 25 de fevereiro de 2022, foram encaminhados, por email, a versão final para assinatura do Termo de Cooperação entre o ICMBio e a Fundação Renova e seu respectivo Plano de Trabalho para implantação do CIT em Regência.
A equipe do PG35 e de Relações Institucionais da Fundação Renova reuniram-se, presencialmente, no dia 07 de fevereiro de 2022, com o Prefeito de Mariana, Sr. Juliano Gonçalves e assessores para apresentar o Projeto Conceitual do CIT no Terminal Turístico.
No dia 17 de fevereiro de 2022, foi instalado o Ponto de Acesso à Plataforma Interativa dentro da Unidade CIA, situado à Rua Bom Jesus, nº 196/A, Bairro Centro, Mariana/MG. A instalação foi comunicada na 56ª RO da CT-PDCS e notificada por ofício.
O Programa 35 finalizou a instalação dos Pontos de Acesso à Plataforma Interativa em todas as 3 localidades escolhidas para implantação das bases físicas do Centro de Informação Técnica – CIT, Mariana/MG, Governador Valadares/MG e Regência/ES. A instalação foi comunicada na 56ª RO da CT-PDCS e notificada por ofício.

No dia 11 de janeiro foi realizada reunião entre a equipe do PG35 e a Digital Pixel, para desenvolver melhorias e uma nova versão da Plataforma Interativa do CIT do rio Doce.
Foram realizadas reuniões entre equipe técnica e empresa Digital Pixel para apresentação do organograma da Plataforma Interativa, com ajustes apontados pela equipe técnica, e formalização sobre aprovação do Diagnóstico de Usabilidade da Plataforma Interativa do CIT do rio Doce. As reuniões foram realizadas em 14,18 e 24 de janeiro de 2022.
No dia 18 de janeiro de 2022 foi realizada uma reunião entre as equipe do PG35 e de RI da Engenharia da Fundação Renova, da Pöyry Engenharia com a Prefeitura de Governador Valadares para reapresentação do Projeto Conceitual do CIT GV com vistas à aprovação.
No dia 19 de janeiro de 2022 foi protocolo da junto ao Cartório do 1º Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Governador Valadares uma solicitação da certidão da Praça Getúlio Vargas, local pretendido para construção do CIT GV.
No dia 31 de janeiro de 2022 foi encaminhado à Fundação Renova pela Prefeitura de Governador Valadares resposta ao Ofício FR 2021.1671 referente à aprovação do Termo de Parceria solicitando novas adequações ao documento em questão.

No dia 03 de dezembro de 2021, às 11h, a equipe técnica do PG35 realizou uma reunião virtual com o ICMBio para apresentação do projeto executivo das futuras instalações do CIT de Regência contando com a participação da área de Engenharia e RI da Fundação Renova. O projeto apresentado contempla as alterações realizadas no projeto conceitual do CIT, a partir da solicitação do ICMBio, feita em março/21, tendo em vista as restrições orçamentárias do órgão.
No dia 16 de dezembro de 2021, às 15h, foi realizada a 2ª reunião com a equipe do ICMBio para devolutiva sobre o Termo de Parceria e continuidade dos alinhamentos e elucidações sobre o projeto executivo apresentado pela equipe em 03/12/2021. Esta reunião também teve a participação da área de Engenharia e RI da Fundação Renova.
No dia 23 de dezembro de 2021, às 08:30 h, foi realizada a 3ª reunião com a equipe do ICMBio dando continuidade aos alinhamentos sobre o projeto executivo tendo como pauta principal, as alterações feita no aquário, suas especificações técnicas e conceituais, volumetria e formato. Participaram também desta reunião, a área de Engenharia e RI da Fundação Renova.
No dia 10 de dezembro de 2021, às 10:30 hs, a equipe técnica do PG35 e a equipe de Engenharia, ambas da FR, apresentaram ao Sr. Josmar Coelho, coordenador do Museu da Cidade de Governador Valadares e representante da Prefeitura de Governador Valadares, o projeto conceitual das futuras instalações do CIT. O projeto apresentado contempla as solicitações do município de incorporação do Museu da Cidade no escopo físico e conceitual do Centro de Informações Técnicas. Considerando demandas técnicas específicas da área de engenharia da Fundação Renova, referente às questões da Praça onde o CIT será instalado, foi solicitada nova agenda para apresentação do projeto com participação de outra secretarias da Prefeitura.
No dia 15/12/2021 às 16h, a equipe técnica do PG35 e a governança da Fundação Renova realizaram uma reunião virtual com alguns membros do CIF e da CT-PDCS, conforme lista de presença anexa, para formalizar a solicitação de nomeação dos membros constituintes do Colegiado de Curadoria e outros encaminhamentos definidos no Regimento.
No dia 16/12/2021 às 18h foi realizada a Mostra Virtual com o lançamento do Livro e dos vídeos produzidos pelos participantes do projeto Trilhas de Memórias.

No dia 11/11/2021, foi realizada uma visita técnica ao Museu da Cidade e a Praça Getúlio Vargas em Governador Valadares com o intuito de colher mais informações a respeito dos dois locais. A equipe da Fundação Renova, PG35, também esteve presente no escritório do CIA para avaliar a implantação do ponto de acesso do CIT e à Plataforma Interativa do PG35.
No dia 18/11/2021 às 18h foi realizado o 3º Webinário Conhecimento em Pauta com o Tema “Referências culturais impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão” com a consultora convidada Caroline Cesari, da empresa Stilo Nacional.
No dia 25/11/2021 às 17h foi realizado o 4º Webinário Conhecimento em Pauta com o Tema “ Pesquisa e transferência de tecnologias de restauração florestal das áreas atingidas por rejeito na região de Mariana/MG ” com o professor convidado Sebastião Venâncio Martins, da UFV.

No dia 14 de outubro de 2021 foi realizada a reunião entre a equipe do PG35 e a Prefeitura de Governador Valadares para alinhamentos sobre o Termo de Parceria entre as partes, bem como, para tratar de ajustes no Projeto Conceitual do CIT.
Envio para a Prefeitura de Governador Valadares da Minuta do Termo de Parceria para instalação do CIT na Praça Getúlio Vargas, s/nº - Lourdes.
No dia 06 de outubro de 2021 foi realizada uma reunião com a equipe do ICMBio de regência/ES, durante a qual tratou-se dos seguintes temas: validação da instalação do Ponto de Acesso no Centro Ecológico de Regência/ES, atualizações e formalização do Termo de Parceria. Após a reunião, a Gerência da FR enviou para o ICMBio, um email com o escopo da Minuta do Termo de Parceria para ser avaliada por eles.
No dia 13 de outubro de 2021, a equipe do PG35 realizou uma visita técnica ao Centro Ecológico de Regência/ES para avaliação da instalação do Ponto de Acesso ao CIT com o intuito de observar particularidades do espaço relativas às instalações que serão reformadas para abrir o CIT.
No dia 27 de outubro de 2021 foi realizada uma vista técnica ao CIA de Mariana para avaliação da instalação do Ponto de Acesso ao CIT naquela unidade.
Realização da 5ª e última Oficina Trilhas de Memórias de 2021.

