Fundação Renova

1 – Levantamento e Cadastro dos Impactados

Objetivo do programa

Cadastramento de pessoas físicas e jurídicas (micro e pequenas empresas) atingidas pelo rompimento da barragem. O cadastro busca levantar informações sobre os impactos sociais, culturais e econômicos, que apoiem a execução dos demais programas de reparação da Fundação Renova.

Progresso do programa

• Foram disponibilizados quatro dossiês pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana em junho/2020, contabilizados até a data de corte 25/06/2020.

• Foram disponibilizados quatro dossiês pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana em maio de 2020.

• No cadastramento de Mariana/MG, foram realizadas 1.325 entrevistas, superando a estimativa inicial de 1.175, correspondentes à Fase 1 – aplicação do formulário de cadastro (acumulado desde o início do programa até abril/2020).
• Foram realizadas 732 vistorias (acumulado desde o início do programa até abril/2020), que representa 95% do total de 770 propriedades estimadas. Ressalta-se que a mobilização é realizada pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana.
• A Fundação Renova suspendeu as atividades de campo, desde 08/04/2020, por tempo indeterminado, devido ao covid-19.

• No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1.325 entrevistas, superando a estimativa inicial de 1.175, correspondentes à Fase 1 – aplicação do formulário de cadastro (acumulado desde o início do programa até março de 2020).
• Foram realizadas 728 vistorias (acumulado desde o início do programa até março de 2020), que representam 95% do total de 770 propriedades estimadas.

• No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1.325 entrevistas, superando a estimativa inicial de 1.175, correspondentes à Fase 1 – aplicação do formulário de cadastro (acumulado desde o início do programa até 27/02/2020).
• Foram realizadas 728 vistorias (acumulado desde o início do programa até 27/02/2020), que representam 95% do total de 770 propriedades estimadas.

• No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1.325 entrevistas, superando a estimativa inicial de 1.175, correspondentes à Fase 1 – aplicação do formulário de cadastro (acumulado desde o início do programa até 06/02/2020).
• Foram realizadas 724 vistorias (acumulado desde o início do programa até 06/02/2020), que representam 94% do total de 770 propriedades estimadas. Causa: baixa mobilização de famílias em relação à capacidade instalada. Contramedida: não se aplica. A Fundação Renova não tem controle sobre o agendamento das vistorias. Esse agendamento é controlado pela Cáritas.
• Foram enviados ao CIF 34.558 cadastros de propriedades referentes às campanhas 1, 2 e 3 (acumulado desde o início do programa até janeiro/2020), dos quais 34.073 já estão disponíveis no Sistema de Gestão de Stakeholders (SGS). Esses valores não contemplam os cadastros de Mariana.

No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1.323 entrevistas superando a estimativa inicial de 1.175 correspondentes à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro até 06 de janeiro de 2020.
Foram finalizados 27.953 (94%) pareceres de avaliação de impacto de um total de 29.679 famílias cujo cadastrado foi enviado ao CIF até dezembro de 2019. Esses valores não contemplam os cadastros de Mariana.
O cadastro das pessoas não atendidas em Mariana no ano de 2018 estava previsto para ser finalizado em 2019, porém não foi concluído. Causa: Baixa mobilização de famílias em relação à capacidade instalada. Contramedida: Não se aplica. A Fundação Renova não tem atuação nas vistorias realizadas em Mariana, pois são executadas pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana. Por meio do ofício SEQ19810/2019/GJU, foi solicitada à Assessoria prioridade no cadastro dos atingidos dos Reassentamentos de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo. A Assessoria respondeu que a decisão não cabe a ela, mas sim à Comissão de Atingidos pela Barragem do Fundão (CABF).
O programa não foi encerrado em 2019, conforme previsto. Causa: Discordância entre Fundação Renova e CIF/CT-OS, conforme evidenciados nas Deliberações 251, 277 e 346, devido às necessidades de melhorias no processo. Contramedida: Realizar melhorias no processo: elaborar novo questionário de aplicação de pesquisa, desenvolver melhorias no sistema para suportar as melhorias do processo e treinar atendentes.

• No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1.279 entrevistas até 14/11/2019, superando a estimativa inicial de 1.175 correspondentes à Fase 1 – aplicação do formulário de cadastro.
• Foram realizadas 681 vistorias (88%) do total estimado de 770 propriedades em Mariana. Causa: baixa mobilização de famílias em relação à capacidade instalada. Contramedida: Não se aplica. A Fundação Renova não tem atuação nas vistorias realizadas em Mariana, pois são executadas pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana.
• Foram enviados ao CIF 32.710 cadastros de propriedades, referentes às campanhas 1, 2 e 3 (acumulado desde o início do programa até novembro/19), dos quais, 32.580 já estão disponíveis no SGS.

• No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1.246 entrevistas, superando a estimativa inicial de 1.175 correspondentes à Fase 1 – aplicação do formulário de cadastro até 30/10.
• Foram realizadas 681 vistorias (88%) do total estimado de 770 propriedades. O resultado está abaixo da meta para o período, em virtude de uma menor mobilização de famílias em relação à capacidade instalada. Ressalta-se que a mobilização é realizada pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana.
• Foram enviados ao CIF 32.710 cadastros de propriedades referentes às campanhas 1, 2 e 3 (acumulado desde o início do programa até outubro/2019), dos quais, 31.951 já estão disponíveis no SGS. Esses valores não contemplam os cadastros de Mariana.

• No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1.202 entrevistas superando a estimativa inicial de 1.175 correspondentes à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro até 30/09/2019.
• O número de vistorias realizadas permaneceu em 641 (83%), do total estimado de 770 propriedades. O resultado está abaixo da meta para o período em virtude de uma menor mobilização de famílias em relação à capacidade instalada. Ressalta-se que a mobilização é realizada pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana.
• Foram enviados ao CIF 32.710 cadastros de propriedades referentes às campanhas 1, 2 e 3 (acumulado desde o início do programa até setembro/19), dos quais, 31.838 já estão disponíveis no SGS.

• No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1.177 entrevistas, superando a estimativa inicial de 1.175 correspondentes à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro até 31/08/2019.
• O número de vistorias realizadas permaneceu em 641 (83% do total estimado de 770 propriedades). O resultado está abaixo da meta para o período em virtude de uma menor mobilização de famílias em relação à capacidade instalada. Ressalta-se que a mobilização é realizada pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana.
• Foram enviados ao CIF 32.710 cadastros de propriedades referentes às campanhas 1, 2 e 3 (acumulado desde o início do programa até agosto/19), dos quais 31.807 já estão disponíveis no SGS.

• No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1.120 (95%) entrevistas correspondentes à Fase 1, de um total estimado de 1.175 — aplicação do formulário de cadastro até 31/07/2019.
• Foram realizadas 641 vistorias (83%) do total estimado de 770 propriedades. O resultado está abaixo da meta para o período em consequência de uma menor mobilização de famílias em relação à capacidade instalada. A mobilização é realizada pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana.
• Foram enviados ao CIF 32.710 cadastros de propriedades referentes às campanhas 1, 2 e 3 (acumulado desde o início do programa até julho/19). 31.508 deles já estão disponíveis no SGS.

• No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1.077 (91,6%) entrevistas do total estimado de 1.175, correspondentes à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro até 24/06/2019.
• Foram realizadas 631 vistorias (82%) do total estimado de 770 propriedades. O resultado está abaixo da meta para o período em virtude de uma menor mobilização de famílias em relação à capacidade instalada. Ressalta-se que a mobilização é realizada pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana.
• Acumulado até o mês em análise: foram enviados 32.294 cadastros de propriedades ao CIF, referentes às campanhas 1, 2 e 3. Em número de famílias, representa 28.597 cadastros enviados ao longo das campanhas mencionadas.
• Contrato assinado com a Synergia para fornecimento de serviços relacionados à operacionalização do cadastro (checklist, aplicação entrevistas, vistorias, produção de laudos e portfólios).

