Fundação Renova

Acompanhe as notícias sobre a reparação da bacia do rio Doce e como as ações acontecem nas comunidades

Os canais de comunicação da Fundação Renova passaram por uma reformulação e estão ainda mais próximos das comunidades atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG). Com uma linguagem simples e direta, os jornais, programas de rádio e mensagens digitais trazem informações sobre as ações de reparação realizadas ao longo da bacia do rio Doce e oportunidades variadas para os moradores. Conheça os informativos e confira suas particularidades.

Boletins

Os boletins são publicados mensalmente e trazem os destaques da reparação em cada região. Com quatro páginas, textos curtos e imagens, eles contam com um espaço para divulgar oportunidades, histórias locais e tirar dúvidas. As pautas são definidas pelo grupo de comunicação de cada localidade, composto pelos próprios moradores e profissionais responsáveis pelos conteúdos. Os boletins são disponibilizados nos Centros de Informação e Atendimento e em locais de grande circulação de pessoas, como comércios e escolas. Eles também são enviados em vídeo e entregues nas casas das pessoas cadastradas. 

Confira quais são os boletins e os formatos disponíveis:

Voz da Comunidade (Mariana) Versão digital e em vídeo 

Terra da Gente (Alto Rio Doce) Versão digital e em vídeo 

Calha do Rio Doce – Versão digital e em vídeo 

Médio Rio Doce – Versão digital e em vídeo 

Baixo Rio Doce – Versão digital e em vídeo 

Voz da Foz (Foz do Rio Doce) – Versão digital e em vídeo

Momento da reparação 

O Momento da Reparação é um programa de rádio semanal, transmitido nas principais emissoras ao longo da bacia do rio Doce, às terças e quintas-feiras, às 9h, 15h e 20h. Os ouvintes podem acompanhar as reportagens, entrevistas e comentários, e participar tirando suas dúvidas ou dando sugestões.

Murais dos CIAs

Cada Centro de Informação e Atendimento (CIA) conta com um mural que traz as principais notícias do momento. Para ficar ainda mais prático, as pessoas podem destacar os papéis para levar pra casa ou compartilhar com os amigos, familiares e vizinhos. 

Informes dos reassentamentos

Os informativos mensais trazem o andamento das obras em Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo e as atividades realizadas com a comunidade. Eles são entregues nas casas das famílias dos reassentamentos e enviados pelo celular no formato de vídeo.

Mais uma novidade é que você pode acessar todos esses conteúdos em nosso site. Basta entrar em fundacaorenova.org, clicar na aba “Comunicação” e selecionar “Notícias dos territórios”. Nesse espaço, estão reunidas as informações oficiais da reparação realizada em cada território da bacia do rio Doce: Mariana, Alto, Médio, Calha, Baixo e Foz do rio Doce. 

Para tirar dúvidas ou enviar sugestões de temas a serem abordados ou participar dos grupos de comunicação, entre em contato pelos canais abaixo ou vá até o CIA mais próximo.

Central de Relacionamento: 0800 031 2303

Fale conosco: fundacaorenova.org /fale-conosco 

E-mail: comunicacao@fundacaorenova.org

Este conteúdo foi útil para você?

43 comentários

    Só falta vcs paga nosso direito iguais a todo que já recebeu mais de 3 vez

    Responder

    Um bom dia eu vi que ficou bacana por aí de vocês mas igual o colega o William falou você tem que pagar todo direito de iguais a nós inclusive a quem é dependente do cadastro de titular feito no papel porque é uma coisa meio que injusta a gente quer dependente e já era de maior ficar sem receber porque a gente ajudava e apoiava os nossos parentes de todas as formas no em trabalhos pesqueiros às vezes e nós também fomos afetados com esse negócio do Rio doce não como são nossos pais nem nossas mães e nem nossos titulares nossos que somos dependentes também fomos afetados de muitas formas não só como na área de trabalho pesqueiro como também na área de lazer que a gente também usava o Rio para se banhar então é isso

    Responder

    Olá, Brendon. Compreendemos a sua preocupação e entendemos que cabe a nós ouvirmos sua percepção e nos empenharmos para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas. Esse trabalho requer total dedicação, para entender e aplicar as melhores soluções para cada necessidade.
    Em relação a compensação financeira, sempre orientamos que, para informações e o esclarecimento de dúvidas, o contato seja realizado por meio dos nossos Canais de Relacionamento:
    telefone 0800 031 2303 e no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Também estou nessa situação amigo
    Gente que nem morava aqui na região já recebeu e nós nativos fomos negados, pelo fato de estar no núcleo familiar do titular e não ter um cadastro independente.
    Essa coisa de fase 1 e fase 2 prejudicou muita
    Gente e favoreceu muita mentira, tremenda injustiça

