Fundação Renova

Mais de 650 famílias vulneráveis de municípios mineiros receberão ações de assistência social

Publicado em: 03/01/2022

Proteção Social

Acordo com prefeituras prevê serviço de apoio por meio do trabalho de instituições selecionadas no Edital de Proteção Social

Mais de 650 famílias vulneráveis de Governador Valadares e Tumiritinga, em Minas Gerais, vão receber serviços de assistência social. As três entidades participantes foram selecionadas pelo Edital de Proteção Social, da Fundação Renova, que assinou o acordo de cooperação técnica com as prefeituras para fortalecer o Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

Em Governador Valadares, o apoio vai acontecer por meio do trabalho do Instituto Nosso Lar e do Instituto Brasil Igualdade Social (IBIS). A ação vai otimizar o atendimento a cerca de 320 famílias vulneráveis que moram nas localidades atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão (MG). Cada uma das instituições tem o próprio projeto e, juntas, vão receber cerca de R$ 1,1 milhão para o desenvolvimento das iniciativas. No município, os bairros Turmalina e Santa Rita, além das regiões do entorno, são os principais locais previstos para receberem atividades como oferta gratuita de atividade física, oficinas culturais, rodas de conversa, entre outras.

Em Tumiritinga, a Rede Vidas vai atuar para promover o fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) na cidade. Para isso, o primeiro repasse financeiro no valor de R$ 187 mil foi realizado, e a expectativa é de que em torno de 330 famílias vulneráveis recebam  as ações. “As instituições selecionadas vão desenvolver ações coletivas nas comunidades impactadas. Além disso, os acordos também preveem capacitações para os profissionais do SUAS desses municípios e das entidades”, diz Izabelly de Lima Franca, Analista de Proteção Social e Saúde da Fundação Renova.

 

Este conteúdo foi útil para você?


Compartilhar:

Deixe seu comentário