• No cadastramento de Mariana, foram realizadas 1046 entrevistas do total estimado de 1.175 correspondentes à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro (o acréscimo de 250 famílias, em relação ao mês anterior, se deve à indicação da Assessoria Técnica da identificação dessas novas famílias a serem atendidas em 2019).
• Foram realizadas 615 vistorias (80%), do total estimado de 770 propriedades. O resultado está abaixo da meta para o período em virtude de uma menor mobilização de famílias em relação à capacidade instalada. Ressalta-se que a mobilização é realizada pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana.
• Acumulado até o mês em análise: foram enviados 32.203 cadastros ao CIF, referentes às campanhas 1, 2 e 3.

No cadastramento de Mariana, foram realizadas 992 entrevistas do total estimado de 925 correspondentes à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro.
Foram realizadas 583 vistorias (75%) do total estimado de 770 propriedades. O resultado está abaixo da meta para o período em virtude de uma menor mobilização de famílias em relação à capacidade instalada. Ressalta-se que a mobilização é realizada pela Assessoria Técnica da Comissão de Atingidos de Mariana.
Planejamento do cadastro dos remanescentes (famílias não localizadas e demais casos excepcionais) das campanhas 1, 2, 3 e Emergencial, levando em consideração a estimativa do universo a ser cadastrado e a produtividade média da Synergia em campo, com prazo de conclusão previsto para 29/11/2019.
Para o mês em análise, não foram encaminhados novos lotes ao CIF. Dessa forma, permanecem como enviados ao CIF 32.078 cadastros. Destes, foram aprovados pelo CIF 27.424.

No cadastramento de Mariana, foram realizadas 923 entrevistas, do total estimado de 925 correspondentes à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro.
Foram realizadas 570 vistorias (74%), do total estimado de 770 propriedades.
Continuidade do cadastramento das famílias não localizadas e demais casos excepcionais das campanhas 1, 2 e 3, que têm prazo de conclusão em 28/06/2019.
Ao todo, são 54.208 solicitações de cadastro das campanhas 1, 2, 3 e Fase 2, além de mais 8.611 famílias do Cadastro Emergencial.
Cadastros enviados ao CIF: 32.078
Cadastros aprovados pelo CIF: 27.424 — o restante está em análise pelo CIF.

Cadastramento da Fase 1 de Mariana. Foram realizadas 923 entrevistas do total estimado de 924 correspondentes à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro. O cadastro e as etapas de aplicação (Fase 1 e Fase 2) são de responsabilidade da Assessoria Técnica (Cáritas).
Foram realizadas 533 vistorias (86%), do total estimado de 621 propriedades.
Continuidade do cadastramento das famílias não localizadas e demais casos excepcionais das campanhas 1, 2 e 3, consolidando um total de 2.662 manifestantes.
54.107 Solicitações de Cadastro das campanhas 1, 2, 3 e Fase 2 + 8.611 famílias do Cadastro Emergencial, consolidando 62.718 solicitações de cadastro.
Cadastros enviados ao CIF: 31.854
Cadastros aprovados pelo CIF: 27.424 (o restante está em análise pelo CIF).

Cadastramento da Fase 1 de Mariana (universo mapeado até o dia 30/01).
Foram realizadas 922 entrevistas do total estimado de 925, correspondentes à
Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro. O cadastro e as etapas de aplicação (Fase 1 e Fase 2) são de responsabilidade da Assessoria Técnica (Cáritas), da qual a Fundação Renova não tem gestão ativa.
Foram realizadas 455 vistorias (63%), do total estimado de 770 propriedades,
universo mapeado até o dia 25/01. Previsão de conclusão em 29/03/2019.
Continuidade do cadastramento das famílias não localizadas e demais casos
excepcionais das campanhas 1, 2 e 3, consolidando um total de 1.922 manifestantes que têm prazo de conclusão em 28/06/2019.
53.703 solicitações de cadastro das campanhas 1, 2, 3 e Fase 2 + 8.572 cadastros emergenciais, consolidando 62.275 solicitações de cadastro (data de
corte: 30/01).
Cadastros enviados ao CIF: 31.716
Cadastros aprovados pelo CIF: 26.521.
O restante está em análise pelo CIF (data de corte 30/01).

Cadastramento da Fase 1 de Mariana (universo mapeado até o dia 21/12/18). Foram realizadas 921 entrevistas do total estimado de 925 correspondentes à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro. O cadastro e as etapas de aplicação (Fase 1 e Fase 2) são de responsabilidade da Assessoria Técnica (Cáritas), portanto, ainda não há definição de finalização.
Foram realizadas 454 vistorias do total estimado de 770 propriedades (59%), universo mapeado até o dia 21/12/18.
Continuidade do cadastramento das famílias não localizadas e demais casos excepcionais das campanhas 1, 2 e 3.
Enviados ao CIF os lotes 29 e 30, contendo 184 e 321 cadastros de propriedades, respectivamente.
Solicitações de cadastro: 40.181, sendo 31.609 campanhas 1, 2, 3 e Fase 2 + 8.572 cadastros emergenciais (data de corte 08/01/19).
Cadastros enviados ao CIF: 31.737. Cadastros aprovados pelo CIF: 26.521 (data de corte 02/01/19)

Cadastramento da Fase 1 de Mariana (universo mapeado até o dia 26/11/18). Foram realizadas 921 entrevistas do total estimado de 854 correspondentes à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro. O cadastro e as etapas de aplicação (Fase 1 e Fase 2) são de responsabilidade da Assessoria técnica (Cáritas), portanto, ainda não há definição de finalização.

Foram realizadas 440 vistorias do total estimado de 526 propriedades (84%), universo mapeado até o dia 26/11/18.

Continuidade do cadastramento das famílias não localizadas e demais casos excepcionais das campanhas 1, 2 e 3.

Envio do Lote 28 ao CIF contendo 445 cadastros de propriedades.

Cadastramento da Fase 1 de Mariana (universo mapeado até o dia 22/10/18). Foram realizadas 897 entrevistas do total estimado de 854, correspondente à Fase 1 — aplicação do formulário de cadastro. O cadastro e as etapas de aplicação (Fase 1 e Fase 2) são de responsabilidade da Assessoria Técnica (Cáritas), portanto, ainda não há definição de finalização.

Foram realizadas 371 vistorias do total estimado de 526 propriedades (70,5%), universo mapeado até o dia 23/10/18.

Continuidade do cadastramento das famílias não localizadas e demais casos excepcionais das campanhas 1, 2 e 3.

Cadastramento da fase 1 de Mariana (universo mapeado até o dia 30/09/2018), foram realizadas 890 entrevistas do total estimado de 854, correspondente à fase 1 (aplicação do formulário de cadastro). O cadastro e as etapas de aplicação (fase 1 e fase 2) são de responsabilidade da Assessoria Técnica (Cáritas), portanto, ainda não há definição de finalização.

Início da fase 2 (vistoria técnica dos imóveis) em Mariana (Bento Rodrigues), no dia 20/07/2018 e término previsto para 31/10/2018, etapa necessária para aferição dos danos sofridos.
Realizadas 283 vistorias do total estimado de 526 propriedades, que contempla 890 cadastros da fase 1 (aplicação do formulário de cadastro) — universo mapeado até o dia 30/09/2018.