Em 1º de setembro de 2021 foi realizada a reunião de de Kick-off com a empresa Digital Pixel para início da prestação de serviço de manutenção da Plataforma Interativa DP

No dia 02 de setembro de 2021 for realizada a reunião entre a equipe do PG35 e a Prefeitura de Governador Valadares para devolutiva sobre solicitação de inserção do Museu da Cidade no CIT GV
No dia 20 de setembro de 2021 a Fundação Renova enviou o Ofício FR.2021.1505 para o ICMBio solicitando agenda para 06/10/2021 para atualizações sobre a parceria e continuidade das ações com o instituto

Dentro das ações de Descentralização e Itinerância, foram realizadas 04 (quatro) Oficinas Trilhas de Memórias no mês de setembro, a saber: 15 e 16/09/2021: Espírito Santo; 21 e 22/09/2021: Mariana;
28 e 29/09/2021: Calha do Rio Doce.

No dias 16 de setembro de 2021 as equipes dos Programas 35 e Programa 12 fizeram uma reunião com o objetivo de trocar informações e promover alinhamento e convergência das ações de território realizadas por eles, bem como, para democratizar o acesso aos resultados delas na Plataforma Interativa

Webinário interno na Gerência de Diálogo e Canais de Relacionamento e Comunicação p/ Lançamento da Plataforma Interativa.
Realização de reunião com Prefeitura Municipal de Gov. Valadares para definição do local de construção do CIT de Governador Valadares.
Realização do 1º webinário do Ciclo “Conhecimento em Pauta”.
Planejamento interno da equipe do Pg 35 para preparação da Oficinas Trilhas de Memória.
Planejamento interno da equipe do Pg 35 para mobilização da primeira Oficina Trilhas de Memória.
Envio da definição do pg 35 à CT – PDCS com ajustes feitos a partir das discussões com CT e Governança Interna.

Publicação do site do repositório digital pelo PG35.
Planejamento interno para execução das atividades de itinerância e descentralização implantado pelo PG35.

Conclusão da construção do site do repositório digital a ser implantado pelo PG35 com formalização da entrega do fornecedor.
Planejamento interno para execução das atividades de itinerância e descentralização.
Apresentação da proposta de pontos de acesso dos CITs nos CIAs para CT-PDCS.
Aquisição de domínio para hospedagem do site do repositório digital a ser implantado pelo PG35.

Abertura de SR no SAP para contratação de fornecedor de desenvolvimento para o Repositório Técnico de Informações.

Realização de cinco reuniões/oficinas de formação das equipes de todos os territórios (Diálogo e CIAs) para ações de descentralização e itinerância.

Articulação com a equipe de comunicação para planejamento do lançamento do repositório técnico de informações.

Revisão dos indicadores do Programa 35 e apresentação à CT–PDCS.

Ajustes e complementações no material de Curadoria e órgão Colegiado de Curadoria – Envio e apresentação à CT–PDCS.

Envio de posicionamento/resposta e evidências ao CIF referente à Deliberação 500;

Formalização da contratação de fornecedor para desenvolvimento do Inventário e Repositório de Informações de Dados e Informações sobre o Rompimento da Barragem de Fundão, com início das atividades em 30/04/2021.

Realização de reuniões de alinhamento junto às equipes de Diálogo Social e dos Centros de Informação e Atendimento (CIAs) para estruturação das ações de Itinerância e Descentralização do PG35 em 2021.

O ICMBio, parceiro da instância federal para implantação do CIT Linhares em Regência no projeto TAMAR, informou em março de 2021 que não mais poderá arcar com os custos para reforma de auditório e banheiros do espaço. Diante deste contexto, o projeto executivo da obra e, consequentemente o orçamento, estão sendo revistos pela equipe técnica da Fundação Renova.

Em março de 2021 houve uma nova indicação pela Prefeitura de Governador Valadares de espaço físico para implantação do CIT neste município; o espaço indicado foi o Horto Florestal em Governador Valadares. Atualmente estão sendo feitas análises técnicas (fundiário, engenharia, arquitetura e licenciamento da Fundação Renova) para verificar viabilidade de implantação do CIT neste espaço indicado.

Em março de 2021 a equipe do programa apresentou planejamento para implantação da estratégia de Descentralização e Itinerância para a CT- PDCS.

Manifestação da FR - Devolutiva ao documento ANOTAÇÕES DA CT-PDCS - ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE VERSÕES DA DEFINIÇÃO DO PG35 2019 E 2020.

Resposta à deliberação 437.

Reunião técnica para contratação de fornecedor para realizar a implantação do repositório de dados e informações sobre o rompimento da barragem de Fundão.

Não houveram fatos relevantes no mês de dezembro.

Realização da 2ª oficina de curadoria para definição de fluxo de informações e gestão do repositório digital.
Protocolo na COMAR dos projetos conceitual, básico e executivo para reforma do CIT Mariana.
Criação do grupo de trabalho para atualização do plano de trabalho do termo de cooperação técnica Renova e ICMBIO.
Contratação do Projeto Básico para o CIT de Regência.

Aprovação do projeto conceitual para Construção do CIT de Regência pelo ICMbio.

Aprovação da identidade visual dos espaços dos três CIT’s – Mariana, Governador Valadares e Regência.

Apresentação do projeto conceitual aprovado do CIT de Regência na reunião realizada no dia 15/10/20 na CT-PDCS.

Realização de webinário com apresentação de metodologias participativas.
Realização da segunda etapa da elaboração da identidade visual dos três Centros de Informações Técnicas (Mariana, Governador Valadares e Regência).
Agendamento da terceira etapa da elaboração da identidade visual dos três Centros de Informações Técnicas (Mariana, Governador Valadares e Regência).

• Realização da oficina participativa de elaboração da identidade visual dos três Centros de Informações Técnicas (Mariana, Governador Valadares e Regência);
• Realização da oficina participativa para definição dos critérios de curadoria e fluxo de informações para atendimento dos Centros de Informações Técnicas e também do Repositório de Informações Técnicas.
Nota.: Foi solicitado pela prefeitura de Governador Valadares nova mudança do local destinado ao Centro de Informações Técnicas - GV em 14/08/2020. Diante dessa alteração, foi cancelado a atividade “Realizar ajustes finais nos projetos conceituais” e será feito uma avaliação dos impactos desta solicitação no planejamento.

• Desmobilização da Casa do Jardim, antigo CIT, em Mariana/MG.
• Aprovação pela prefeitura do projeto conceitual do CIT de Mariana/MG.
• Elaboração do projeto básico e executivo do CIT Mariana/MG.
• Apresentação do projeto conceitual de Regência para o ICMbio.

• Apresentação do projeto conceitual do CIT de Mariana (MG) para prefeitura local em junho/2020.
• Apresentação da estratégia de itinerância do PG35 na reunião da CT-PDCS de junho/2020.

• Não houve fatos relevantes no último mês.

• Não houve fatos relevantes no último mês.