    Responder

    Não adianta nada vir com esse discurso bonito,pq já tentei entrar em contato,já mandei email e vcs não respondem,todos querem saber a mesma coisa,cade as reparações que nos foram causadas? é só isso que a gente quer saber…. duvido que vcs ficaram horas em filas em baixo do Sol para pegar água para família pq não tínhamos dinheiro pra comprar….
    É revoltante isso!

    Responder

    Olá, Patrícia. Nós compreendemos a sua posição, e trabalhamos para garantir que toda a reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas.
    É papel dos Canais de Atendimento te acolher e eles estão à disposição para que você possa registrar suas demandas e acompanhar o tratamento de suas solicitações por meio de um histórico gerado pelos números de protocolo.
    Além disso, prezamos por preservar os seus dados pessoais e confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui.
    Por isso, destacamos a importância de que você entre em contato com um dos nossos Canais de Relacionamento.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    fundação q ver só o seu próprio retorno ,indenizam o q conveniente pagar ,e ñ o dano sofrido e perdas irreparáveis q perde,destrói sonhos e vidas .infelizmente ñ tem Justiça nesse país.

    Responder

    Olá, Valéria. Gostaríamos de esclarecer que a Fundação Renova é uma entidade autônoma e sem fins lucrativos, responsável pela mobilização e execução da reparação dos danos provocados pelo rompimento da barragem de Fundão.
    A Fundação foi criada para implementar os 42 programas estabelecidos no Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado em 2 de março de 2016 pela Samarco, Vale, BHP e Governos Federais de Minas Gerais e do Espírito Santo. Queremos assegurar que a reparação das áreas impactadas seja executada por uma fundação regida por uma governança avançada e com regras rigorosas de transparência e integridade.
    As definições das medidas compensatórias adotadas acontecem de modo plural, envolvendo várias instituições, sendo que nenhuma delas tem controle absoluto.
    Você pode conhecer mais sobre a Fundação Renova e seus programas, acessando: https://www.fundacaorenova.org/a-fundacao/.

    Responder

    E verdade que todo cidadã terá direito a indenização? Pois até hoje não recebi pq sou dependente do meu pai 😢😢

    Responder

    Olá. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Qero saber ,quando a nossa ação vai ser resolvida,e quando vamos receber nosso dinheiro,q passamos por muitos transtorno,e até hoje não se resolveram nada ,muitas localidades como Tumiritinga ,já receberam,e nós valadarense até hoje ainda não recebemos

    Responder

    Olá, Nildete. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    gostaria de saber sobre o processo de ressarcimento dos inclusos até 12/2021, há chances de indenização dos requerentes? pois até hoje não recebi nenhum retorno.

    Responder

    Olá, Juares. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Bom dia, marilândia está com poucas informações das ações da fundação Renova, entre em contato para recebermos os programas via Rádio.

    Responder

    Boa tarde, Sou nascido e criado em governador Valadares Minas, e Sou tbm mais um dos milhares de atingidos pela barragem de fundão e Mariana e Mariana e quando aconteceu o acidente das barragens dez anos antes já estava pescando e era o meu único recurso após perder o emprego e assim fiquei até quando foi possível e em 2017 soube que a Samarco estava indenizando com o valor de mil reais mais o que eu e muitos outros da minha cidade não sabíamos era que havia uma cláusula nas folhas que todos assinados na época, que ós mil reais significava quitação total de danos futuros e depois disso recebi mais nada e nem mesmo pelo danos da pesca e negaram meu pedido de cadastro para ser indenizado como pescador informal de fato, e eu gostaria de saber se vou ser indenizado como muitos outros atingidos estão recebendo valores muito mais alto que mil reais pois, desde 2017 tive que trabalhar de ajudante de pedreiro sem carteira assinada, e o que recebo não dá pra pagar minhas contas mensais além de outros gastos necessários.,
    Mais peço encarecidamente que me mande uma resposta pois, essa angústia de não ter certeza de nada e sabendo que muitos atingidos estão recebendo é muito triste.
    No aguardo de uma resposta e se possível positiva, agradeço.