Início do cadastramento dos Camaroeiros de Vitória;

Continuidade do cadastramento das famílias não localizadas e demais casos excepcionais das campanhas 1, 2 e 3.

Cadastramento da Fase 1 de Mariana (universo mapeado até o dia 31/08/2018), foram realizadas 864 entrevistas do total estimado de 854, correspondente à Fase 1 (aplicação do formulário de cadastro).

Início da fase 2 (Vistoria técnica dos imóveis) em Mariana (Bento Rodrigues) no dia 20/07/2018 e término previsto para 31/10/2018, etapa necessária para aferição dos danos sofridos. Realizadas 177 vistorias do total estimado de 526 propriedades, que contempla 864 cadastros da Fase 1 (aplicação do formulário de cadastro), universo mapeado até o dia 31/08/2018).

Cadastros enviados ao CIF - O Lote_27 é referente ao público da campanha 03, com 3.363 propriedades, 2.827 famílias e 9.471 pessoas, totalizando 30.787 cadastros entregues ao CIF referentes à campanha 03.

Início da fase 2 (Vistoria técnica dos imóveis) em Mariana (Bento Rodrigues) no dia 20/07/2018 e término previsto para 31/10/2018, etapa necessária para aferição dos danos sofridos.

Realizadas 29 vistorias do total estimado de 500.

Cadastros enviados ao CIF - O Lote_26 é referente ao público da campanha 03, com 903 propriedades, 731 famílias e 2.064 pessoas, totalizando 6.338 cadastros entregues ao CIF referentes à campanha 03.

O Lote 25, enviado ao CIF, refere-se ao público da campanha 03, totalizando 1.090 propriedades, 1.002 famílias e 2.946 pessoas. Com essa remessa, somaram-se 5.071 cadastros entregues ao CIF.

Nesse período, foram enviados 3.981 cadastros ao CIF relativos à Campanha 3, que tem como objetivo tratar as demandas dos 11.412 manifestantes que solicitaram cadastro no período de 1º de abril de 2017 a 2 de janeiro de 2018. O lote enviado considera demandas de 842 famílias, totalizando 2.575 pessoas e 984 propriedades.

Outra atividade retomada em maio, no dia 19, foi o cadastramento das famílias do município de Mariana. A ação contemplou a realização de 776 das 823 previstas. A iniciativa correspondentes à etapa 1 (aplicação do formulário de cadastro), 94,5% de concluída.

A Campanha 3 de cadastramento, que está em fase de execução, tem como objetivo tratar as demandas dos 11.412 manifestantes que solicitaram cadastro no período de 1º de abril de 2017 a 2 de janeiro de 2018. Ao todo, foram enviados 3.360 cadastros ao CIF relativos à Campanha 3.

O Cadastramento das Famílias do Município de Mariana é outra atividade que está em andamento. Por meio dele foram realizadas, até o dia 30 de abril de 2018, 744 das 823 entrevistas programadas. Essa iniciativa correspondentes à etapa de aplicação do formulário de cadastro, a etapa 1.

Nesse período, a Assessoria Técnica dos Atingidos de Mariana – Cáritas Brasileira também apresentou a nova estimativa do total de núcleos familiares a serem cadastrados. O número passou de 595 para 760 e, posteriormente, para 823.

Também foi aprovada, nesse período, nova contratação da Synergia, responsável por dar continuidade aos trabalhos de cadastro.

Foi contratada, ainda, uma profissional especializada em gestão da informação. Ela será responsável pela identificação dos estudos de impactos sociais, culturais, econômicos e ambientais realizados pela Fundação Renova, para posterior análise.

Continuidade da campanha 3 de cadastramento, que tem o objetivo de tratar 11.412 solicitações feitas entre abril de 2017 e janeiro de 2018. Foram enviados 2.757 cadastros ao CIF, relativos à Campanha 3, considerando último envio realizado em 28 de março.

O cadastramento das famílias de Mariana (MG) está em andamento. Em março foram realizadas 580 entrevistas correspondentes à etapa 1 (aplicação do formulário de cadastro). A Cáritas, assessoria técnica dos atingidos de Mariana, apresentou uma nova estimativa do total de núcleos familiares a serem cadastrados na zona rural. De 760, o número passou para cerca de 820.

A previsão para o término desta fase estava prevista para 28 de fevereiro e foi reprogramada para o dia 21 de abril de 2018. Entre as causas do atraso apontada pela assessoria técnica, responsável pela aplicação dos formulários, destacam-se:

· dificuldade na realização dos agendamentos com as famílias;
· problemas logísticos das equipes de aplicadores da Cáritas, o que impacta nos horários de início e duração das aplicações das pesquisas, que têm durado mais de um dia em alguns núcleos familiares;
· questões técnicas do formulário de cadastro reelaborado pela Comissão de Atingidos e Cáritas e problemas técnicos da aplicação.

No dia 06 de fevereiro de 2018 foi disponibilizado acesso ao sistema de informações (SGS) para membros da Câmara Técnica de Organização e Saúde (CTOS) para monitoramento e acompanhamento da evolução das ações junto aos atingidos. Com o objetivo de dar encaminhamentos às ações do programa e monitorar as suas atividades, foi inaugurado, no dia 08 de fevereiro, o Grupo de Trabalho do cadastro. Na mesma Câmara, foi apresentada uma síntese dos impactos em Sooretama (ES) para o atendimento a Deliberação 58/93 do Comitê Intefederativo (CIF), que trata das “Novas Áreas”. Em Mariana (MG), dos 760 cadastros previstos até o dia 31 de maio, foram realizados 382 até o dia 28 de fevereiro. Também foi enviado ao CIF para aprovação o lote 21 referente à Campanha 3 do Cadastro.

No mês de janeiro, houve a continuidade da campanha de cadastramento para as manifestações registradas entre abril de 2017 e 2 de janeiro de 2018. Até 30 de janeiro, foram enviados 1.588 cadastros ao CIF.

Em Mariana (MG), o formulário foi incluído no sistema e as equipes de pesquisadores foram treinados, garantindo toda infraestrutura necessária para início do cadastramento no município em fevereiro de 2018. A Fundação Renova continua implementando os últimos ajustes para as demais etapas do processo de cadastro.

Uma tabela de informações dos programas acompanhados pela Câmara Técnica de Organização Social e Auxílio Emergencial (CTOS) foi construída e entregue para a Câmara Técnica, aprimorando o monitoramento da evolução das ações. Também será concedido aos membros da CTOS o acesso ao sistema de informações da Fundação Renova, permitindo o acompanhamento em tempo real.

Foi iniciada a campanha final de cadastramento para as manifestações registradas a partir de abril de 2017 até 31 de dezembro de 2017. Em dezembro, das 2.920 pesquisas realizadas com potenciais atingidos, 1.334 foram enviadas ao Comitê Interfederativo (CIF). Em Mariana (MG), a Comissão de Atingidos encaminhou os últimos ajustes indicados para o Formulário Integrado, que será utilizado no município. A Fundação Renova já está em fase final de consolidação dessas demandas.

Foi finalizada, em outubro de 2017, a segunda campanha ao longo do Rio Doce, totalizando 4.171 cadastros enviados ao Comitê Interfederativo (CIF). 2.035 propriedades foram indexadas. Deste total, 1.663 pesquisas foram aplicadas – 383 foram enviadas ao CIF. A terceira e última campanha de cadastros foi iniciada, em novembro, para contemplar as manifestações registradas de abril a dezembro de 2017.

