Fundação Renova

Bate-papo ao vivo da Fundação Renova aborda estímulo à contratação local

Publicado em: 26/05/2017

Economia Local

Paulo Rocha, líder da área, falou das ações da instituição para fomentar a economia dos municípios impactados pelo rompimento da barragem de Fundão

O tema do terceiro bate-papo ao vivo da Fundação Renova foi o estímulo à contratação local. Paulo Rocha, líder da área de economia e inovação, interagiu com os internautas sobre a importância de se priorizar o uso da mão de obra e de fornecedores de 40 municípios impactados pelo rompimento da barragem de Fundão nas ações de reparação geridas pela instituição.

A promoção da contratação local pela Fundação Renova ocorre por meio de dois eixos: ações de capacitação técnica e construção de procedimentos internos para priorização da contratação de mão de obra e fornecedores locais.

O primeiro passo das ações é um estudo de prospecção e diagnóstico das demandas das localidades e, também, da disponibilidade de mão de obra. A partir daí, é construído um Plano de Ações, que prevê cinco eixos:

• Programa de capacitação e certificação de fornecedores, qualificação e intermediação de mão de obra

• Fortalecimento das entidades de classes empresárias

• Divulgação das empresas locais (cadastro de fornecedores, site e catálogo)

• Viabilização de negócios

• Gestão

Paulo Rocha conduz bate-papo ao vivo sobre estímulo à contratação local.

Paulo Rocha conduz bate-papo ao vivo sobre estímulo à contratação local. | Foto: Divulgação

CICLO DE PALESTRAS

A próxima ação de estímulo à economia local da Fundação Renova será um Ciclo de Palestras, que passará por sete municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo impactados pelo rompimento da barragem de Fundão.

Os encontros têm como objetivo apresentar às empresas dessas localidades oportunidades de contratos de prestação de serviço e fornecimento de produtos à Fundação Renova, uma vez que o próprio desafio de recuperação das regiões pode movimentar a economia local.

A ideia é preparar e informar os empreendedores sobre as necessidades contratuais exigidas pela Renova, além de contribuir para a criação de uma lista de fornecedores locais para os processos de compras da instituição. Para isso, cada área da entidade, integrante desse processo de cadastro e contratação, fará uma palestra explicando os procedimentos referentes ao setor que representa, como suprimentos e financeiro.

Os bate-papos ao vivo ocorrem todo mês, com o objetivo de dar continuidade ao trabalho de construção coletiva de soluções, além de compartilhar com a sociedade informações sobre o andamento das ações da Fundação Renova.

Confira a conversa sobre estímulo à contratação local na íntegra:

Este conteúdo foi útil para você?

Deixe seu comentário