• Não houve fatos relevantes no último mês.

Centro de Informações Técnicas (CIT)
• Visita de 156 pessoas ao Centro de Informação Técnica (CIT) de Mariana, incluindo os participantes do “VimVer”.

Centro de Informações Técnicas (CIT)
• Realização da oficina de revisão do programa, em Belo Horizonte, conforme definido na cláusula 203.
• Visita de 325 pessoas ao Centro de Informação Técnica (CIT) de Mariana, incluindo os participantes do “VimVer”.

Centro de Informação Técnica (CIT) em Mariana - MG:
Em dezembro de 2019, foi realizada a 32ª Reunião da Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle Social em que foram discutidos pontos de adequação do documento da definição do Programa 35 para posterior aprovação do programa junto a CT-PDCS.
Entregas não realizadas relacionadas aos Centros de Informações Técnicas de Mariana, Governador Valadares e Regência
Os Centros de Informações Técnicas de Governador Valadares e Regência não foram implementados em 2019. Causa: O escopo do programa está em fase de readequação e aprovação junto a Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle Social (CT-PDCS), analisando o conteúdo que será implementado nos Centros de Informações Técnicas. Contramedida: Envio da Proposta da Definição do Programa para aprovação na CT-PDCS.
Não foram ampliadas as estruturas existentes de equipamentos interativos e técnicos que distribuem o conteúdo informativo dos fatos e ações desenvolvidas pela Fundação Renova em cenários distintos e com diferentes abordagens, formas e tecnologia. Causa: Emissão pela Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle Social (CT-PDCS) das notas técnicas 15 e 16, que envolvem a readequação do Centro de Informações Técnicas de Mariana e a redefinição do conteúdo de forma geral. Contramedidas: 1- Envio do projeto conceitual definitivo dos centros de informações técnicas para aprovação da Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle Social (CT-PDCS); 2- Foram implementadas melhorias para acolher os visitantes e ampliar a interatividade no espaço, porém ainda existem ações a serem realizadas para incrementar e ampliar as estruturas.
A nova rodada de readequação no Centro de Informação Técnica de Mariana atenderá por completo as notas técnicas nº15 e nº16, emitidas pela CT-PDCS. Ela será executada após a aprovação do Projeto Conceitual pela CT-PDCS, a fim de evitar execuções não aderentes ao escopo aprovado do programa.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Mariana (MG)
• Visita de 337 pessoas das localidades descritas em anexo, incluindo os participantes do “VimVer”.
• Entrega da definição do programa para aprovação na Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle Social (CT-PDCS), em resposta a Nota Técnica 16.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Mariana (MG)
• Visita de 387 pessoas das localidades descritas em anexo, incluindo os participantes do VimVer.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Governador Valadares (MG)
• Elaboração da minuta unilateral da Prefeitura para início das tratativas de formalização, de acordo de parceria para construção do CIT de Governador Valadares.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Regência (ES)
• Elaboração de minuta para início das tratativas de formalização, de acordo de parceria para construção do CIT no terreno do ICMBio.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Mariana (MG):
• Visita de 460 pessoas de diversas localidades, incluindo os participantes do VimVer.
• Realização de uma exposição de artesanato das associações de grupos das regiões atingidas, como acordado em oficina participativa no dia 24/07/2018.
• Realização de plantões de reassentamento coletivos às terças-feiras e plantões de reassentamento familiar às quintas-feiras do mês de agosto.
• Realização de escutas entre núcleos familiares, representantes da Fundação Renova e Assessoria Técnica, relacionadas ao reassentamento de Bento Rodrigues.
• Realização dos atendimentos individuais e coletivos a famílias de Bento Rodrigues, Paracatu de Baixo (MG) e localidades vizinhas.
• Realização da Reunião CT-PDCS no dia 20/09/2019 em Belo Horizonte.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Governador Valadares (MG):
• Elaboração da minuta unilateral da prefeitura para início das tratativas do CIT de Governador Valadares.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Regência (ES):
• Elaboração de minuta para início das tratativas com ICMBio.
• Compilação do relatório da primeira oficina realizada no distrito de Regência com a participação da comunidade da foz do rio Doce, município de Linhares (ES), para iniciar o projeto da concepção do CIT da Regência (definição com a Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle Social, CT-PDCS, e com representantes do ICMBio).

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Mariana (MG) — Casa do Jardim:
• Recebidos 680 visitantes das mais diversas localidades, incluindo os participantes do VimVer.
• Realização de uma exposição de artesanato das associações de grupos das regiões atingidas como acordado em oficina participativa.
• Realização de plantões de reassentamento coletivos, que ocorreram às terças-feiras, e plantões de reassentamento familiar às quintas-feiras do mês de agosto.
• Continuação da exposição para comercialização de produtos artesanais de associações de grupos atingidos de Mariana, consolidando o local como um importante ponto para divulgação do trabalho das associações e para comércio.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Governador Valadares (MG):
• Verificado o registro do imóvel junto à Prefeitura, constando que não há ônus ou gravame deste, encaminhando-se para firmar acordo de cessão entre Prefeitura Municipal de Governador Valadares e Fundação Renova.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Regência (ES):
• Realizada uma oficina no distrito de Regência com a participação da comunidade da foz do rio Doce, município de Linhares, para iniciar o Projeto de Concepção do CIT de Regência — definição com a Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle Social (CT-PDCS) e com representantes do ICMBio. Participaram, também, membros da CT-PDCS, gestores do ICMBio e representantes de poder público local.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Mariana (MG) – Casa do Jardim:
• 1084 visitantes das mais diversas localidades.
• Realização de oficina participativa de forma a proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto. Além da construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço.
• Participação de 162 (14% do total) visitantes na pesquisa do Totem de Avaliação, que tem o intuito de conhecer o interesse do público visitante, para identificação de qual tema deve ser aprofundado no espaço.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Governador Valadares (MG):
• Verificação com a Prefeitura sobre a disponibilidade de terreno público para construção do CIT, formalizada por meio de OFI.NII.062019.6834. Esta municipalidade apresentou à Fundação Renova a opção de um terreno para edificação do Centro. Em visita ao local, a equipe da Renova entende que o espaço é adequado para o CIT. A partir desta nova possibilidade seguem as tratativas com a Prefeitura para efetivar esta doação, por meio de instrumento jurídico.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Mariana (MG) — Casa do Jardim:
• 111 visitantes das mais diversas localidades. Registra-se que o baixo número de visitantes no mês deve-se ao fato de o espaço ter permanecido fechado durante a manifestação ocorrida em Mariana.
• Realização de oficina participativa de forma a proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto. Além da construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço.
• Exposição de artesanatos: o grupo Feira de Artes e ateliê de Mariana (FAM) e o grupo de Padre Viegas continuam ocupando o espaço da Casa do Jardim para expor seus trabalhos para o público visitante.
• Participação de 31 visitantes na pesquisa do Totem de Avaliação, que tem o intuito de conhecer o interesse do público e identificar qual tema deve ser aprofundado no espaço. Registra-se que o baixo número de participação deve-se ao fato de o espaço ter permanecido fechado durante a manifestação ocorrida em Mariana.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Governador Valadares (MG):
• Consulta à prefeitura sobre a disponibilidade de terreno público para construção do CIT. A consulta foi formalizada por meio de OFI.NII.062019.6834. Em paralelo, estão sendo prospectados outros imóveis ou terrenos locais para possível aquisição.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Regência (ES):
• Encaminhamento formal ao ICMBio, por meio do OFI.NII.062019.6946, do Acordo de Cooperação com a Fundação Renova para análise e aprovação final do documento. O objetivo é a cooperação mútua para a realização de ações voltadas à implantação de Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência (Linhares/ES).