Em Mariana (MG), um passo importante foi dado para que o cadastramento dos atingidos tenha início. O grupo técnico, formado pela Comissão de Atingidos, Cáritas, Ministério Público e Fundação
Renova, fechou um acordo sobre o formato do formulário e o cronograma, para os atingidos que moram na zona rural. Após a validação, será iniciado o processo de cadastramento. Também foi feito o envio de 742 cadastros de novas propriedades em função de desmembramentos familiares, além de adição de propriedades em pós-atendimento ao fechamento da primeira campanha.

A segunda campanha ao longo do Rio Doce foi finalizada em outubro de 2017, totalizando 4.171 cadastros enviados ao Comitê Interfederativo (CIF).

Foi iniciada nova campanha de cadastros, contemplando as manifestações registradas a partir de abril de 2017. Em outubro, 2.035 propriedades foram indexadas. Deste total, 1.663 pesquisas foram aplicadas, sendo que 383 foram enviadas ao CIF.

Em Mariana (MG), os ajustes no Formulário Integrado para atender as especificidades dos impactos ocorridos foram encaminhados à Comissão de Atingidos e, após validação, será iniciado o processo de cadastramento.

Também foi feito o envio de 742 cadastros de novas propriedades em função de desmembramentos familiares, além de adição de propriedades em pós-atendimento ao fechamento da primeira campanha.

Envio de 742 cadastros de novas propriedades, devido aos desmembramentos familiares e adição de propriedades após o fechamento da primeira campanha de cadastro.

No decorrer da segunda campanha, foram indexadas 6.769 propriedades na etapa de georreferenciamento. Desse total, 5.613 pesquisas foram aplicadas e estão em processo de entrega dos formulários às famílias, sendo que 3.319 já foram enviados ao Comitê Interfederativo (CIF).

Em Mariana (MG), os ajustes no Formulário Integrado para atender as especificidades dos impactos ocorridos na cidade continuam. Após finalização, será definido o cronograma de cadastramento no município.

No Espírito Santo, nos municípios de Serra, Aracruz, Linhares e São Mateus, foram realizados 3.651 cadastros . Além do cadastramento, em atendimento à deliberação CIF nº 58, foi concluído o diagnóstico socioespacial participativo, que servirá como apoio na qualificação dos impactos identificados e construção das ações de reparação.

Continuidade da segunda campanha ao longo do Rio Doce. Foram indexadas 4.271 propriedades na primeira etapa do processo (georreferenciamento das propriedades). Desse total, 3.810 pesquisas foram aplicadas e estão em processo de entrega dos formulários às famílias. Em agosto, foram enviados 1.005 cadastros da Campanha 2 ao Comitê Interfederativo (CIF), totalizando 2.194 cadastros enviados. No total, até o fim do mês, foram feitos 18.668 cadastros integrados.

A Fundação Renova, a Comissão de Atingidos, a Assessoria Técnica (Cáritas) e o Ministério Público se reuniram para discutir o cadastramento de pessoas e empresas atingidas em Mariana (MG). Foram realizadas 15 reuniões deste grupo de trabalho para definir ajustes no Formulário Integrado. O objetivo é atender às especificidades dos impactos ocorridos na cidade. As mudanças estão sendo consolidadas.

Em relação às novas localidades no Espírito Santo, foram realizados 3.556 cadastros nas cidades de Serra, Aracruz, Linhares e São Mateus. Além do cadastramento, está sendo finalizado o diagnóstico sócio-espacial participativo, voltado para qualificar as percepções de impactos socioeconômicos, nestas comunidades.

Continuidade da segunda campanha ao longo do rio Doce. Foram indexadas 6.199 propriedades (primeira etapa do processo de cadastramento, que consiste no georreferenciamento das propriedades). Desse total, 2.829 pesquisas foram aplicadas e estão em processo de entrega dos formulários às famílias, sendo que 1.189 foram enviados ao Comitê Interfederativo (CIF) em 11 de julho de 2017.

Em Mariana (MG), estão sendo realizadas as discussões sobre o cadastramento das pessoas e empresas impactadas na localidade, envolvendo a Fundação Renova, a Comissão de Atingidos, sua Assessoria Técnica (Cáritas) e o Ministério Público.

Em relação às novas localidades no Espírito Santo, foram realizados 2.827 cadastros em quinze novas localidades dentro da área de proibição de pesca. Em nove localidades (Campo Grande, Barra Nova Norte, Nativo, Fazenda Pontal, São Miguel, Gameleira, Ferrugem, Rio Preto e Nova Almeida), onde o cadastramento ainda não começou, outras metodologias de pesquisa voltadas à identificação de aspectos socioeconômicos foram aplicadas.

Continuidade da segunda campanha ao longo do Rio Doce. Até 30 de junho de 2017, foram indexadas 4.787 propriedades (primeira etapa do processo de cadastramento, que consiste no georreferenciamento das propriedades). Desse total, 1.891 pesquisas foram aplicadas e estão em processo de entrega dos formulários às famílias.

Campanha de cadastramento do grupo prioritário, com a realização de 1.735 cadastros, cujos responsáveis não foram encontrados na primeira campanha. Desse total, após o processo de avaliação quanto à elegibilidade ao cadastro e verificação de duplicidades/inclusões em núcleos familiares já cadastrados, foram realizadas, até 14 de junho, 1.611 pesquisas.

Em Mariana (MG), estão sendo realizadas discussões sobre o cadastramento das pessoas e empresas impactadas na localidade, envolvendo a Fundação Renova, a Comissão de Atingidos, sua Assessoria Técnica (Cáritas) e o Ministério Público.

Foi finalizada a primeira campanha de cadastramento em Barra Longa (MG), em 06 de junho de 2017, resultando no envio de 159 cadastros ao Comitê Interfederativo (CIF). Outros 381 já foram realizados e deverão ser encaminhados ao CIF nos próximos lotes, totalizando 540 cadastros em Barra Longa.

Com relação às novas localidades no Espírito Santo, foram realizados 1.029 cadastros em nove delas, que fazem parte da área de proibição de pesca. Em outras dez (Campo Grande, Barra Nova Sul, Barra Nova Norte, Nativo, Fazenda Pontal, São Miguel, Gameleira, Ferrugem, Pontal de Santa Cruz e Nova Almeida), onde ainda não houve manifestações de cadastros, estão em curso outras metodologias de pesquisa voltadas à identificação de aspectos socioeconômicos.

Em junho, foi apresentado aos programas o estudo relativo às atividades pesqueiras. Este documento apresenta os principais resultados da primeira campanha do Cadastro Integrado Socioeconômico (CI) referente às famílias afetadas pelo rompimento da barragem de Fundão, que declararam perdas relacionadas ao exercício da atividade pesqueira, e servirá de subsídio para reflexões e análises, além da base para a estruturação dos mais diversos programas que atendam a esse público.

Continuidade da segunda campanha ao longo do Rio Doce, iniciada em abril e prevista para terminar em outubro de 2017. Até 31 de maio de 2017, foram indexadas 2.681 propriedades (primeira etapa do processo de cadastramento, que consiste no georreferenciamento das propriedades). Desse total, 1.151 pesquisas foram aplicadas e estão em processo as entregas dos formulários às famílias.

Ainda na segunda campanha, está sendo realizado, prioritariamente, o processo de cadastramento das 1.735 manifestações cujos responsáveis não foram encontrados na primeira campanha. Ao longo do cadastramento desses manifestantes, houve a inclusão de 188 novas propriedades, fazendo com que o número de cadastros prioritários previstos aumentasse para 1.923. Desse total, foram realizadas, até 31 de maio, 1.524 pesquisas. A previsão de encerramento da campanha prioritária é 18 de junho.

