Fundação Renova

Fundação Renova formaliza pedido de licença ambiental para reassentamento de Bento Rodrigues

Publicado em: 23/05/2018

Reassentamentos

Foi formalizado nesta quarta-feira, na Superintendência de Projetos Prioritários (Suppri) da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), o pedido de licenciamento ambiental para o reassentamento de Bento Rodrigues, no terreno Lavoura.

Para a emissão da licença ambiental, será necessária a análise técnica e jurídica da Suppri. Também será preciso obter a anuência prévia da Secretaria de Cidades e de Integração Regional (Secir) quanto ao parcelamento do solo.

Após a obtenção da licença ambiental, bem como a aprovação do parcelamento e emissão do alvará pela Prefeitura de Mariana, será possível iniciar as obras de infraestrutura do novo distrito como pavimentação, drenagem, redes de esgoto, distribuição de água e de energia.

A construção do canteiro de obras está em andamento desde 11 de maio e teve início logo após a liberação da Superintendência de Projetos Prioritários e do alvará da Secretaria Municipal de Obras de Mariana. Escritórios e estruturas de apoio das empresas vão ocupar uma área aproximada de 10 mil m2 e darão agilidade para o início das obras do distrito, assim que o licenciamento ambiental for obtido.

Com a participação e envolvimento das famílias de Bento Rodrigues, o projeto urbanístico da vila foi aprovado no dia 8 de fevereiro deste ano, com 99,4% dos votos. O desenho, a definição do tamanho e limites, além da distribuição das ruas e quadras, foram feitos a partir de propostas apresentadas pela Fundação Renova e amplamente discutidas com todas as partes envolvidas.

O novo distrito deverá preservar, ao máximo, as características originais e os aspectos patrimoniais, urbanísticos e culturais de Bento Rodrigues, sobretudo a relação de vizinhança. O reassentamento está previsto para ocupar uma área de aproximadamente 98 hectares.

Etapas reassentamento/2018

22/12/2017 – Dezembro/2017 – O prefeito de Mariana, Duarte Júnior, sancionou o projeto de lei (PL) que autoriza a transformação do terreno Lavoura em área de expansão urbana.

8/2/2018 – Aprovação do projeto urbanístico de Bento Rodrigues em assembleia com os atingidos com 99,4% dos votos a favor.

5/4/2018 – Emissão das diretrizes municipais para parcelamento do solo no terreno da Lavoura.

27/4/2018 – A implantação do canteiro de obras foi liberada pela Secretaria de Meio-Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad).

8/5/2018 – Fundação Renova recebe alvará da Secretaria Municipal de Obras de Mariana para a construção do canteiro de obras.

10/5/2018 – Emissão das diretrizes estaduais para parcelamento do solo no terreno da Lavoura.

11/5/2018 – Início da instalação do canteiro de obras da nova vila.

14/5/2018 – O Conselho Municipal de Desenvolvimento Ambiental (Codema) da Prefeitura de Mariana aprova a emissão, pela prefeitura, da Declaração de Conformidade.

23/5/2018 – O pedido de licença ambiental para o reassentamento de Bento Rodrigues é formalizado na Semad.

Este conteúdo foi útil para você?

Deixe seu comentário