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Mariana (MG) — Casa do Jardim:
• 517 visitantes das mais diversas localidades.
• Realização do Projeto Casa Preta | O Futuro do Rio Doce Somos Nós, com a realização de oficinas, como “Esse brilho é meu”, que visa a enaltecer as belezas negras e o empreendedorismo negro.
• Plantão do reassentamento, com o agendamento durante todo o mês no espaço da Casa do Jardim, sendo as terças destinadas para o reassentamento coletivo e as quintas para o rural. Tem como objetivo tirar as dúvidas das famílias em relação a esse processo.
• Exposição de artesanatos: o grupo Feira de Artes e ateliê de Mariana (FAM) e o grupo de Padre Viegas continuam ocupando o espaço da Casa do Jardim para expor seus trabalhos para o público visitante.
• Atividade temática para idosos e familiares de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo: durante a atividade, foram relembradas as festas e acontecimentos mais importantes do passado dos moradores de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo. O objetivo foi promover uma tarde de valorização das histórias da comunidade.
• No dia 23/05, foi instalado no espaço o Totem de Avaliação, com o intuito de conhecer o interesse do público visitante para identificação de qual tema deve ser aprofundado no espaço.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Governador Valadares (MG):
• Realização da reunião de Trabalho em 21/05, em Vitória (ES), que teve como finalidade discutir os conteúdos que deverão constar nos CITs (item 5, da Deliberação 229), bem como os resultados e os encaminhamentos relacionados à definição e aos objetivos do Programa, conforme vem sendo apresentada pela Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle social (CTPDCS), por meio da Nota Técnica nº 15/2019/CT-PDCS/CIF, de março de 2019. Aguarda-se a apresentação, pela CTPDCS, do resultado dos trabalhos para a continuidade da implantação do CIT de GV.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Regência (ES):
• Continuam as tratativas com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para assinatura do Acordo de Cooperação com a Fundação Renova. O objetivo é a cooperação mútua para a realização de ações voltadas à implantação de Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência, Linhares (ES).
• Realização da reunião de trabalho em 21/05, em Vitória (ES), que teve como finalidade discutir os conteúdos que deverão constar nos CITs (item 5, da Deliberação 229), bem como os resultados e os encaminhamentos relacionados à definição e aos objetivos do Programa, conforme vem sendo apresentada pela Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle social (CTPDCS), por meio da Nota Técnica nº 15/2019/CT-PDCS/CIF, de março de 2019. Da mesma forma, aguarda-se a apresentação, pela CTPDCS, do resultado dos trabalhos para a continuidade da implantação deste CIT.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Mariana (MG) — Casa do Jardim:
• As oficinas participativas são desenvolvidas no CIT de forma a proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto de uso e ocupação da Casa, as quais buscam a construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço. No mês de abril, a Fundação Renova desenvolveu três oficinas, buscando discutir o Evento Câmbia e a Exposição na Feira do Expominas.
• Dentre as várias ações realizadas no CIT, destacamos:
316 visitantes das mais diversas localidades;
visitas de duas escolas do município de Mariana (Escola Estadual Luciano Pedro Mendes de Almeida e Escola Gomes Freire).
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Governador Valadares (MG):
• Para a retomada da implantação do CIT de GV, aguarda-se a realização da Reunião de Trabalho, prevista para acontecer em maio, com a finalidade de discutir os conteúdos que deverão constar nos CITs (item 5, da Deliberação 229), bem como os resultados e os encaminhamentos relacionados à definição e aos objetivos do Programa, conforme vem sendo apresentada pela Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle Social (CTPDCS), por meio da Nota Técnica nº 15/2019/CT-PDCS/CIF, datada de março de 2019.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Regência (ES):
• Continuam as tratativas com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para assinatura do Acordo de Cooperação entre ICMBio e Fundação Renova, que objetiva a cooperação mútua para a realização de ações voltadas à implantação de Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência, Linhares (ES).
• Para a implantação do CIT, igualmente aguarda-se a realização da Reunião de Trabalho, prevista para acontecer em maio, com a finalidade de discutir os Conteúdos que deverão constar nos CITs (item 5, da Deliberação 229), bem como os resultados e os encaminhamentos relacionados a definição e aos objetivos do Programa, conforme vem sendo apresentada pela Câmara Técnica de Participação, Diálogo e Controle Social (CTPDCS), por meio da Nota Técnica nº 15/2019/CT-PDCS/CIF, datada de março de 2019.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Mariana (MG) – Casa do Jardim
Realização das oficinas participativas de forma a proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto.
Construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço.
Oficina realizada no dia 26.
Para as ações realizadas no CIT Mariana (MG), destacamos:
- 178 visitantes das mais diversas localidades.
- Visitas de três escolas, sendo duas de Mariana e uma de Belo Horizonte.
- Lançamento do livro “João de Barro e o Mar de Lama”, da autora Grazi Reis.
- O futuro do rio Doce somos nós — projeto do Instituto Elos que assessora os jovens que compõem o projeto e que estão realizando seus sonhos de transformação no território.
- Oficina de compostagem — nessa atividade, houve uma reflexão sobre como é descartado nosso lixo e qual a responsabilidade de cada um para com seus resíduos e com a própria natureza.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Governador Valadares (MG)
A partir da deliberação do CIF, de novembro de 2018, considerando que os CITs deverão ser implementados preferencialmente em espaços públicos, salvo quando comprovada impossibilidade, e após consulta à Prefeitura de Governador Valadares (MG), no dia 13 de fevereiro esta municipalidade encaminhou à Fundação Renova o ofício OF/GAB/SMA 032/2019, informando sobre a indisponibilidade de espaço público para implantação do CIT.
Diante da referida indisponibilidade, a Fundação Renova encaminhou ao Comitê Interfederativo (CIF) e à Câmara Técnica de Comunicação, Participação, Diálogo e Controle Social (CT-CPDCS), o ofício OFI.NII.012019.5137 informando sobre resposta da Prefeitura Municipal, em atenção à Deliberação 229 item 2 e reiterando que o CIT será implantado no espaço atual, situado a Rua Afonso Pena nº 268, Centro, Governador Valadares (MG).
A partir desta definição serão retomadas as tratativas para a implantação do Centro.
Centro de Informações Técnicas (CIT) em Regência (ES)
Aguarda-se o retorno da equipe do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) quanto à revisão final e assinatura do Acordo de Cooperação entre ICMBio e Fundação Renova, objetivando cooperação mútua para a realização de ações voltadas à implantação de Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência (Linhares, ES).
Realizada, em 12 de março, reunião com o ICMBio e CT-CPDCS para definição da área a ser compartilhada no Projeto Tamar para a implantação do CIT de Regência, em Linhares (ES).