Em Mariana (MG), estão sendo realizadas as discussões sobre o cadastramento das pessoas e empresas impactadas na localidade, envolvendo a Fundação Renova, Comissão de Atingidos, sua Assessoria Técnica (Cáritas) e o Ministério Público. Até 31 de maio, foram realizadas oito reuniões do Grupo de Trabalho que trata deste assunto. Nelas, estão sendo discutidos os ajustes no Formulário Integrado, voltados a atender as especificidades dos impactos ocorridos em Mariana.

Em Barra Longa (MG), a primeira campanha de cadastramento está próxima do término, tendo sido enviados, até o dia 31 de maio, 389 cadastros ao Comitê Interfederativo (CIF), de um total previsto de 566.

Com relação às 22 novas localidades no Espírito Santo, foram realizados 1.029 cadastros em nove delas, que fazem parte da área de proibição de pesca. Em outras 10 (Campo Grande, Barra Nova Sul, Barra Nova Norte, Nativo, Fazenda Pontal, São Miguel, Gameleira, Ferrugem, Pontal de Santa Cruz e Nova Almeida), onde ainda não houve manifestações de cadastros, há a necessidade de realizar estudos qualitativos para compreender melhor os aspectos socioeconômicos locais.

Em abril, teve início uma nova campanha de cadastramento ao longo do Rio Doce, com previsão de término em outubro de 2017. Até o momento, foram realizados 441 cadastros.

Em Mariana (MG), tem evoluído as discussões sobre as temáticas e processos do cadastro envolvendo a Comissão de Atingidos, Assessoria Técnica (Cáritas) e Ministério Público. Foi definido o cronograma de trabalho para discutir potenciais complementações a serem incorporadas ao cadastramento no município, além de ter sido apresentado o programa de Ressarcimento e de Indenização aos Impactados nas reuniões realizadas.

Já em Barra Longa (MG), até o momento, foram enviados 230 cadastros ao Comitê Interfederativo (CIF), de um total de 531.

Referente ao processo de cadastramento das 1.735 manifestações feitas em março e categorizadas no grupo prioritário da segunda campanha – ou seja, aqueles não encontrados na primeira fase –, foram realizadas, em abril, 1.103 pesquisas. Das 1.735 manifestações, ficou constatado que 90 são inelegíveis e 171 resultaram na inclusão de novas propriedades no processo, fazendo com que o número de cadastros prioritários aumentasse para 1.816, em abril. A previsão de encerramento da campanha atual é até 18 de junho.

Em Mariana (MG), foi realizada reunião com a Comissão de Atingidos, Assessoria Técnica e Ministério Público para apresentação do Cadastro Integrado e a definição do cronograma de trabalho voltado para discutir potenciais complementações ao cadastro no município.

Já em Barra Longa (MG), houve indexação, agendamento e realização do cadastro socioeconômico, levantamento de danos e entrega dos formulários preenchidos. No total, foram enviados 230 cadastros do município ao Comitê Interfederativo (CIF).

No trecho do Rio Doce (MG) à Linhares e Aracruz (ES), foram realizadas ações de comunicação e diálogo social para informar as comunidades sobre o programa. A primeira campanha de cadastramento foi concluída com 100% dos cadastros entregues ao CIF. Ao todo, foram enviados 7.962 cadastros ao comitê, sendo 7.761 relativos à Campanha Rio Doce e 201 referentes aos impactados de Barra Longa.

Está em definição o universo dos manifestantes que se tornarão potenciais cadastrados na segunda campanha, por meio da análise e tratamento das solicitações de novos cadastros, que provêm dos canais de relacionamento (0800, fale conosco e postos de atendimento). Esse trabalho gerará a base do trabalho da segunda campanha.

Em Mariana (MG), no dia 13 de fevereiro de 2017, foi realizada reunião com a Comissão de Atingidos, Assessoria Técnica e Ministério Público para a discussão dos principais pontos do parecer técnico apresentado pela Comissão sobre o Cadastro Integrado. No mesmo encontro, foi solicitada também a estruturação de uma agenda de trabalho para discutir tecnicamente a metodologia que será aplicada.

Já em Barra Longa (MG), em Aracruz (ES) e nas comunidades do Rio Doce (MG) à Linhares (ES), foram realizadas ações de comunicação e diálogo social para disseminação de informações sobre o programa, bem como indexação, agendamento, realização do cadastro socioeconômico, levantamentos de danos e entrega dos formulários preenchidos.

Em Mariana (MG), foi realizada reunião, no dia 11 de janeiro de 2017, onde 11 pessoas formalizaram o desejo em conhecer o cadastro dos impactados. O Ministério Público (MP) do município foi informado oficialmente sobre essa agenda. No dia 13 de janeiro, foi realizada reunião com a Comissão de Atingidos, a Assessoria Técnica Cáritas e o MP de Mariana para apresentação do cadastro.

Em Barra Longa (MG), houve indexação, agendamento e realização do cadastro socioeconômico, além dos levantamentos de danos e da entrega dos formulários preenchidos.

Com os moradores de Aracruz (ES) e as comunidades do Rio Doce (MG) à Linhares (ES), foram realizadas as ações de comunicação e diálogo social para disseminação de informações sobre o programa, bem como indexação, agendamento, realização do cadastro socioeconômico, levantamentos de danos e entrega dos formulários preenchidos.

Após reunião do dia 22 de novembro de 2016, entre o Ministério Público, o grupo de impactados de Barra Longa (MG) e representantes da Fundação Renova, ficou decidido que os trabalhos de cadastramento poderiam ser retomados no município com quem desejar dar prosseguimento. Foram realizadas ações de comunicação e diálogo social, além de indexação, agendamento, cadastro socioeconômico e levantamento de danos com os moradores de Aracruz (ES) e das comunidades do Rio Doce (MG) a Linhares (ES).

No mês de novembro de 2016, foram realizadas ações de indexação, agendamento, cadastro socioeconômico e levantamento de danos com os moradores de Aracruz e das comunidades do Rio Doce a Linhares, além da análise e tratamento das solicitações de novos cadastros. A princípio, em Mariana e Barra Longa (MG), o cadastramento continua suspenso. No entanto, em Barra Longa, após reunião entre Fundação Renova, grupo de impactados e Ministério Público, ficou decidido que os trabalhos poderão ser retomados com aqueles que demonstrarem interesse.

No mês de outubro de 2016, foram realizadas ações de comunicação e diálogo social com os moradores de Aracruz e das comunidades do Rio Doce a Linhares. Houve também indexação, agendamento e realização do cadastro socioeconômico, além do levantamento de danos. No mesmo período, foi feita a análise e o tratamento das solicitações de novos cadastros. Foi aprovado no dia 01 de novembro, pelo Comitê Interfederativo, a dilação de prazo para a finalização do cadastramento integrado.

No mês de setembro de 2016, foram realizadas ações de comunicação e diálogo social com moradores de Aracruz e das comunidades do Rio Doce a Linhares. Os encontros também abordaram o programa de cadastramento, bem como a indexação, o agendamento e a realização do cadastro socioeconômico e levantamentos de danos. No mesmo período, foi analisada a consistência do banco de dados do cadastro emergencial de Barra Longa e Rio Doce, além do levantamento das solicitações de novos cadastros.


Compartilhar:
1 – Levantamento e Cadastro dos Impactados

Notícias sobre o programa

Acesse aqui todas as notícias relacionadas a este programa da Fundação Renova.

Perguntas Frequentes

É o programa voltado para a identificação das pessoas, famílias, propriedades e empresas (apenas micro e pequenas) atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), e o levantamento de suas características socioeconômicas, assim como dos impactos sofridos.

