Fundação Renova

Famílias de Bento Rodrigues visitam terreno onde será reconstruído o distrito

Publicado em: 24/05/2017

Reconstrução

As pessoas puderam conferir onde serão construídas a escola, a igreja, a praça São Bento e as principais ruas e quadras

As famílias de Bento Rodrigues retornaram ao terreno que escolheram para a reconstrução do distrito. A visita teve como objetivo apresentar, no local, um pouco mais sobre como será a nova comunidade. Ao todo, 125 pessoas da comunidade participaram dos encontros, que foram divididos em pequenos grupos para que todos pudessem aproveitar melhor o momento.

Essa é uma nova etapa que complementa as oficinas de construção do projeto urbanístico nas quais as discussões foram orientadas por mapas e cartilhas didáticas. Agora, os ex-moradores foram conferir, na prática, a localização das futuras instalações da escola, igreja, praça São Bento e principais ruas e quadras.

Aos 70 anos, dona Maria do Carmo acordou cedo, preparou o café da manhã e seguiu com a família para o Centro de Convenções, em Mariana (MG), onde reencontrou velhos amigos. Ao lado do marido, seu Benedito Valadares, de 74 anos, ela demostrou muita disposição para a caminhada e fez questão de seguir a pé por todo o trajeto.

“Estava com saudade do cheiro do mato. Para mim, essa visita foi maravilhosa, estou feliz por estar aqui e com expectativa muito grande. Hoje temos a certeza de que teremos um pedacinho nosso. Se Deus quiser tudo acontecerá da melhor maneira possível e já estou doida para ver a comunidade reunida”, disse dona Maria do Carmo.

A visita também valeu para quem conhecia a área do novo distrito pela primeira vez. “Estar aqui nos enche de alegria e expectativa para uma nova vida. Pra gente, sentir essa emoção na visita é muito importante. Hoje só vemos mato, mas podemos sentir a sensação de que, daqui a pouco, teremos as nossas novas moradias e a comunidade reunida outra vez”, disse Angelita da Conceição Lucas Lobão, de 34 anos.

Para Antonio Pereira Gonçalves, de 47 anos, conhecido como “Dalua”, a expectativa da comunidade é estar reunida num mesmo local para resgatar as antigas lembranças e reviver velhos costumes. “Foi a primeira de muitas visitas que teremos daqui para frente. É uma etapa muito importante, porque muitos não sabiam onde estava localizado o terreno. Hoje puderam estar com a vizinhança e começar a entender onde vão morar nos próximos anos”, disse o membro da comissão de atingidos de Bento Rodrigues.

Ao todo, 125 pessoas da comunidade de Bento Rodrigues visitaram o terreno de Lavoura, para conhecer de perto um pouco mais sobre como será o novo distrito.

Ao todo, 125 pessoas da comunidade de Bento Rodrigues visitaram o terreno de Lavoura, para conhecer de perto um pouco mais sobre como será o novo distrito. | Foto: Divulgação

PRÓXIMAS ETAPAS

A Fundação Renova dará continuidade ao processo de reassentamento com o detalhamento dos projetos de engenharia, que compreende a rede de esgoto, ruas, terraplanagem, entre outros. Toda a documentação, os estudos ambientais e o decreto de urbanização, que é concedido pela Câmara Municipal, serão protocolados na Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad). Concedida a licença ambiental, a expectativa é que a supressão vegetal tenha início no mês de julho.

Um plano de atendimento individualizado será elaborado com base em um levantamento de dados socioeconômicos e de uso e ocupação das propriedades para a compreensão das questões específicas de cada família. Assim, será possível iniciar os acordos individuais para a discussão das casas. A melhor forma para a conclusão dessa próxima etapa será discutida com a comissão dos impactados e sua assessoria técnica. A expectativa é que o distrito seja entregue para a comunidade até março de 2019.

Este conteúdo foi útil para você?

Deixe seu comentário