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Mariana (MG) — Casa do Jardim

Sequência na realização das oficinas participativas de forma a proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto; construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço. No mês de fevereiro, a Fundação Renova desenvolveu duas oficinas, nos dias 5 e 19.
Dentre as várias ações realizadas no CIT, destacamos:
201 visitantes das mais diversas localidades;
utilização do espaço para ensaio do coral da comunidade de Paracatu;
reunião com o Instituto Elos para falar da formação “O Futuro do Rio Doce Somos Nós”;
reunião com o a equipe do Projeto social “América Futebol Clube” e prefeitura de Mariana;
reunião com garimpeiros de Barra Longa e equipe da Fundação Renova.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Governador Valadares (MG)

A partir da deliberação do CIF, de novembro de 2018, considerando que os CITs deverão ser implementados preferencialmente em espaços públicos, salvo quando comprovada impossibilidade, e após consulta à prefeitura de Governador Valadares (MG), no dia 13/02/2019, esta municipalidade encaminhou à Fundação Renova o ofício OF/GAB/SMA 032/2019, informando sobre a indisponibilidade de espaço público para implantação do CIT.
Diante da referida indisponibilidade, a Fundação Renova encaminhou ao Comitê Interfederativo (CIF) e à Câmara Técnica de Comunicação, Participação, Diálogo e Controle Social (CT-CPDCS), o ofício OFI.NII.012019.5137 informando sobre resposta da Prefeitura Municipal, em atenção à Deliberação 229, item 2, e reiterando que o CIT será implantado no espaço atual, situado à rua Afonso Pena nº 268, Centro, Governador Valadares (MG).
A partir dessa definição, serão retomadas as tratativas para a implantação do Centro.

Centro de Informações Técnicas (CIT) em Regência (ES)

Revisão do Plano de Trabalho, parte integrante do Acordo de Cooperação entre Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Fundação Renova, objetivando cooperação mútua para a realização de ações voltadas à implantação de Centro de Informações Técnicas (CIT) em Regência, região de Linhares (ES). Seguem as tratativas e reuniões para o fechamento do Acordo de Cooperação. Esse Plano de Trabalho encontra-se em fase final de revisão pelas partes.

Sequência na realização das oficinas participativas de forma a proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto; construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço.
No mês de janeiro, a Fundação Renova desenvolveu duas oficinas, nos dias 8 e 22, tendo como pauta: (i) avaliação do evento Jardim em Serenata e elaboração conjunta do plano de comunicação para os eventos do CIT; (ii) apresentação de peças de comunicação para sugestões e validação do grupo e início dos trabalhos para programação do evento pré-carnaval, respectivamente.
Outras ações realizadas no CIT durante o período, a saber:
Projeto VimVer da Fundação Renova (roteiro de vivências que permite ao visitante compreender, de perto, como a tragédia se deu e o que ela causou aos territórios atingidos);
Realização da capacitação de bordados pelas Artesãs Arte Mãos e Flores — grupo de geração de renda e oficinas;
Continuidade como espaço de escuta de comunidades atingidas pela equipe do Reassentamento;
Reunião e atendimento com as famílias atingidas de Paracatu de Baixo — referentes ao reassentamento coletivo;
Reunião com Associação Hortifrutigranjeiro de Bento Rodrigues/Geleia de Pimenta Biquinho;
Inscrições para o Conexão Férias. Crianças de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo que se encontram em férias escolares, realizam atividades interativas e recreativas com o intuito de ocupar o tempo de recesso escolar de uma forma também educativa;
Oficinas de rotinas diárias do diagnóstico de referências culturais;
Reunião do Projeto de Fabricação de Biscoito — integração da zona rural e das comunidades atingidas;
Reunião com representante da comissão de atingidos de Bento Rodrigues;
Reunião com Ministério Público e núcleo familiar atingido.
Visitantes no CIT
O número de visitantes no CIT de Mariana (Casa do Jardim) durante o mês de janeiro foi de 814.

Centro de Informação Técnica (CIT) em Governador Valadares

A partir da deliberação do CIF de novembro de 2018, considerando que os CITs deverão ser implementados preferencialmente em espaços públicos, salvo quando comprovada impossibilidade, no dia 11/01, foi realizada reunião com a Prefeitura Municipal de Governador Valadares para consultar o órgão sobre o interesse e a disponibilidade de utilização de um espaço público para implantação do CIT. Aguarda-se retorno da Prefeitura para sequência dos trabalhos.

Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência

Elaborado o Plano de Trabalho que é parte integrante do Acordo de Cooperação entre Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Fundação Renova, objetivando cooperação mútua para a realização de ações voltadas à implantação de Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência (Linhares, no Espírito Santo).
Com relação ao Acordo de Cooperação, este encontra-se em fase final de revisão pelas partes.
Indicadores
Protocolados junto à Câmara Técnica de Comunicação, Participação, Diálogo e Controle Social (CT-CPDCS) os ajustes realizados no layout e nas perguntas que estarão disponíveis no Totem de Avaliação do Centro de Informações Técnicas (CIT) de Mariana (Casa do Jardim), para avaliação dos resultados do Programa.
Aguarda-se a validação, pela CT-CPDCS, dos ajustes nos indicadores apresentados para implantação.

Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência

No dia 5/12, foi realizada reunião com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para a continuidade das ações e das tratativas para os trâmites jurídicos entre a Renova e o Instituto. O objetivo foi a celebração de instrumento jurídico adequado para legitimar a utilização da área do Projeto Tamar/ICMBio em Regência (ES) para instalação do CIT.
Encontra-se ainda em elaboração o Acordo de Cooperação entre ICMBio e Fundação Renova, objetivando cooperação mútua para a realização de ações voltadas à implantação de Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência (Linhares/ES), com extensão de suas atividades na localidade de Povoação, distrito de Linhares (ES).

Centro de Informação Técnica (CIT) em Governador Valadares

Após a finalização do detalhamento do Projeto Conceitual e Executivo para o CIT de Governador Valadares, seguem os processos para contratação de empresas para implantação do espaço.
Nesse mês, foram apresentados, durante reunião realizada no dia 5, o Projeto Conceitual e a Proposta Pedagógica para este CIT à Câmara Técnica de Comunicação, Diálogo, Participação e Controle Social (CTCDPCS).