A principal diferença refere-se aos tipos de informações levantadas. O cadastro emergencial, iniciado imediatamente após o rompimento da barragem, levantou informações necessárias especificamente para subsidiar ações humanitárias emergenciais nas localidades impactadas. Já o cadastro integrado contém acréscimos de informações que darão suporte outros programas da Fundação Renova, assim como as eventuais ações compensatórias.

O fluxo de cadastramento está dividido em 7 etapas: 1) Análise de elegibilidade ao programa de cadastro (checklist); 2) Indexação, que consiste no georreferenciamento das propriedades; 3) Mobilização; 4) Aplicação da entrevista (Fase 1 e Fase 2, quando elegível); 5) Liberação do formulário preenchido; 6) Entrega do formulário para validação das famílias; 7) Encaminhamento aos demais programas.

Todas as etapas ocorrem dentro do cronograma de cada uma das campanhas de cadastramento. Desde abril até outubro de 2017 estamos na segunda campanha, que tem tratado as manifestações de solicitação de novos cadastros desde outubro de 2016 até março de 2017. Em média, após a uma pessoa ser contatada na primeira etapa (checklist), gasta-se cerca de 90 dias até a finalização de seu cadastro.

Atualmente, o cadastro está na segunda campanha. Nela estão sendo tratadas as manifestações de pedidos de novos cadastros realizados entre 31/10/2016 e 31/03/0217. Todas as pessoas que abriram manifestação nesse período serão contatadas até 31/10/2017.

Em caso de denúncias, as pessoas devem entrar em contato com a Ouvidoria da Fundação Renova pelo número 0800 721 0717 ou enviar um e-mail para ouvidoria@fundacaorenova.org.

No caso de identificação de fraude, devidamente apurada, a Renova poderá excluir o respectivo cadastro, devendo submeter o caso à validação do CIF (Comitê Interfederativo).

Não. Quem não possuir ou não se sentir à vontade em apresentar os documentos solicitados poderá prestar as informações por meio de auto declaração e assinar o termo de anuência.

Não. Ao final do fluxo de cadastramento será elaborada uma avaliação de impacto, a partir de todas as informações coletadas, inclusive, durante a visita técnica (caso a família tenha passado por esta fase). Somente a partir dessa avaliação haverá o reconhecimento de impacto direto (ou não) dentro do escopo de danos do programa, conforme critérios do TTAC.

A consultoria Synergia Socioambiental é a empresa responsável por contatar as famílias que serão ou estão sendo entrevistadas em todo o fluxo de cadastramento, inclusive durante a fase de entrega dos formulários.

As cláusulas específicas referentes ao Programa de Levantamento e Cadastro dos Impactados estão na subseção I.1, cláusulas 19 a 30.

O escopo da primeira campanha do programa é recadastrar todas as famílias cadastradas na fase emergencial e os manifestantes elegíveis que solicitaram cadastro nos canais de relacionamento até dia 30/10/2016.

A data de entrega dos cadastros da primeira campanha para a CTOS/CIF foi no dia 31/03/2017.

Foram cadastradas e entregues à CTOS/CIF:

  • 461 propriedades;
  • 226 famílias;
  • 45.034 pessoas

A data de entrega dos cadastros da segunda campanha para a CTOS/CIF será no dia 31/10/2017.

O CIF é a sigla que representa o Comitê Interfederativo, instância externa e independente da Fundação Renova, que define as prioridades na implementação e execução dos projetos, acompanhando, monitorando e fiscalizando os resultados.

A CTOS é a sigla que representa a Câmara Técnica de Organização Social e Auxílio Financeiro, instância vinculada ao CIF, responsável por avaliar tecnicamente e acompanhar as ações realizadas pelos programas PG001 (Levantamento e Cadastro dos Impactados), PG002 (Indenização Mediada), PG005 (Proteção Social), PG007 (Assistência aos Animais) e PG021 (Auxílio-financeiro), composta por membros da:

  • Secretaria Nacional de renda de Cidadania – MDS
  • Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social – GOV/MG
  • Subchefia de Articulação e Monitoramento – CASA CIVIL/PR
  • Subchefia de Articulação e Monitoramento – CASA CIVIL/PR
  • Subchefia de Articulação e Monitoramento – CASA CIVIL/PR
  • Secretaria de Integração e Mobilidade Social – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA
  • Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano – SEDURB – GOV/ES
  • Secretaria de Integração e Mobilidade Social – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA

Após a realização da entrevista e vistoria, quando aplicável, há processos internos de conferência e análise dos dados coletados no cadastro, bem como validação pelo Comitê Interfederativo. Tão logo essas etapas são concluídas, o cadastro é direcionado aos programas da Fundação Renova responsáveis pela reparação e/ou compensação dos impactos diretamente relacionados com o rompimento da barragem de Fundão. Serão eles que farão o contato com as devolutivas.

Conforme Termo de Ciência das Informações Prestadas, assinado no ato do recebimento do cadastro, há um prazo de 10 dias para solicitação de correções, via canais de relacionamento. Qualquer correção solicitada neste período deverá ser realizada.

Passados 10 dias, para fins de posterior contato com as famílias, são atualizados os dados de endereços, telefones e demais contatos, assim como núcleos familiares. Inserção de novos impactos ou mudanças socioeconômicas serão atualizadas nos processos dos demais programas de reparação, quando necessário.

O interessado pode entrar em contato com os canais de relacionamento para informações a respeito do status de confirmação das correções/atualizações. Caso deseje uma nova cópia do formulário, está poderá ser retirada nos postos de atendimento.

70 comentários

    Preciso de uma resposta pq eu foi elegível ao programa em agosto me deram 60 dias para ser feito o depósito e não foi feito depois assinei o termo em dezembro e não foi feito nenhum depósito sendo o tempo de espera me dado 30dias isso já tem 5 meses obrigada.

    Olá, Angelica. Estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Ja tem uma data para terceira campanha?

    Olá, Scheila. Os atendimentos da Campanha 3 já começaram. Ele é válido para todas as pessoas que realizaram o cadastro entre o período de 01/04/2017 e 02/01/2018 que forem consideradas elegíveis ao atendimento dos programas de Indenização Mediada (PIM) e/ou Auxílio Financeiro Emergencial (AFE). A equipe do PIM e do AFE farão os agendamentos da reunião nos Centros de Indenização Mediada – CIM, através de ligação telefônica. A ordem de chamada das pessoas seguirá o critério de IDF – Índice de desenvolvimento Familiar, as pessoas com maior índice de vulnerabilidade serão chamadas primeiro. Demais informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Estou esperando um tempão e até hoje não resolver meu problema de auxilio financeiro e indenização.

    Olá, Alex. Estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Boa noite gostaria de saber quem fez seu cadastro no mês de maio de 2018 quando Será chamado
    Na entrevista fui informado que iria receber um formulário via correio
    Não recebi
    Fui informado que receberia uma visita
    Não recebi isso até julho de 2018 já se passaram mais de um ano e nada acontece só promessas

    Foi me passado após o cadastro que fiz que até 1 de julho receberia a visita da renova não recebi
    Que receberia o comunicado pelo correio nada já se passaram mais um ano e estão dando sempre uma desculpa quem colocou na justiça está recebendo
    Já fui procurado por 3 advogado para mover uma ação sei que tenho direito
    Estou aguardando a boa vontade da renova
    Mais infelizmente estou vendo que não vou ter outra opção que mover uma ação judicial tbm infelizmente

    Olá, Sebastião. Entendemos a sua posição e garantimos que estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    meu nome é Adilson moro em Tumiritinga mg meu cadastro ja fui finalizado ja receber a carta de impacto ate hoje não recebi indenização nem auxílio financeiro pesso quer oliha pra mim cpf 04433909670 meu telefone 33999728230 ja to passando por necessidade alimentos obrigado Adilson martins de

    Olá, Adilson. Como orientamos, todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre indenização ou auxílio financeiro são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    OlA meu cadastro ja foi finalizado i si encontrar no programa do PIM;i ate agora nada de ligarem pra mim marcando uma reuniao;;eu pago um aluguel caro por conta dessa tragedia;to desempregado fazendo bicos i nada da renova ressolver minha situaçao;;chega de fazer eu esperar;;tou cansado ja👍

    Olá, Vinicius. Entendemos a sua posição e garantimos que estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    O problema q vc manda a gente ligar no 0800 i semore e a mesma coisa;so mamda esperar;chega disso i resolver logo isso;;aluguel caro q nois pagamos aki em Rio doce mg i por conta dessa tragedia;;vc vao deixar nois espera ate quando;;??tenha resposabilidade i resolver essa situaçao de nois aki em Rio doce logo;e tao facil resolver:;nossa cidade e pequena!