    Responder

    Gostaria de saber o andamento do Novel.
    Como funciona

    Responder

    Olá, Eliana. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Além disso, você pode acompanhar o andamento do seu processo de cadastro em nosso sistema também pelo Portal do Usuário.
    Para obter acesso ou recuperar a senha, acesse o site e cadastre-se: https://portal.erpsa.com.br/erprenova/Padrao/modulo-portal-do-usuario/#Login.

    Caso não consiga se cadastrar ou recuperar a sua senha, entre em contato com o 0800 031 2303 ou dirija-se a um Centro de Informação e Atendimento da Fundação Renova.

    Responder

    Meus cumprimentos a todos! Venho a dizer que ao longo do Rio doce, a anos os seus dependes joga seu lixo doméstico e restos de construção. Oque nessa situação vocês pretende fazer! Sei que a falta de educação é de muitos. Então isso também mata nosso recurso, gostaria muito que desse atenção nessa fase de conscientização.

    Responder

    Olá, Leonardo! Agradecemos sua mensagem. Para sugestões, você pode entrar em contato com os Canais de Relacionamento da Fundação Renova por meio do telefone 0800 031 2303, ou acessar o canal de Fale Conosco pelo site http://www.fundacaorenova.org/faleconosco e nos enviar uma mensagem.

    Responder

    Vcs deveriam reavaliar a forma de como comprovarmos residência física em 2015, em Mariana muitos atingidos indiretamente moravam em áreas ainda ocupada que não tinham comprovantes de endereço em seus nomes, como até hoje muitos ainda não possuem, conta de energia que é o que considerado comprovante primário, muitas famílias perderam suas rendas, ficaram endividads depois do rompimento, e não tem garantia nenhuma que serão indenizadas, reavaliem e considerem objetivar os comprovantes que essas famílias estão enviando. Sou de Mariana Mg e gostaria muito de ver essas famílias restituídas das suas perdas.
    Kátia Quirino
    Presidente da associação de moradores e amigos do bairro alto do Rosário, desde 2012.

    Responder

    Olá, Kátia. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Será qui eu vô receber por mês dinovo ingual as outras pessoas

    Responder

    Olá, Liliane. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Além disso, você pode acompanhar o andamento do seu processo de cadastro em nosso sistema também pelo Portal do Usuário.
    Para obter acesso ou recuperar a senha, acesse o site e cadastre-se: https://portal.erpsa.com.br/erprenova/Padrao/modulo-portal-do-usuario/#Login.

    Caso não consiga se cadastrar ou recuperar a sua senha, entre em contato com o 0800 031 2303 ou dirija-se a um Centro de Informação e Atendimento da Fundação Renova.

    Responder

    Eu gostaria de saber é sobre os processos que estão nas mãos dos peritos, e aí fundação o que vcs tem para informar sobre esses processos que estão a mais de anos com os peritos.

    Responder

    Olá, Dieiguima. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Além disso, você pode acompanhar o andamento do seu processo de cadastro em nosso sistema também pelo Portal do Usuário.
    Para obter acesso ou recuperar a senha, acesse o site e cadastre-se: https://portal.erpsa.com.br/erprenova/Padrao/modulo-portal-do-usuario/#Login.

    Caso não consiga se cadastrar ou recuperar a sua senha, entre em contato com o 0800 031 2303 ou dirija-se a um Centro de Informação e Atendimento da Fundação Renova.

    Responder

    Indeniza quem não tem direito e quem tem direito mesmo é deixado de lado ,estou aguardando desde 2018 e nada ,vergonha 1000 vezes vergonha .

    Responder

    Olá, José. Estamos trabalhando para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Pedimos para que entre em contato pelos nossos Canais de Relacionamento, por meio deles, é possível acompanhar as demandas que foram abertas e formalizadas.
    É papel dos canais acolher, e eles estão à disposição de todos que precisarem de algum auxílio específico. Assim que os canais são acionados, é gerado um histórico com número de protocolo para que seja possível acompanhar o tratamento das demandas.
    Além disso, reforçamos que prezamos pela confidencialidade, por isso não é possível passar dados sobre os processos por aqui, nas redes sociais.
    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303 e no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco.