Centro de Informação Técnica (CIT) em Mariana

Continuidade das oficinas participativas para proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto, construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço e para continuidade das ações ao longo do período de funcionamento dos Centros de Informações Técnicas (CITs).
Em 1/12, foi realizado o evento multicultural denominado de Jardim em Seresta.
Outras ações foram realizadas no CIT, durante o período, a saber:
- O CIT continua a ser o local para recepcionar os participantes do Projeto VimVer da Fundação Renova (roteiro de vivências que permite ao visitante compreender, de perto, como a tragédia se deu e o que ela causou aos territórios atingidos);
- Continuidade à capacitação de bordados pelas Artesãs Arte Mãos e Flores — grupo de Geração de Renda e Oficinas;
- Continuidade como espaço de escuta de comunidades atingidas pela equipe do Reassentamento;
- Realização de atividades como 2ª Oficina do Empreenda (do Programa de Economia e Inovação).
Igualmente para o CIT de Mariana, em 5/12 foram apresentados durante reunião o Projeto Conceitual e a Proposta Pedagógica à Câmara Técnica de Comunicação, Diálogo, Participação e Controle Social (CTCDPCS).

Visitantes no CIT

O número de visitantes no CIT de Mariana (Casa do Jardim) durante o mês de dezembro foi de 287.

Capacitações

No mês de dezembro, de forma a dar sequência aos treinamentos e capacitações para a equipe do CIT de Mariana, foram realizados dois treinamentos: “Workshop Fazendo o melhor das nossas experiências emocionais” e Portal GIS.

Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência

No dia 21/11, foi realizada reunião com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para a continuidade das ações e das tratativas para os trâmites jurídicos entre a Renova e o instituto para celebração de instrumento jurídico adequado para legitimar a utilização da área, do Projeto Tamar/ICMBio em Regência (ES) — para instalação do CIT.

Encontra-se ainda em elaboração o acordo de cooperação entre ICMBio e Fundação Renova, objetivando cooperação mútua para a realização de ações voltadas à implantação de Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência (ES), com extensão de suas atividades na localidade de Povoação, distrito de Linhares (ES).

Centro de Informação Técnica (CIT) em Governador Valadares

Após a finalização do detalhamento do projeto conceitual e executivo para o CIT de Governador Valadares, seguem os processos para contratação de empresas para implantação do espaço.

Durante o mês de novembro, foi realizada campanha em algumas escolas da região para escolha do nome deste CIT. A apresentação do CIT para os alunos se deu de forma lúdica, por meio de peça Teatral.

Como resultado da campanha, entre as cinco sugestões, o nome escolhido para o CIT foi Doce Renascer.

Centro de Informação Técnica (CIT) em Mariana

Continuidade nas oficinas participativas de forma a proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto; construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço, e continuidade das ações ao longo do período de funcionamento dos Centros de Informações Técnicas (CITs).

Em novembro, deu-se continuidade às oficinas, com foco na construção do evento multicultural denominado Jardim em Serenata. O grupo se organizou e pensou três frentes de ação para o evento: cortejo/apresentações musicais; feira com a participação de dez feirantes; corporalidades (englobando performances e/ou atividades corporais).

Outras ações foram realizadas no CIT, durante o período, a saber:
- O CIT passou a ser o local para recepcionar os participantes do Projeto VimVer da Fundação Renova (roteiro de vivências que permite ao visitante compreender, de perto, como a tragédia se deu e o que ela causou aos territórios atingidos);
- Durante o mês, o espaço também ofereceu atividades como: Cine Comunidade e Sarau “Histórias de Paracatu”;
- Deu-se continuidade à capacitação de bordados pelas Artesãs Arte Mãos e Flores — grupo de geração de renda e oficinas;
- O CIT recebeu visitas de escolas do Rio de Janeiro, São Paulo e Mariana;
- Continuidade como espaço de escuta de comunidades atingidas pela equipe do reassentamento;
- Espaço para realização de atividades como Projeto HUB Inovação (Programa de Economia e Inovação).

Visitantes no CIT

O número de visitantes no CIT de Mariana (Casa do Jardim) durante o mês de novembro foi de 431.

Capacitações

De forma a dar sequência aos treinamentos e capacitações para a equipe do CIT de Mariana, foram realizados três treinamentos em novembro.

Indicadores

Devido aos ajustes dos indicadores do programa que estão sendo realizados, neste mês não serão apresentados indicadores.

Centro de Informação Técnica (CIT) em Regência

No mês de outubro, o ICMBio formalizou por e-mail a continuidade das ações e das tratativas para os trâmites jurídicos entre a Renova e o Instituto para celebração de instrumento jurídico adequado para legitimar a utilização da área do Projeto Tamar em Regência (ES) para instalação do CIT. Para tanto, serão realizadas reuniões para elaboração de Plano de Trabalho e Acordo de Cooperação entre Renova e ICMBio.

Centro de Informação Técnica (CIT) em Governador Valadares

Finalizado o detalhamento do projeto conceitual e executivo para o CIT de Governador Valadares pela equipe da UFMG e engenharia da Fundação Renova. O projeto foi compartilhado com os representantes das oficinas participativas realizadas em GV para construção do CIT. A partir de agora, seguem os processos para contratação de empresas para implantação deste espaço.
Agendada a realização da campanha em algumas escolas da região para escolha do nome do CIT. A apresentação para os alunos se dará de forma lúdica por meio de peça teatral. O link para votação do nome foi encaminhado aos envolvidos no projeto.

Centro de Informação Técnica (CIT) em Mariana

Continuidade das oficinas participativas, proporcionando o envolvimento das partes interessadas no projeto; construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço e para continuidade das ações ao longo do período de funcionamento dos Centros de Informações Técnicas (CITs).
Em outubro, foram realizadas as 7ª, 8ª e 9ª oficinas na Casa do Jardim, em Mariana (MG). Estas oficinas tiveram como foco a construção do evento multicultural — denominado Jardim em Seresta. O grupo se organizou e pensou três frentes de ação para o evento: (1) Cortejo/Apresentações musicais; (2) feira com a participação de 10 expositores; (3) Corporalidades (que engloba performances e/ou atividades corporais).
Deu-se continuidade, durante o mês, à capacitação de bordados pelas Artesãs Arte Mãos e Flores — grupo de Geração de Renda e Oficinas.

Visitantes no CIT

Número de visitantes no CIT de Mariana (Casa do Jardim) durante o período foi de 369.
Outras ações foram realizadas no CIT a partir dos desdobramentos das Oficinas Participativas, a saber:
Realização de Curso de Libras para professores da rede municipal de Mariana.
O CIT passou a ser o local para recepcionar os participantes do Projeto VimVer da Fundação Renova (roteiro de vivências que permite ao visitante compreender, de perto como a tragédia se deu e o que ela causou aos territórios atingidos).
Em outubro, o espaço recebeu a cooperativa de Gesteira para exposição dos produtos produzidos pelas cooperadas.