    Também não indenisaram meu pai ate a data de hoje pescador profissional com carteira do Ibama mesmo assim nada eles nem ligam se estamos morrendo de fome

    Olá, Branca. Para esclarecer dúvidas sobre o processo de indenização, estamos à disposição em nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) na região que você mora e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. É importante formalizar a demanda, pois nesses canais são gerados números de protocolo para acompanhamento do seu atendimento. Lembramos que a Fundação Renova preza pela confidencialidade, por isso não é possível passar dados sobre o seu processo em canais de acesso público.

    Eu sou doente com uma doença muito grave min ajudar por favor eu preciso muito que você me liga vcs podem fazer isso vcs sabem como e a vida sabemos que nos não tenho mais trabalhar eu vivia com ajuda da pesca agora vivo de doação vcs podem me ajudar por favor tenho urgência sou portadora de um câncer presizo do meu alxilio financeiro

    Olá, Risonira. Estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre auxílio financeiro são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Olá,meu nome é Ronaldo macedo clarindo campanha 3eu gostaria de saber quando vou ser chamado pra reunião de negociação porque meu cadastro já foi finalizado e tá tudo certo.

    Olá, Ronaldo. Os atendimentos da Campanha 3 já começaram. Ele é válido para todas as pessoas que realizaram o cadastro entre o período de 01/04/2017 e 02/01/2018 que forem consideradas elegíveis ao atendimento dos programas de Indenização Mediada (PIM) e/ou Auxílio Financeiro Emergencial (AFE). A equipe do PIM e do AFE farão os agendamentos da reunião nos Centros de Indenização Mediada – CIM, através de ligação telefônica. A ordem de chamada das pessoas seguirá o critério de IDF – Índice de desenvolvimento Familiar, as pessoas com maior índice de vulnerabilidade serão chamadas primeiro. Demais informações e o esclarecimento de dúvidas sobre seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Oi boa noite sou valerio martins ferreira moro em sto antonio do rio Doce,estou aguardando ja um tempão a visita,mais a informação que tenho de vcs é que ainda está em análise pq isso?pq nao tenho uma resposta concreta?

    Olá, Valério. Como orientamos, todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    meu nome é edilson,estou na etapa 2 meu cadastro está toso finalizado,e até agóra não tive resposta nenhuma de voçes,voces çitaram ai em uma resposta que a campanha 3 ja começou,como assim,se nem terminaram a campanha 2,creio que voçes deveriam fazer as coisas mais direito,me desculpe a çinçeridade.

    Olá, Edilson. Nossa equipe vem trabalhando para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas, de Minas Gerais e do Espírito Santo. Informamos que os atendimentos das campanhas 1 e 2, iniciados em 2017 e 2018, continuam nos Centros de Indenização Mediada (CIM) ao longo de todo o território impactado. As pessoas que fizeram o cadastro e que são consideradas atingidas estão sendo chamadas para atendimento. Caso você tenha alguma dúvida sobre o seu processo, seguimos à disposição em nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região ou no Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Quero saber se vou receber o restante do meu retroativo.vcs só me pagaram uma parte no mês de dezembro 2018.alegrando esperar política.d pagamento..eu só recebi 11meses.mas mas seria mais de 3anos atrasado como fica?

    Olá, Gilson. Estamos trabalhando para que todos os atingidos sejam indenizados e tenham suas perdas reparadas. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Mais uma vez eu venho a perguntar….será que vou pra última campanha..É porque sou da primeira meus dados foram já resolvido e até nesse momento nada…quero uma resposta diferente das que já tive….Obrigada

    Olá, Talita. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Queria solicitar um desmembramento do grupo familiar, obs:não sou o titular, já pedimos o titular mas ele nega que tenha recebido a indenização.
    Já faz mais de um ano que não recebemos nossa indenização devido ao estarmos nesse grupo familiar!

    Preciso de uma resposta de vocês por favor, obrigado!

    Olá, Romario. Para que sua demanda seja acolhida e receba o tratamento adequado, pedimos que você entre em contato conosco por meio de nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303 ou compareça ao Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região. Você também pode enviar dúvidas e pedidos de informações pelo Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. É importante formalizar a demanda, pois nesses canais são gerados números de protocolo para acompanhamento do seu atendimento. Lembramos que a Fundação Renova preza pela confidencialidade, por isso não é possível passar dados sobre o seu processo em canais de acesso público.

    Recebi a ligação da fundação dia 10.07.2018 que era elegível para receber o auxílio financeiro que receber do dia 01a 07 de agosto de 2018 mais ate agora nada

    Olá, Jeferson. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o recebimento do auxílio financeiro são fornecidos por meio de nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da região onde você mora e também pelo Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Vai fazer 4 anos q fiz meu cadastro e não tive nem uma resposta meus companheiros de serviço todo já foram indenizados e eu estou sem resposta até hoje

    Olá, Wdison. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Boa tarde
    Sou morador de Conceição da Barra ÉS
    Sou pescador e gostaria de saber como faço o meu cadastro

    Olá, Denivaldo. Para aderir ao Programa de Indenização Mediada (PIM), o primeiro passo é realizar o cadastro. Ele pode ser feito em nosso Portal do Usuário (https://www.fundacaorenova.org/portal/) ou comparecendo ao Centro Integrado de Atendimento (CIA) da região onde você mora. Os endereços estão disponíveis em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. A adesão ao programa é gratuita e voluntária. Outras informações podem ser obtidas, ainda, pelo 0800 031 2303.

    Boa Noite ! Queria saber se está fazendo o cadastro ainda ?! Pois, tento pelo site e não vai !

    Olá, Mayh. Para aderir ao Programa de Indenização Mediada (PIM), o primeiro passo é realizar o cadastro. Ele pode ser feito em nosso Portal do Usuário (https://www.fundacaorenova.org/portal/) ou comparecendo ao Centro Integrado de Atendimento (CIA) da região onde você mora. Os endereços estão disponíveis em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/. A adesão ao programa é gratuita e voluntária. Outras informações podem ser obtidas, ainda, pelo 0800 031 2303.

    33999322555joaoferreiraneto 3332152279 ou 3332254520 para Conrado agência 1642 21393-0 caixa evonomica Federal João Ferreira Neto cpf 90001435604 rg 7214901 pode deposita nessa conta eu autorizo assinado João Ferreira neto

    Á fundação renova fala que para as pessoas ficarem esperando o retorno deles e só ficam enrolando já vai fazer 4 anos e nada..