    Responder

    Porque as pessoas atingidas com perdas irreparáveis é que passaram dificuldades financeira, saúde etc pra quem esperou por 4 anos passando por tudo isso é receberam 70 mil que não paga 1% daquilo que passamos, não recebemos cartão, kd o retroativo que temos direito , estão sendo injustos com muita gente, eu particularmente estou passando pela mesma situação que fiquei após o acidente de Mariana, pois, os 70 mil que recebi não deu para pagar quase nada que perdi é fiquei devendo

    Responder

    Olá, Jorge. Compreendemos a sua preocupação e entendemos que cabe a nós ouvirmos sua percepção e nos empenharmos para garantir que toda reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem cheguem às pessoas e comunidades atingidas. Esse trabalho requer total dedicação, para entender e aplicar as melhores soluções para cada necessidade.
    Em relação a compensação financeira, sempre orientamos que, para informações e o esclarecimento de dúvidas, o contato seja realizado por meio dos nossos Canais de Relacionamento:
    telefone 0800 031 2303 e no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    Qual valor real que ser recebido pelos moradores de governador valadarenses e qtos dias a cidade ficou sem o abastecimento de agua?
    Pq uns receberam um valor acima de 30 mil e agora querem pagar somente 14 mil?
    Perguntas que devem se respondida.

    Responder

    Olá, Vany. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Além disso, você pode acompanhar o andamento do seu processo de cadastro em nosso sistema também pelo Portal do Usuário.
    Para obter acesso ou recuperar a senha, acesse o site e cadastre-se: https://portal.erpsa.com.br/erprenova/Padrao/modulo-portal-do-usuario/#Login.

    Caso não consiga se cadastrar ou recuperar a sua senha, entre em contato com o 0800 031 2303 ou dirija-se a um Centro de Informação e Atendimento da Fundação Renova.

    Responder

    Gostaria de saber a respeito do auxílio ermegecial pois nunca recebi sou pescadora profissional e recebi o ano passado a indenização e todos tem direito de receber não só alguns pescadores e outros não gostaria que vcs avalie a situação de todos nós e pague pra todos o que e de direito e justo precisamos muito receber

    Responder

    Olá, Jaciara. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

    E perda de tempo reclamar diretamente com a renova sobre indenizações ,tem que colocar em Juízo,quanto mais demoraram para reconhecer nossos filhos como atingidos pior para renova.

    Responder

    Eu fico pensando muita gente recebeu,eu pescava só não tinha a carteirinha de pescador,fui procurar um advogado pra saber se tinha direito..ele falou que nao pq quando aconteceu eu nao tinha feito a minha carteirinha,mais Mem todos tinham carteirinha é recebeu msmo assim…

    Responder

    Gostaria de saber si o valor retroativo já foi pago quem tem o cartão e si vai receber o valor normal ou pela a metade

    Responder

    Olá, Otacilio. Todas as informações e o esclarecimento de dúvidas sobre compensação financeira são fornecidas por meio dos nossos Canais de Relacionamento, uma vez que prezamos pela confidencialidade das informações dos atingidos, que são sigilosas e não podem ser informadas em redes sociais públicas.

    Entre em contato pelo telefone 0800 031 2303, ou no Fale Conosco, em nosso site: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Além disso, você pode acompanhar o andamento do seu processo de cadastro em nosso sistema também pelo Portal do Usuário.
    Para obter acesso ou recuperar a senha, acesse o site e cadastre-se: https://portal.erpsa.com.br/erprenova/Padrao/modulo-portal-do-usuario/#Login.

    Caso não consiga se cadastrar ou recuperar a sua senha, entre em contato com o 0800 031 2303 ou dirija-se a um Centro de Informação e Atendimento da Fundação Renova.

    Responder

    Olá gostaria de saber se ainda é possível aos moradores do município de Aracruz entrar com ação indenizatória contra a Samarco.

    Responder

    Olá, Marina. Trabalhamos para reparar todos aqueles que têm direito à compensação financeira. Cada caso é analisado individualmente, por meio dos programas criados para cuidar dos processos de ressarcimento.
    Para preservar os seus dados pessoais e a confidencialidade das informações que são sigilosas e não podem ser compartilhadas por aqui, recomendamos que você entre em contato com um dos nossos canais de relacionamento.
    Assim, com a ajuda de um profissional treinado, você poderá receber as informações sobre o andamento da sua demanda.
    Fale pelo telefone 0800 031 2303 ou em nosso site, acessando o Fale Conosco: https://www.fundacaorenova.org/fale-conosco/.

    Responder

Deixe um comentário para Brendon Candido Amorim