• Centro de Informação Técnica em Regência: após a realização da visita no Projeto Tamar, em 09/08/18 em Regência (ES) – local cotado para instalação do CIT –, seguem as tratativas dos trâmites jurídicos entre a Renova e o ICMBio para celebração de instrumento jurídico adequado para legitimar a utilização da área.
• Centro de Informação Técnica em Governador Valadares: iniciado o planejamento para realização da campanha em algumas escolas da região para escolha do nome deste CIT. Serão considerados na votação os cinco nomes (Doce Renascer; Espaço Rio Doce; Doce Rio; Volta do Rio; Esquina do Rio) elencados na 3ª Oficina Participativa, realizada em 31 de julho de 2018; Apresentado em 26/09/2018, pela equipe de arquitetura, o detalhamento do projeto da fachada do CIT. Quanto ao detalhamento do Projeto Conceitual e Executivo para o CIT de Governador Valadares, será apresentado em outubro.
• Centro de Informação Técnica em Mariana: continuidade nas oficinas participativas de forma a proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto; construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço, e para continuidade das ações ao longo do período de funcionamento dos Centros de Informações Técnicas (CITs).
Neste sentido, no dia 18 de setembro, foi realizada a 6ª oficina na Casa do Jardim em Mariana (MG), de maneira a construir a Definição Participativa do Plano de Ocupação, da Proposta Pedagógica e da Gestão Compartilhada do Funcionamento.
Nesta oficina, foram desenvolvidos pelos participantes o plano de ação dos temas:
• Eventos Multiculturais
• Geração de Renda / Oficinas
Como resultado destes planos, no dia 28 de setembro inicia-se a 1ª capacitação de bordados pelas Artesãs Arte Mãos e Flores – grupo de Geração de Renda e Oficinas. Outra oficina definida será a construção do Bonecos do Zé Pereira – a data de início ainda será definida.
Quanto ao tema Eventos Multiculturais, optou-se por realizar a curadoria de um evento multicultural que contemplasse feira, apresentações culturais e outras ações. Os participantes se responsabilizaram por levantar nomes/grupos que se interessariam em participar desta ação e trazer na próxima reunião, agendada para o dia 02 de outubro. Levantou-se o mês de novembro como possibilidade de data para o evento.
Número de visitantes na CIT de Mariana (Casa do Jardim) durante o período, foi de 361.
Outras ações foram realizadas no CIT, a partir dos desdobramentos das Oficinas Participativas, a saber:
Mostra de Cinema no dia 14 de setembro aberto a todas as comunidades e visitantes;
Oficina de Capacitação de Bordados pelas Artesãs Arte Mãos e Flores – aberta a toda a comunidade interessada.
Quanto aos indicadores do Programa, neste mês, iniciou-se o planejamento para inserir a realização da pesquisa de forma online, para cada cenário do CIT de Mariana – Casa do Jardim.

Realizada a visita no Projeto Tamar, em 09.08.18 em Regência (ES) – local cotado pelo Estado para instalação do CIT. Durante a visita, a equipe da Fundação Renova foi acompanhada pelo Superintendente do ICMBio no Estado do Espírito Santo, Sr. José Carlos Thomé, e do Gestor do Projeto Tamar em Regência, Sr. Carlos Sangália. A equipe da Renova concluiu que a área indicada atende ao objetivo do Programa de Informação para à População, descrito na cláusula 174, que dispõe que a Fundação deverá implantar um CIT no Estado do Espírito Santo, destinado a comunicar e informar à população quanto a aspectos socioambientais e econômicos dessa área.

Durante a visita, as equipes do ICMBio e do Projeto Tamar informaram que atualmente o local recebe em média 400 visitantes/mês, sendo este um número expressivo e que contribuirá para disseminação das informações e ações a serem apresentadas neste espaço pela Fundação Renova. Importante pontuar que serão necessárias algumas melhorias nas infraestruturas existentes.

Adicionalmente, informamos que a Fundação Renova protocolou na Câmara Técnica de Comunicação, Participação, Diálogo e Controle Social (CT-CPDCS) e no Comitê Interfederativo (CIF) o ofício SEQ11826/2018/GJU, informando sobre a visita e solicitando anuência para instalação do CIT em Regência (ES).

Continuidade nas oficinas participativas de forma a proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto; construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço, e para continuidade das ações ao longo do período de funcionamento dos Centros de Informações Técnicas (CITs).

Realização da 4ª oficina na Casa do Jardim em Mariana (MG), de maneira a construir a Definição Participativa do Plano de Ocupação, da Proposta Pedagógica e da Gestão Compartilhada do Funcionamento. Durante a oficina foi apresentado o consolidado da colheita dos temas identificados na 3ª oficina. A partir disso, os participantes escolheram novos temas de interesse e construíram um Plano de Ação para cada um, a saber:
• Histórias e Causos;
• Cursos e Oficinas;
• Exposição de Arte;
• Dança e Música;
• Geração de Renda; e,
• Empreendedorismo.

Como desdobramento, estão sendo realizadas reuniões para definição de ações relacionadas ao início das atividades de comercialização de produtos, exposição de artes, atividades culturais, entre outros no CIT de Mariana (MG).

Apresentação do anteprojeto do CIT de Governador Valadares (MG), pela equipe da UFMG.

No dia 22 de agosto, após a finalização da instalação dos cenários (Tablet, Maquete e Linha do Tempo), o CIT de Mariana (Casa do Jardim) foi aberto com as novas adequações para visitações, tendo o espaço sido bem recebido pelos visitantes.

Definida (pelo estado e CT) a localização para implantação do CIT do Espírito Santo – o mesmo será instalado na localidade de Regência. A partir dessa definição, no mês de agosto, será agendada a visita ao Projeto Tamar – local cotado pelo estado para instalação, para início das tratativas.

Continuidade das oficinas participativas de forma a proporcionar o envolvimento das partes interessadas no projeto; construção da ideia de pertencimento e apropriação do espaço, e para continuidade das ações ao longo do período de funcionamento dos Centros de Informações Técnicas (CITs).

No mês de julho a Fundação Renova desenvolveu a 2ª e 3ª oficinas em Mariana (MG) de maneira a construir a Definição Participativa do Plano de Ocupação, da Proposta Pedagógica e da Gestão Compartilhada do Funcionamento. E para o CIT de Governador Valadares (MG), além desses itens citados acima, a 2ª e 3ª oficinas tiveram foco na construção da concepção do espaço.

Para o CIT de Mariana, avançam as ações para instalação dos Cenários - espaços distintos para apresentação das informações das ações da Renova, no período em estudo, os tablets foram instalados. Em desenvolvimento do aplicativo (APP) com conteúdo digital e interativo para utilização nesses equipamentos, com a adição de fones de ouvido para apresentação dos assuntos relacionados aos programas da Fundação Renova.

Durante o período de funcionamento dos Centros de Informações Técnicas (CITs), foram realizadas oficinas participativas com as partes interessadas. O objetivo foi envolver a comunidade, reforçando o sentimento de pertencimento e a apropriação desse espaço.
Em junho, a Fundação Renova também desenvolveu a 1ª oficina em Mariana, para construir a definição participativa do Plano de Ocupação, a proposta pedagógica e o modelo de Gestão Compartilhada do Funcionamento desse local. No CIT de Governador Valadares (MG), além dessas propostas de construção participativa, a 1ª oficina teve foco na construção da concepção do espaço.

Já no CIT de Mariana avançaram, ainda, as ações para instalação dos Cenários, que são espaços distintos para apresentação das informações das ações da Renova.

As ações continuam em andamento.