    Olá, Welky. Nossa equipe vem trabalhando para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas, de Minas Gerais e do Espírito Santo. Esse trabalho requer total dedicação, para entender e aplicar as melhores soluções para cada necessidade. Este ano vamos fazer importantes entregas e grandes avanços, entre eles estão: mais indenizações, os reassentamentos e segurança hídrica. Até o momento, R$ 6,26 bilhões foram destinados para ações de reparação e compensação e R$ 1,7 bilhão pagos em indenizações e auxílios financeiros para cerca de 300 mil pessoas. Em 2019, os pagamentos devem ultrapassar R$ 2 bilhões. Temos desafios complexos e inéditos, como a ampla extensão territorial, a diversidade de situações e um grande volume de pessoas e danos, trazendo desafios ao processo como um todo. Além disso, mantemos nosso compromisso de conduzir as ações de reparação, incluindo indenizações, enquanto for necessário. Demais informações e o esclarecimento de dúvidas são fornecidas por meio de nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da região em que você mora e também pelo Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Entao a campanha 03 ja esta sendo pagas ne e eu que sou da primeira campanha como vou ficar pois o nosso sustento e dos nossos filho vem da pesca e ae

    Olá, Talita. Nossa equipe vem trabalhando para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas, de Minas Gerais e do Espírito Santo. Informamos que os atendimentos das campanhas 1 e 2, iniciados em 2017 e 2018, continuam nos Centros de Indenização Mediada (CIM) ao longo de todo o território impactado. As pessoas que fizeram o cadastro e que são consideradas atingidas estão sendo chamadas para atendimento. Caso você tenha alguma dúvida sobre o seu processo, seguimos à disposição em nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região ou no Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Então porque pessoas que fez há 01 ano ou tambem pouco meses já foram chamados e já fizeram até o acordo se nos que somos da 01 campanha vocês falam que está analizando fica dificil a gente entender..ainda mais nessa situacao que estamos??????????

    Então para os que fizeram por último agora são elegíveis o cadastro pois a maioria já foram chamados e o acordo feito né ..e nós que já tem 02 anos e meio ainda tem que passar por uma análise de cadastro para saber se é legível ….difícil entender….

    Gostaria de saber se e certo o que a Samarco está fazendo com muitas pessoas por aí inclosive eu estou aguardando dês do dia 06/04/2017 foi quando recebi o formulário estou até hoje aguardando e nada acho isso uma falta de respeito estão fazendo como bem entender cadê os nossos direitos cadê as altoridadedes estou desempregado pois nem pescar posso mais minha família depende disso eu vivia da pesca hoje fico correndo em porta de prefeitura pra ganhar uma cesta básica nunca precisei disso e sempre que ligamos pedem pra aguardar que estou quase lá que em breve entrarão em contato pra podermos fazer acordo uma verdadeira palhaçada e assim vão nos enrolando tô cansado de ouvir isso espero não ter que voltar aqui por que tenho muito pra falar a peso um favor a Samarco a renova se vcs tem pelo menos um pingo de respeito com pessoas que perdeu o seu sustento não enrolem por favor

    Olá, Breno. Gostaríamos de esclarecer que a Fundação Renova não existia quando houve o rompimento da barragem de Fundão e que não somos uma mineradora. Trabalhamos para reparar e compensar os danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, estamos desenvolvendo diversas ações, por meio de 42 programas, voltadas às pessoas e comunidades atingidas em Minas Gerais e no Espírito Santo. Quanto à indenização, estamos trabalhando para que todos os atingidos tenham suas perdas reparadas. Mantemos nosso compromisso de conduzir as ações de reparação, incluindo indenizações, enquanto for necessário. Caso vocês tenham alguma dúvida, seguimos à disposição em nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Essa fundacao so enrrola a gent o negocio e abri um prosseco contra eles no forum

    Olá, Jjxhxhbbxb. Nossa equipe vem trabalhando para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas, de Minas Gerais e do Espírito Santo. Esse trabalho requer total dedicação, para entender e aplicar as melhores soluções para cada necessidade. Até o momento, R$ 6,87 bilhões foram destinados para ações de reparação e compensação e R$ 1,9 bilhão pagos em indenizações e auxílios financeiros para cerca de 319 mil pessoas. Em 2019, os pagamentos devem ultrapassar R$ 2 bilhões. Caso você tenha alguma dúvida, seguimos à disposição em nossos canais de relacionamento: pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região ou no Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Eu quero saber ser já começou a 2 campanha e quais são as datas ??

    Olá, Robson. Nossa equipe vem trabalhando para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas, de Minas Gerais e do Espírito Santo. Informamos que os atendimentos das campanhas 1 e 2, iniciados em 2017 e 2018, continuam nos Centros de Indenização Mediada (CIM) ao longo de todo o território impactado. As pessoas que fizeram o cadastro e que são consideradas atingidas estão sendo chamadas para atendimento. Caso você tenha alguma dúvida sobre o seu processo, seguimos à disposição em nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região ou no Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Boa noite Eu quero saber até quando vai a etapa 2 porque estou aguardando e nem um contato fizeram comigo ainda preciso de uma resposta positiva .

    Vcs manda ligar.mais nada e resolvido e a mesma converssa até quando isto???

    Olá, karina. Nós compreendemos as considerações feitas e estamos trabalhando ativamente para tornar o retorno aos seus questionamentos mais eficaz e rápido. Cabe à Fundação Renova ouvir, entender essa percepção e se empenhar para melhorar o seu processo de relacionamento. É papel dos Canais de Atendimento te acolher e eles estão à disposição para que você possa registrar suas demandas e acompanhar o tratamento de suas solicitações por meio de um histórico gerado pelos números de protocolo. Por isso, pedimos que entre em contato por do telefone 0800 031 2303 ou compareça ao Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região. Você também pode enviar dúvidas e pedidos de informações pelo Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Só uma dúvida que eu tenho .vcs já estão atendendo a etapa 2.ate quando finaliza está etapa 2 eu estou na 2 e quero que vcs me informe melhor obrigado!

    Olá, Karina. Os atendimentos das campanhas 1 e 2, iniciados em 2017 e 2018, continuam nos Centros de Indenização Mediada (CIM) ao longo de todo o território impactado. As pessoas que fizeram o cadastro e que são consideradas atingidas estão sendo chamadas para atendimento. Caso você tenha alguma dúvida sobre o seu processo, seguimos à disposição em nossos canais de relacionamento: telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região ou no Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Bom dia eu gostaria de saber quem fez o cadastroem 2018 qual a previsao para essa pessoa se chamada sendo que nem a entrevista foi feita ainda e eu ja liguei varias vezes para o 0800 da renova e sempre eles falam que temos que aguardar mais nunca da uma posicao positiva pra gente e o meu marido estar com um problema serio de saude precisa de um bom tratamento e ate hoje nada o nome dele e darli das neves de conceicao da barra es .

    Aguardo um retorno de voces . Obrigado .

    Olá, Maria. As informações sobre o seu processo são fornecidas por meio de nossos canais de relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade dos dados pessoais dos atingidos. Entre em contato pelo 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Quando vou ser indenizado ?Já assinei o acordo faz tempo

    Olá, Geraldo. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Já se passaram mais de 2 anos que solicitei meu cadastro junto a fundação renova e até o momento não fui contratado.
    Ligo pra fundação e os atendentes só dizem que tem que aguardar.
    Aguardar por quanto tempo mais?
    É um descaso total conosco.

    Corrigindo a minha mensagem anterior
    Ainda não fui (contatado).

    Olá, Adão. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre o seu processo são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas. Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, no Centro de Informações e Atendimento (CIA) da sua região e também no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

Deixe seu comentário

PORTAL DO USUÁRIO

A Fundação Renova preza pelo diálogo e pela transparência, por isso, você pode acompanhar o andamento do seu processo de cadastro em nosso sistema também pelo Portal do Usuário.

Acessar