Fundação Renova

Capacitação orienta produtores e ensina a prática de manejo ecológico de pastagens

Publicado em: 21/05/2018

Operações Agroflorestais

O curso faz parte do projeto “Renovando Paisagens”, criado para auxiliar na retomada das atividades agropecuárias e readequação ambiental de propriedades atingidas

Criado a partir de uma parceria entre a Fundação Renova, a ONG World Resources Institute (WRI), o Centro Internacional de Pesquisas Agroflorestais (ICFRAF) e a Fazenda Ecológica, o projeto “Renovando Paisagens” dá mais um passo rumo à retomada das atividades agropecuárias e readequação ambiental em propriedades diretamente atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão. A iniciativa vai mapear as oportunidades de restauração florestal e implantar 25 Unidades Demonstrativas, onde serão associadas técnicas agroflorestais, manejo ecológico de pastagem e silvicultura de espécies nativas.

Capacitação faz parte do projeto “Renovando Paisagens”, que mapear oportunidades de restauração florestal em propriedades atingidas | Foto: Divulgação

Para identificar oportunidades de uso sustentável do solo, a fim de apresentar e disseminar a prática de manejo ecológico de pastagens e seus benefícios, o projeto promoveu, em maio, a capacitação de produtores rurais da comunidade de Gesteira, em Barra Longa (MG). No curso, realizado em uma das propriedades rurais que participam do “Renovando Paisagens”, os produtores puderam conhecer uma metodologia que poderá contribuir ativamente no incremento de renda a partir do uso racional dos recursos naturais, como solo e água.

“O método visto nesses três dias divide a área de pastagem em piquetes, enquanto o gado utiliza um local, os outros locais descansam. Enquanto um pasto é consumido pelo animal, os outros entram num período de repouso até chegar o momento ideal onde será pastado novamente. Quando entrar nesse piquete, o período de recuperação será mais curto. Dessa forma, o gado não destruirá a pastagem com pisoteio nem o contaminará com fezes”, explicou o professor especialista em manejo de pastagem Jurandir Melado, que ministrou o curso.

Entre as técnicas ensinadas na capacitação estão o Pastoreio Racional Voisin (PRV) e as melhores ações para a prática de manejo de pastagens, como rotação, arborização e diversidade de forrageiras. O pecuarista Alex Rodrigues participou do curso e ressaltou os aprendizados adquiridos. “Sem dúvidas, foi bastante proveitoso. Aprendemos a forma de criação adequada no manejo. Isso vai nos ajudar no aumento de nossa produção de leite, pois vai melhorar a qualidade do alimento do nosso gado”, disse.

Segundo o especialista socioambiental da Renova, Vitor Hermeto, o ponto alto da capacitação foi o engajamento dos produtores em aprender para se tornarem multiplicadores da tecnologia. “As ações darão autonomia no manejo das pastagens, trazendo inúmeros benefícios diretos e indiretos. Entre eles, a maior produtividade e consequente aumento de renda para as famílias”, afirmou.

Deixe seu comentário