As atividades do programa estão em andamento.

As atividades do programa estão em andamento.

As atividades do programa estão em andamento.

O programa realizou visitas técnicas, com a equipe da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) no espaço do Centro de Informação para População em Governador Valadares (MG). O objetivo foi fazer o levantamento e reconhecimento do local para continuidade na elaboração da concepção do espaço.

Na segunda semana de janeiro, a reforma do espaço externo do Centro de Informação para População em Mariana foi concluída. Este ambiente também proporcionará a realização de atividades com a comunidade.

Com as reformas finalizadas, o Centro de Informação e Atendimento (Cia) de Mariana foi transferido para o espaço do Casarão. Além de registrar e acompanhar manifestações, esclarecer dúvidas e atender às reivindicações dos atingidos, o novo endereço integra outras ações com o objetivo de aproximar as pessoas da reparação. Tiveram início as atividades de integração do espaço com a comunidade, por meio do projeto Conexão Férias.

Foi concluída a reforma estrutural do casarão que vai abrigar o Centro de Informação para a População de Mariana, em Minas Gerais. Todos os ambientes do local foram adaptados para criar um espaço de interação e informação a respeito das ações da Fundação Renova para a população. No local também funcionará o Centro de Informação e Atendimento, pronto para receber manifestações da comunidade.

As equipes da Fundação Renova realizaram uma visita técnica ao espaço do Centro de Informação para População de Governador Valadares, em Minas Gerais, e, durante a visita, fizeram um levantamento sobre as melhorias necessárias na infraestrutura do local.

Também ficou acertado com a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) a entrega, em março de 2018, da proposta técnica e comercial para a concepção do Centro de Informação para a População do estado.

A reforma do casarão, que abrigará o Centro de Informação para População em Mariana (MG), teve continuidade. Seus ambientes também estão sendo adaptados, de forma a criar um espaço voltado para interação e informação da população a respeito das ações da Fundação Renova. Nesse mesmo local também funcionará o Centro de Informação e Atendimento, preparado para receber manifestações da comunidade.

No dia 8 de novembro, a Renova apresentou o andamento desse projeto à Câmara Técnica de Comunicação, Participação, Diálogo e Controle Social. A previsão é que toda a estrutura seja concluída em janeiro de 2018 para que o Centro de Informação comece a operar ainda no primeiro semestre.

Pensando em criar um ambiente voltado para interação e informação da população de Mariana (MG) sobre as ações da Fundação Renova, foi planejado o Centro de Informação para População, que funcionará em um casarão que está passando por reformas para adequação de seus ambientes. Nesse mesmo local também funcionará o Centro de Informação e Atendimento, preparado para receber reclamações/solicitações da comunidade.

No dia 4 de outubro, foi realizada reunião com a Universidade Federal do Espírito Santo Também (UFES) para dar início à concepção do Centro de Informação para a População. Ele será instalado em Linhares (ES).

Pensando em criar um ambiente voltado para interação e informação da população de Mariana (MG) sobre as ações da Fundação Renova, foi planejado o Centro de Informação para População, que funcionará em um casarão que está passando por reformas para adequação de seus ambientes. Nesse mesmo local também funcionará o Centro de Informação e Atendimento, preparado para receber reclamações/solicitações da comunidade.

Também foi definido o local onde será instalado o Centro de Informação para a População de Governador Valadares (MG).

As principais informações que definem o Programa de Informação para a População foram apresentadas à Câmara Técnica de Comunicação, Participação, Diálogo e Controle Social, em Linhares (ES).

Estão em andamento os estudos para definição de melhorias nos Centros de Informação. Também estão sendo elaborados o escopo técnico e a proposta pedagógica a serem implementados nos centros de informação de Mariana e Governador Valadares, em Minas Gerais, pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Em agosto, foi concluída a locação do espaço destinado ao Centro de Informação de Mariana (MG).

Início do processo de melhoria nos centros de informação para população. Foram definidas as maneiras como estes espaços podem ser melhor estruturados e desenvolvido um conteúdo e proposta do Projeto Expográfico.

Em junho, a Fundação Renova recebeu 14.385 manifestações, por meio de seus Canais de Relacionamento (Fale Conosco, 0800, Centros de Informação e Atendimento). Já o número de manifestações concluídas no mês, chegou a 12.204, independentemente da data de recebimento.

Também em junho, entrou em funcionamento outro Centro de Informação e Atendimento, no município de Tumiritinga (MG). O local recebe, registra e trata manifestações de todos os assuntos, referentes à Fundação Renova, através do atendimento presencial. Ao todo, 13 Centros estão em funcionamento.

Foi iniciado treinamento com a nova equipe da empresa AeC, responsável, a partir de julho, pelo atendimento do 0800 e Fale Conosco da Fundação Renova. Este atendimento passa ser realizado em Belo Horizonte, o que facilitará o contato e gestão destes canais. Além de facilitar as capacitações necessárias de forma a humanizar os atendimentos.

Nove capacitações/treinamentos foram realizadas com os agentes comunitários (responsáveis pelos atendimentos presenciais dos Centros de Informação e Atendimento), com foco nas ações dos programas da Fundação Renova e objetivando melhorar o nível de informações a serem repassadas às pessoas que procuram os Canais de Relacionamento da Fundação.

Em maio, a Fundação Renova recebeu 18.267 manifestações por meio de seus Canais de Relacionamento (Fale Conosco, 0800, Centros de Informação e Atendimento). O número de manifestações concluídas no mês chegou a 17.670 (independentemente da data de recebimento).

Foram realizadas reuniões entre as equipes dos programas geridos pela Fundação Renova para caracterização dos imóveis para implantação dos Centros de Informações Técnicas.

Em março, foram realizadas reuniões entre as equipes dos programas geridos pela Fundação Renova para caracterização dos imóveis para implantação dos Centros de Informações Técnicas.

Protocolados 554 registros nos Centros de Atendimentos e Informações. Os principais temas abordados estão relacionados ao Programa de Indenização Mediada (PIM) e ao cadastramento de impactados. Seguem em andamento as operações das bases física regionais e do centro de informações técnicas.

Foi consolidada a unificação com o programa “Diálogo Social”, conforme deliberação do Comitê Interfederativo (CIF). Seguem em andamento as operações das bases físicas regionais e do centro de informações técnicas.

Foi iniciada a unificação com o programa “Diálogo Social”, com os centros de informação e com os postos de atendimento.

Foi iniciada a discussão na Câmara Técnica de Comunicação, Diálogo e Participação Social sobre a possibilidade de unificar os programas “Informação Para População” e “Diálogo Social”, já que apresentam sinergia entre si.

Foi iniciada a discussão na Câmara Técnica de Comunicação, Diálogo e Participação Social sobre a possibilidade de unificar os programas “Informação Para População” e “Diálogo Social”, já que apresentam sinergia entre si.

A definição do escopo para atendimento ao programa está em discussão.


Compartilhar:

Fotos e vídeos do programa

Tenha acesso a fotos e vídeos sobre este programa da Fundação Renova.

Deixe seu comentário